Testes e diagnósticos da rede

Junho 2015

Testar a configuração IP


Antes de mais, recomenda-se que verifique a configuração IP do computador. Os sistemas Windows propõem um instrumento de comando em linha , chamados ipconfig permitindo conhecer a configuração IP do computador. A saída deste comando dá a configuração IP para cada interface, assim um computador que possui duas placas rede e um adaptador sem fios possui 3 interfaces que possuem cada um a sua própria configuração.

Para visualizar a configuração IP do seu computador, basta introduzir o seguinte comando (Iniciar/executar):

cmd /k ipconfig /all


A saída de tal comando assemelha-se a isto :

Configuração IP de Windows 
 Nome do hóspede.......... : Kioskea 
Sufixo DNS principal......: 
Tipo de nó.......... : Divulgação 
Encaminhamento IP activado....... : Não 
Proxy WINS activado....... : Não 
placa Ethernet Conexão rede sem fios: 
Sufixo DNS próprio à conexão: 
Descrição.......... : Intel (R) PRO/Wireless LAN 2100 3A Mini PCI adaptar 
Endereço físico.........: 00-0C-F1-54-D5-2C 
DHCP activado. .......... : Não 
    Endereço IP. .......... : 192.168.1.3 
Máscara de subrede......: 255.255.255.0 
  Passarela por defeito......: 192.168.1.1 
Servidores DNS..........  : 193.19.219.210 
193.19.219.211 
placa Ethernet Conexão à rede local: 
Estatuto dos meios de comunicação social.........: Meios de comunicação social desligados 
Descrição.......... : Broadcom 570x Gigabit Integrated Controller 
Endereço físico.........: 0F-0F-1F-CB-99-87


A saída acima indica que o computador possui duas conversões rede, das quais uma sem fios. O nome da máquina na rede é Kioskea.

O interface ethernet ligado à rede local (placa rede) não está ativo porque o cabo está desligado, em contrapartida o adaptador sem fios está configurado.

As máquinas de uma mesma rede devem utilizar uma mesma praia de endereços (com endereços diferentes) e uma mesma máscara rede. No caso de uma rede local, que liga máquinas que não têm endereços IP routáveis, devem ser utilizadas margens de endereços privadas .

A passarela por defeito designa, se for caso disso, o endereço IP da máquina que oferece um acesso à Internet. Os servidores DNS.

Os servidores DNS devem corresponder aos servidores DNS da organização, a maior parte do tempo trata-se dos servidores DNS do fornecedor de acesso.

  • Se a saída for muito longa (no caso de não encontrar os planos do túnel ou para postar o resultado no fórum a partir de uma máquina não conectada à internet, modificar o comando da seguinte maneira para reenviar para um arquivo ipconfig.txt que poderá ser copiada em um pendrive.


cmd /k ipconfig/all > ipconfig.txt & notepad.exe ipconfig.txt

Teste de conectividade


Para testar o bom funcionamento de uma rede, existe um utilitário muito prático fornecido em standard com a maior parte dos sistemas de exploração, trata-se do utilitário ping. Ping permite enviar um pacote de dados a um computador da rede e permite avaliar o tempo de resposta. O comando ping está explicado detalhadamente no endereço seguinte :




Para testar a rede em profundidade, tem de abrir uma janela de linha de comandos e seguidamente efectuar sucessivamente as etapas seguintes:

  • ping sobre o endereço (127.0.0.1), representando o seu computador :
    ping -t 127.0.0.1
  • ping sobre os endereços IP dos computadores da rede, por exemplo :
    ping -t 192.168.0.3
  • ping sobre os nomes de computador, por exemplo:
    ping -t Mickey
  • ping sobre o computador que serve de passarela na rede local, quer dizer o computador que partilha a sua conexão à Internet. Por convenção, possui geralmente o endereço 192.168.0.1:
    ping -t 192.168.0.1
  • ping sobre a passarela do fornecedor de acesso. O endereço da passarela do fornecedor de acesso pode ser recuperado graças ao comando ipconfig no computador que serve de passarela na rede local;
  • ping sobre os servidores de nomes do fornecedor de acesso (ver alista dos servidores de nomes dos principais fornecedores de acesso). O endereço dos servidores DNS do fornecedor de acesso pode ser recuperado graças ao comando ipconfig no computador que serve de passarela na rede local;
  • ping sobre uma máquina da rede Internet, por exemplo:
    ping -t 193.19.219.210
  • ping sobre um nome de domínio, por exemplo:
    ping -t pt.kioskea.net

Se tudo isto funcionar, a sua rede está apta a ser utilizada!
Para uma leitura offline, é possível baixar gratuitamente este artigo no formato PDF:
Testes-e-diagnosticos-da-rede .pdf

Veja também


Network tests and diagnostics
Network tests and diagnostics
Pruebas y diagnósticos de red
Pruebas y diagnósticos de red
Tests und Diagnoseverfahren für Netzwerke
Tests und Diagnoseverfahren für Netzwerke
Tests et diagnostics du réseau
Tests et diagnostics du réseau
Test e diagnostica di rete
Test e diagnostica di rete
Este documento, intitulado « Testes e diagnósticos da rede »a partir de CCM (br.ccm.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.