Redes - Arquitectura cliente/servidor de 3 níveis

Julho 2015

Apresentação da arquitectura de 2 níveis

A arquitectura de dois níveis (também chamada estrutura 2-tier, tier significando alinhamento em inglês) carateriza os sistemas clientes/servidores pelos quais o cliente pede um recurso e o servidor lho fornece directamente, utilizando os seus próprios recursos. Isto significa que o servidor não recorre a outra aplicação para fornecer uma parte do serviço.

architecture client/serveur à deux niveaux

Apresentação da arquitectura de 3 níveis

Na arquitectura de 3 níveis (chamada estrutura 3-tier), existe um nível intermédio, o que quer dizer que tem geralmente uma arquitectura compartilhada entre:
<ol>

  • Um cliente, quer dizer o computador requerente de recursos, equipado de um interface utilizador (geralmente um navegador web) encarregado da apresentação;
  • O servidor de aplicação (chamado igualmente middleware), encarregado de fornecer o recurso mas que recorre a um outro servidor
  • O servidor de dados, fornecendo ao servidor de aplicação os dados dos quais este tem necessidade.

</ol>


architecture client/serveur à trois niveaux



Dado o emprego maciço do termo de arquitectura de 3 níveis, este pode às vezes designar também as arquitecturas seguintes:

  • Partilha de aplicação entre cliente, servidor intermédio, e servidor de empresa;
  • Partilha de aplicação entre cliente, servidor de aplicação, e servidor básico de dadosde empresa.



Comparação dos dois tipos de arquitectura

A arquitectura de dois níveis é então uma arquitectura cliente/servidor, na qual o servidor é polivalente, quer dizer que é capaz de fornecer directamente o conjunto dos recursos pedidos pelo cliente.


Na arquitectura de três níveis, em contrapartida, as aplicações ao nível do servidor são deslocalizadas, o que quer dizer que cada servidor é especializado numa tarefa (servidor web/servidor de base de dados, por exemplo). A arquitectura de três níveis permite:

  • Maior flexibilidade;
  • Uma segurança acrescida porque a segurança pode ser definida independentemente para cada serviço, e a cada nível;
  • Melhores desempenhos, dada a divisão das tarefas entre os diferentes servidores.

A arquitectura Multiníveis

Na arquitectura de 3 níveis, cada servidor (níveis 2 e 3) efectua uma tarefa (um serviço) especializada. Um servidor pode, por conseguinte, utilizar os serviços de um ou vários outros servidores a fim de fornecer o seu próprio serviço. Por conseguinte, a arquitectura de três níveis é potencialmente uma arquitectura de n níveis…

architecture multiniveaux
Para uma leitura offline, é possível baixar gratuitamente este artigo no formato PDF:
Redes-arquitectura-cliente-servidor-de-3-niveis .pdf

Veja também


Networking - 3-Tier Client/Server Architecture
Networking - 3-Tier Client/Server Architecture
Redes - Arquitectura Cliente/Servidor en 3 niveles
Redes - Arquitectura Cliente/Servidor en 3 niveles
Netzwerke - Client/Server Architektur auf 3 Niveaus
Netzwerke - Client/Server Architektur auf 3 Niveaus
Réseaux - Architecture client/serveur à 3 niveaux
Réseaux - Architecture client/serveur à 3 niveaux
Reti - Architettura client/server a 3 livelli
Reti - Architettura client/server a 3 livelli
Este documento, intitulado « Redes - Arquitectura cliente/servidor de 3 níveis »a partir de CCM (br.ccm.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.