Gestão da cadeia de suprimentos

Julho 2017

Introdução à cadeia logística

Em uma empresa de produção, o tempo de realização de um produto está condicionado ao abastecimento em matérias-primas, elementos de montagem ou peças de todos os níveis da cadeia de fabricação. Chama-se assim cadeia de suprimentos (SCM, na sigla em inglês), o conjunto dos elos relativos à logística de abastecimento, ou seja, compras, abastecimento, gestão dos estoques, transporte, manutenção, etc.

A cadeia logística é entendida de maneira global, tanto pela empresa quanto pelo conjunto de fornecedores e subcontratados:

Cadeia logística

O que é gestão da cadeia de suprimentos

Chama-se gestão da cadeia de suprimentos todos os instrumentos e métodos que visam melhorar e automatizar o abastecimento, reduzindo estoques e prazos de entrega. Estamos falando de trabalho em fluxo tenso para caracterizar a redução dos estoques em toda a cadeia de produção.

Os instrumentos SCM baseiam-se nas informações da capacidade de produção presentes no sistema de informação da empresa para fazer pedidos automaticamente. Assim, eles estão estreitamente relacionados com a 'gestão integral da empresa' (Planejamento de Recursos da Empresa - ERP, em inglês). As ferramentas do SCM permitem acompanhar o andamento das peças entre os diversos participantes desta cadeia de abastecimento.

Veja também


Supply Chain Management (SCM)
Supply Chain Management (SCM)
Gestión de la cadena de suministro (SCM)
Gestión de la cadena de suministro (SCM)
SCM - Supply Chain Management
SCM - Supply Chain Management
Supply Chain Management (SCM)
Supply Chain Management (SCM)
Última modificação: 3 de julho de 2017 às 13:40 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Gestão da cadeia de suprimentos', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.