Os protocolos PPP e SLIP

Maio 2017

Introdução às conexões à Internet

A maioria das pessoas que não conta com linhas (cabo ou ethernet) diretamente conectadas à Internet devem utilizar as linhas telefônicas (a rede mais usada) para se conectar. A conexão é feita graças a um modem, um dispositivo que pode converter os dados numéricos de um computador em sinais analógicos (que podem circular na linha telefônica em amplitude modulada (AM) ou frequência modulada (FM), como a voz no telefone).

Se considerarmos que apenas dois computadores estão se comunicando e que a velocidade da linha telefônica é lenta em comparação a uma rede local, você deve usar um protocolo que permite a comunicação padrão entre as diferentes máquinas com modem, para não sobrecarregar a linha telefônica. Estes protocolos são chamados de protocolos de modem.

Noção de conexão ponto a ponto

Através de uma linha telefônica tradicional, dois computadores, no máximo, podem se comunicar por modem, da mesma forma que não é possível ligar simultaneamente para duas pessoas pela mesma linha telefônica. Isto se chama conexão ponto a ponto, ou seja, uma conexão entre duas máquinas reduzida à sua mais simples expressão: não é preciso compartilhar a linha entre várias máquinas, uma fala e outro responde alternativamente:


Assim, foram criados numerosos protocolos de modem. Os primeiros permitiam uma simples transmissão de dados entre duas máquinas. Em seguida, alguns deles foram dotados de um controle de erro e com o crescimento da Internet, também contaram com a capacidade de atribuir endereços a computadores. Atualmente, existem dois grandes protocolos de modem principais: o SLIP, um protocolo antigo, com poucos controles e o PPP, o protocolo mais utilizado para acessar à Internet por modem, que permite atribuir endereços para computadores.

O protocolo SLIP

SLIP (Serial Line Internet Protocol), que significa Protocolo de Internet em Série é o resultado da integração dos protocolos de modem anteriores ao conjunto de protocolos TCP/IP. É um simples protocolo de conexão à Internet, que não proporciona endereços nem controla erros. É por esta razão que se tornou obsoleto em comparação ao PPP.

A transmissão de dados com o SLIP é muito simples, este protocolo envia uma trama composta apenas dos dados a serem enviados seguidos de um caractere de fim de transmissão (o caráter END, cujo código ASCII é 192). Uma trama SLIP assemelha-se a isto:


Dados a serem transmitidosEND

O protocolo PPP

PPP (Point to Point Protocol) significa Protocolo ponto a ponto. É um protocolo muito mais elaborado que o SLIP (é a razão pela qual o suplantou), na medida em que transfere dados adicionais, mais adaptados à transmissão de dados na Internet (a adição de dados em uma trama se deve em grande parte ao aumento da largura da banda).

O PPP é um conjunto de três protocolos: um protocolo de encapsulação de datagramas, um protocolo LCP (Protocolo de controle de links - Link Control Protocol), que permite controlar de teste e configurar a comunicação, e um conjunto de NCP (Protocolos de controlo de rede - Network Control Protocol), que permitem o controle da integração do PPP em protocolos de camadas superiores.

Os dados encapsulados numa trama PPP chamam-se pacotes. Estes pacotes são geralmente datagramas, mas também podem ser diferentes (daí a denominação específica de pacote, em vez de datagrama). Assim, um campo da trama é reservado para o tipo de protocolo ao qual o pacote pertence. Uma trama PPP assemelha-se a isto:


Protocolo (1-2 bytes)Dados que serão transmitidosDados de preenchimento

Os dados de preenchimento servem para adaptar o comprimento da trama para certos protocolos.

Uma sessão PPP (da abertura ao encerramento) desenvolve-se da seguinte maneira: na conexão, um pacote LCP é enviado. Em caso de pedido de autenticação por parte do servidor, um pacote correspondente a um protocolo de autenticação pode ser enviado (PAP- Password Authentication Protocol, ou CHAP -Challenge Handshake Autentication Protocol ou Kerberos). Depois de estabelecer a comunicação, o PPP envia informações de configuração graças ao protocolo NCP. Os datagramas a serem enviados são transmitidos sob a forma de pacotes. E, na desconexão, um pacote LCP é enviado para terminar a sessão.

Veja também


PPP and SLIP protocols
PPP and SLIP protocols
Protocolos PPP y SLIP (Protocolo punto a punto y Protocolo de lí
Protocolos PPP y SLIP (Protocolo punto a punto y Protocolo de lí
Les protocoles PPP et SLIP
Les protocoles PPP et SLIP
I protocolli PPP e SLIP
I protocolli PPP e SLIP
Última modificação: 25 de maio de 2017 às 08:02 por ninha25.
Este documento, intitulado 'Os protocolos PPP e SLIP', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.