Intranet - Intranet - Instalação do servidor de mail

Março 2017

Apresentação da instalação

O servidor de mail mais utilizado com o Linux é Sendmail; contudo este é muito difícil de configurar, assim preferiremos o Qmail, um servidor de mail alternativo.

O Qmail é constituído por um conjunto de programas que funcionam com UID/GID diferentes a fim de minimizar as intrusões.

Conjuntos necessários para a instalação

A fim de instalar o Qmail, os seguintes pacotes são necessários :

  • functions-2-1.i386.rpm
  • daemontools-0.53-16-i386.rpm
  • ucspi-tcp-0.84-1.i386.rpm
  • qmail-1.03-14ucspi.i386.rpm
  • checkpassword-0.81-2.i386.rpm




Pode fazer o download dos mesmos no site RPMFind.net.

Instalação do Qmail

Para instalar o Qmail, é necessário, num primeiro tempo, instalar os diferentes pacotes RPM :

rpm -ivh functions-2-1.i386.rpm   
rpm -ivh daemontools-0.53-16-i386.rpm    
rpm -ivh ucspi-tcp-0.84-1.i386.rpm    
rpm -ivh qmail-1.03-14ucspi.i386.rpm    
rpm -ivh checkpassword-0.81-2.i386.rpm  
Após instalação destes pacotes, são criados ficheiros    
de configuração, bem como dois grupos de utilizadores,    
de sete novos utilizadores, e dos directórios seguintes :    
  • /var/qmail : directório principal
  • _ alias/ : receptáculo das contas “especiais” (root…)
  • _ bin/ : binários da distribuição qmail
  • _ control/ : ficheiros de configuração
  • _ defaultdelivery/ : ficheiros de configuração para o formato da caixa de correio
  • _ man/ : páginas de manual
  • _ doc/ : documentação
  • _ queue/ : fila de espera
  • _ users/ : plano de endereçamento (superficheiro pseudónimo)

A documentação do Qmail encontra-se no directório /var/qmail/doc. Para poder utilizar as páginas de manual consacŕes no Qmail, deve acrescentar manualmente o caminho para estas nas variáveis MANPATH graças à sintaxe seguinte :
export MANPATH=$MANPATH:/var/qmail/man</ital>

Reencaminhar o correio do super-utilizador

Com o Qmail, por razões de segurança, o superutilizador (root) não pode receber directamente correio. É necessário então reencaminhar o seu correio para uma conta específica, editando o ficheiro .qmail-root (todos os ficheiros cujo nome começa por um ponto são ficheiros escondidos) situado no directório /var/qmail/alias: :

cd /var/qmail/alias   
cat > .qmail-root   
votre_compte_utilisateur   
^D</ital>

É igualmente possível reencaminhar o correio de outros utilizadores…

Escolher o formato da caixa de correio


Graças ao Qmail, é possível escolher o formato da caixa de correio, isto é, a maneira como as mensagens dos utilizadores são armazenadas. O formato da caixa de correio “Maildir” permite armazenar as mensagens dos utilizadores directamente no seu directório de trabalho (daí a criação do directório Maildir no esqueleto).

Assim, para utilizar este formato de caixa de correio, é necessário digitar os seguintes comandos :

cd /var/defaultdelivery   
cp -f mdir rc</ital>

Configuração do Qmail

Para poder utilizar o Qmail, é necessário configurá-lo, nomeadamente os ficheiros de controlo situados no directório /var/qmail/control :

  • me</ital>

contém o nome do servidor de mensagens
  • defaultdomain</ital>

contém o nome de domínio por defeito
  • locals</ital>

contém o conjunto dos nomes/pseudónimos do servidor de mensagens
  • rcpthosts</ital>

contém o nome dos domínios autorizados a utilizar o servidor de serviço de mensagens para enviar correio
Eis os comandos a introduzir para configurar estes ficheiros :
  • cd /var/qmail/control</ital>
  • cat > me 
tuxserveur ^D</ital>
  • cat > me 
tuxserveur ^D</ital>
  • cat > defaultdomaine 
tuxdomaine ^D</ital>
  • cat > locals 
tuxserveur tuxserveur.tuxdomaine smtp smtp.tuxdomaine ^D</ital>
  • cat > rcpthosts 
tuxdomaine .tuxdomaine ^D</ital>
A configuração mínima do servidor está feita, a partir de agora é possível lançar o servidor de serviço de mensagens

Lançamento dos serviços

O lançamento manual dos serviços necessários para o servidor de serviço de mensagens faz-se com os seguintes comandos :

/etc/rc.d/init.d/qmail.init start    
/etc/rc.d/init.d/qmail-smtpd.init start    
/etc/rc.d/init.d/qmail-pop3d.init start</ital>

Eis os comandos que permitem lançar (parar) automaticamente estes serviços a cada reinício do sistema :
chkconfig --level 345 qmail on    
chkconfig --level 345 qmail-smtpd on    
chkconfig --level 345 qmail-pop3d on    
chkconfig --level 0126 qmail off    
hkconfig --level 0126 qmail-smtpd off    
chkconfig --level 0126 qmail-pop3d off 



[mailto:linuxdoc@free.fr Michel Maudet]

Veja também


Intranet - Installing a mail server
Intranet - Installing a mail server
Intranet - Installation du serveur de mail
Intranet - Installation du serveur de mail
Intranet - Installazione del server di mail
Intranet - Installazione del server di mail
Este documento, intitulado 'Intranet - Intranet - Instalação do servidor de mail', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.