Equipamentos rede - a ponte (bridge)

Junho 2015

Ponte (bridge)

Uma ponte é um dispositivo material que permite ligar redes que trabalham com o mesmo protocolo. Assim, contrariamente ao repetidor, que trabalha a nível físico, a ponte trabalha igualmente ao nível lógico (a nível da camada 2 do modelo OSI), quer dizer que é capaz de filtrar as tramas deixando passar unicamente aquelas cujo endereço corresponde a uma máquina situada no extremo da ponte.

Assim, a ponte permite segmentar uma rede conservando a nível da rede local as tramas destinadas ao nível local e transmitindo as tramas destinadas às outras redes. Isto permite reduzir o tráfego (nomeadamente as colisões) em cada uma das redes e aumentar o nível de confidencialidade, porque as informações destinadas a uma rede não podem ser ouvidas no outro fio.


Por outro lado, a operação de filtragem realizada pela ponte pode conduzir a um ligeiro atraso aquando da passagem de uma rede à outra, é a razão pela qual as pontes devem ser colocadas judiciosamente numa rede.

exemple de pont (bridge)




Uma ponte serve habitualmente para transitar pacotes entre duas redes do mesmo tipo.

Princípio

Uma ponte possui duas conexões a duas redes distintas. Quando a ponte recebe uma trama num dos seus interfaces, analisa o endereço MAC do destinatário e do emissor. Se por acaso a ponte não conhece o emissor, armazena o seu endereço numa tabela para se “recordar” de que lado da rede se encontra o emissor. Assim, a ponte é capaz de saber se o emissor e o destinatário estão situados no mesmo lado ou numa parte e noutra da ponte. No primeiro caso, a ponte ignora a mensagem, no segundo a ponte transmite a trama para a outra rede.

Funcionamento de uma ponte

Uma ponte funciona de acordo com a camada Ligação dados do modelo OSI, o que quer dizer que opera a nível dos endereços físicos das máquinas. Na realidade, a ponte está ligada a várias redes locais, chamadas segmentos. A ponte elabora uma tabela de correspondência entre os endereços das máquinas e o segmento ao qual pertencem e “ouve” os dados que circulam nos segmentos.

Aquando de uma transmissão de dados, a ponte verifica na tabela de correspondência o segmento ao qual pertencem os computadores emissores e receptores (graças ao seu endereço físico, chamado endereço MAC, e não o seu endereço IP. Se estes pertencerem ao mesmo segmento, a ponte não faz nada, no caso contrário vai empurrar os dados para o segmento ao qual pertence o destinatário.
Utilidade de tal dispositivo.

Utilidade deste dispositivo

A ponte permite segmentar uma rede, o que quer dizer que, no caso apresentado acima, as comunicações entre os 3 computadores representados na parte superior não congestionam as linhas da rede entre os 3 computadores da parte inferior, a informação passará unicamente quando um computador de um lado da ponte enviar dados a um computador situado do outro lado.
Por outro lado, estas pontes podem ser ligadas a um modem, a fim de assegurar a continuidade de uma rede local à distância.

Eis a representação de uma ponte num esquema de princípio:

Pont - bridge
Para uma leitura offline, é possível baixar gratuitamente este artigo no formato PDF:
Equipamentos-rede-a-ponte-bridge .pdf

Veja também


Network equipment - Bridges
Network equipment - Bridges
Equipos de red - Puentes
Equipos de red - Puentes
Netzwerkausstattung - Die Bridge
Netzwerkausstattung - Die Bridge
Equipements réseau - Le pont (bridge)
Equipements réseau - Le pont (bridge)
Apparecchiature di rete - Il bridge
Apparecchiature di rete - Il bridge
Este documento, intitulado « Equipamentos rede - a ponte (bridge) »a partir de CCM (br.ccm.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.