Engenheiro de redes de comunicação

Setembro 2017

Função do engenheiro de redes

O engenheiro de redes, também chamado de engenheiro de telecomunicações, é o responsável pelo bom funcionamento das redes de telecomunicações de uma empresa. Junto com as equipes de operação, ele é o responsável por definir uma estratégia de evolução da infraestrutura de telecomunicação da empresa.

Competência

O cargo de engenheiro de redes exige conhecimentos técnicos de alta tecnologia na área das redes e telecomunicações (infraestrutura, cabos, protocolos, instrumentos de administração, de segurança, etc.), assim como capacidades relacionais e organizacionais de chefe de projeto a fim de coordenar as equipes técnicas. Um engenheiro em telecomunicações deve dominar várias especialidades entre as quais eletrônica, informática, técnicas de transmissão e possuir noções de administração de empresas.

Formação

A função de engenheiro de redes está aberta aos titulares de um diploma de engenheiro em telecomunicações ou de engenheiro geral com uma especialização em rede ou telecomunicações.

Salário

O salário médio de um engenheiro de redes no Brasil é de R$ 7.856 (dados de 2017). Este salário pode variar entre R$ 4.300 e R$ 12.600 e tem por base 8 salários mínimos.

Veja também


Ingeniero de redes
Ingeniero de redes
Netzwerkingenieur
Netzwerkingenieur
Ingénieur réseau
Ingénieur réseau
Ingegnere di rete
Ingegnere di rete
Última modificação: 3 de julho de 2017 às 14:04 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Engenheiro de redes de comunicação', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.