Scam - E-mail fraudulento

Setembro 2017

O que é o scam

O scam é uma prática fraudulenta de origem africana, que consiste em extorquir fundos de usuários da Internet seduzindo-os com uma soma de dinheiro da qual poderia receber uma percentagem. A fraude do scam surgiu na Nigéria com o nome de 419 em referência ao artigo do código penal nigeriano que restringe este tipo de prática.

A fraude do scam é clássica, o usuário recebe um e-mail enviado pelo único descendente rico de um africano, falecido há pouco. Este último teria depositado vários milhões de dólares em uma empresa de financiamento e o seu interlocutor precisa de um sócio no estrangeiro para transferir os fundos. Ele se dispõe a transferir uma porcentagem considerável se o usuário aceitar informar uma conta para fazer transitar esses fundos.

Ao responder uma mensagem desse tipo, o usuário entra num círculo vicioso que pode lhe custar algumas centenas de reais se morder a isca. Dois casos são possíveis. No primeiro, as trocas com o trapaceiro são feitas virtualmente. Neste caso, ele enviará alguns pretensos documentos para tranquilizar a vítima e, pouco a pouco, pedir-lhe que dê um sinal para honorários de advogados, despesas alfandegárias, bancárias, etc.

Também é possível que a vítima, por pressão do cibercriminoso, aceite viajar para um outro país a fim de sacar a soma devida. Estes casos são os mais perigosos, pois uma desistência da vítima ao perceber a fraude pode colocar até mesmo sua vida em risco.

Exemplos de fraudes em e-mails

Veja abaixo dois exemplos de textos comumente enviados para usuários da Internet com promessas de grandes somas de dinheiro. A formatação e ortografia das mensagens simula o conteúdo do corpo deste tipo de e-mail.

Assunto: ASSISTÊNCIA

GEORGES TRAORE
ABIDJAN, COSTA do MARFIM.
ÁFRICA DO OESTE.
Bom dia,
Solicito que desculpem esta intrusão, que pode parecer surpreendente à primeira vista, já que não existe nenhuma relação entre nós. Gostaria, com o vosso acordo, apresentar a minha situação e propor um negócio que poderia interessá-lo.
Me chamo Georges TRAORE, tenho 22 anos e sou o único filho do meu honroso pai RICHARD ANDERSON TRAORE que era um homem muito rico, negociante de café/cacau baseado em Abidjan, a capital econômica da Costa do Marfim, envenenado recentemente pelos seus associados. Após a morte da minha mãe no dia 21 de outubro de 2000, o meu pai ocupou-se especialmente de mim. No dia 24 de dezembro de 2003 ele faleceu numa clínica privada (LAMADONE) em Abidjan. Antes da sua morte, secretamente, disse-me que depositou oito milhões quinhentos mil dólares americanos (US$ 8,500,000) numa mala em uma empresa de financiamento em meu nome, como herdeiro. Além disso, disse-me que foi por causa desta riqueza que foi envenenado pelos seus associados. Ele também me pediu para procurar um sócio estrangeiro que pudesse me ajudar a salvar a minha vida e garantir a minha existência.
- Mudança de beneficiário;
- Servir de guarda-costas;
- Fornecer uma conta para a transferência de fundos;
- Me ajudar a encontra-lo em seu país;
- Investir numa área vantajosa.
De resto, eu te darei 25% e 5% que servirão para as eventuais despesas.
Ser-lhe-ei muito grato se puder beneficiar de seus conselhos.
NB: recomendo-lhe que trate este negócio com sutileza e confidencialidade considerando a degradação da situação sociopolítica em que vivemos.
Que Deus o abençoe!
GEORGES TRAORE.

Assunto: NOTIFICAÇÃO de APROVAÇÃO

ESCRITÓRIO DO DEPARTAMENTO INTERNACIONAL
DE TRANSFERÊNCIA
Para: Sr. H. HERMAN
RE: DEPARTAMENTO de OPERAÇÃO INTERNACIONAL
ACUSAMOS RECEPÇÃO DE SUA MENSAGEM.
Na verdade, nós fomos contatados pelas crianças KONE para efetuar a transferência da soma de US $ 4 milhões a seu favor. Reafirmamos que estes fundos foram depositados no nosso banco pelo Sr.
Kevin KONE que, no momento do depósito, tinha mencionado a sua filha, Ângela KONE como beneficiária.
Para esse efeito, o Conselho de Administração do Departamento Internacional de Transferência do Banco COOPEC toma a liberdade de confirmar o processo de aprovação dos referidos fundos a seu favor. O banco pede os documentos jurídicos do tribunal de justiça aqui em Abidjan assinados pelo presidente do tribunal de justiça para legalizar o processo de transferência. E é preciso notar que, já que não é o signatário original dos fundos depositados, mas sim o seu defunto pai, o banco solicita o fornecimento dos documentos jurídicos abaixo enumerados pelo tribunal de justiça, para que possamos adicionar à instrução, a fim de facilitar a transferência destes fundos para a vossa conta bancária.
Os documentos são os seguintes:
1) Uma procuração,
2) Um certificado de autorização do tribunal de justiça,
3) Um atestado de fonte dos fundos.
Quando estivermos em posse destes documentos, a transferência será automática . Após vossa confirmação, o informaremos sobre os pareceres da transferência através da nossa conta com o nosso banco correspondente, a fim de efetuar a transferência para a sua conta. Se o senhor precisar de outros esclarecimentos, favor entrar em contato pelo telefone (225) 05 20 91 56 ou por e-mail. Ajude-nos a servi-lo melhor.
Queira aceitar os protestos de nossa distinguida consideração.

Como se proteger contra o scam

Quando certos e-mails propõem ganhar facilmente grandes somas de dinheiro pela Internet, pode ter certeza de que é uma fraude. A melhor solução é excluir a mensagem. É inútil efetuar você mesmo uma batalha contra estes vigaristas, já que as autoridades competentes de diferentes países já atuam no combate a esse tipo de trapaceiros.

Veja também


E-mail scams - Fund transfer scams
E-mail scams - Fund transfer scams
Fraudes por correo electrónico: Fraude de transferencia de fondo
Fraudes por correo electrónico: Fraude de transferencia de fondo
Arnaques par mail - Scam, transfert de fonds
Arnaques par mail - Scam, transfert de fonds
Truffa via mail - Scam, trasferimento di fondi
Truffa via mail - Scam, trasferimento di fondi
Última modificação: 11 de maio de 2017 às 12:10 por Pedro.Saude.
Este documento, intitulado 'Scam - E-mail fraudulento', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.