Porta Serial e Porta Paralela

Agosto 2017

O que são as portas de entrada/saída

As porta de entrada/saída são elementos materiais do computador que permitem que o sistema se comunique com elementos externos, isto é, que possa trocar dados, daí a sua denominação de interface de entrada/saída (às vezes chamado de interface E/S).

Porta Serial

As portas seriais (também chamadas de RS-232, nome do padrão ao qual elas se referem) representam as primeiras interfaces que permitiram aos computadores trocar informações com os periféricos. O termo serial designa um envio de dados através de um fio único: os bits são enviados uns após os outros (consulte a seção transmissão de dados para um curso teórico sobre os modos de transmissão):

transmissão para uma porta série

No início, as portas seriais só permitiam enviar dados, porém não podiam recebê-los. Por isso, foram criadas as portas bidirecionais (como as dos computadores atuais) que possuem dois fios para efetuar tanto o envio quanto o recebimento de dados.

A comunicação em série é feita de maneira assíncrona, o que significa que nenhum sinal de sincronização (chamado relógio) é necessário, ou seja, os dados podem ser enviados em intervalos de tempo arbitrários. Por outro lado, o periférico deve poder distinguir os caracteres (um caractere tem um comprimento de 8 bits) da sequência de bits que lhe é enviada.

Esta é a razão pela qual, neste tipo de transmissão, cada caractere é precedido de um bit de início (chamado bit START) e um bit de fim (bit STOP). Esses bits de controle, necessários para uma transmissão em série, desperdiçam 20% da banda (para 10 bits enviados, 8 servem para codificar o caractere e 2 servem para garantir a recepção).

As portas seriais estão geralmente integradas à placa-mãe e, por isso, há conectores na parte traseira da caixa, ligados à placa-mãe por cabos, permitindo conectar um elemento externo. Os conectores em série possuem 9 ou 25 pinos e apresentam-se sob a seguinte forma (respectivamente conectores DB9 e DB25):

connecteur DB9

connecteur DB25

Um computador pessoal possui, geralmente, de uma a quatro portas seriais.

Porta Paralela

A transmissão em paralelo consiste em enviar dados, simultaneamente, para vários canais (fios). As portas paralelas presentes nos computadores permitem enviar 8 bits (um byte) ao mesmo tempo através de 8 fios:

transmissão para uma porta paralela

As primeiras portas paralelas bidirecionais permitiam atingir débitos de aproximadamente 2.4 Mb/s. Contudo, as portas paralelas melhoradas foram desenvolvidas para obter débitos mais elevados como a porta EPP (Enhanced Paralel Port - Porta Paralela Melhorada), que permite atingir débitos de aproximadamente 8 a 16 Mbps e a porta ECP (Enhanced Capabilities Port - Porta com Capacidade Melhorada), criada pela parceria entre a Hewlett Packard e a Microsoft. Ela retoma as características da porta EPP acrescentando-lhe um suporte 'Plug and Play', ou seja, capacita o computador para reconhecer os periféricos conectados.

As portas paralelas, como as portas seriais, estão integradas à placa-mãe. Os conectores DB25 permitem conectar um elemento externo (uma impressora, por exemplo):

connecteur DB25

Veja também


Serial port and parallel port
Serial port and parallel port
Puerto serial y puerto paralelo
Puerto serial y puerto paralelo
Serieller Anschluss und Parallelanschluss
Serieller Anschluss und Parallelanschluss
Port série et port parallèle
Port série et port parallèle
Porta seriale e porta parallela
Porta seriale e porta parallela
Última modificação: 3 de julho de 2017 às 13:14 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Porta Serial e Porta Paralela', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.