POO - O polimorfismo

Setembro 2017

Definição do polimorfismo

A palavra polimorfismo vem do grego e significa aquilo que pode tomar várias formas. Esta característica é um dos conceitos essenciais da programação orientada a objeto (POO). Enquanto a herança se refere às classes e a sua hierarquia, o polimorfismo diz respeito aos métodos dos objetos.

Existem três tipos de polimorfismo: ad hoc, que significa sobrecarga (overloading), paramétrico, que quer dizer modelo com uma estrutura predefinida (template) e polimorfismo de herança, ou seja, de redefinição e especialização (overriding). Veja em imagem os tipos de polimorfismo:


Vamos agora tentar entender mais precisamente tudo isto, mas saiba que existe muita confusão quando se trata de diferenciar todos os tipos de polimorfismo.

O polimorfismo ad hoc

O polimorfismo ad hoc permite ter funções com o mesmo nome, com funcionalidades similares, em classes sem nenhuma relação entre elas (a não ser, claro, serem originárias da classe objeto). Por exemplo, a classe complexa, a classe imagem e a classe link podem ter, cada uma, uma função Exibir. Desta forma, você não precisará se preocupar com o tipo do objeto a ser mostrado na tela.

O polimorfismo ad hoc permite definir operadores cuja utilização será diferente de acordo com o tipo de configurações que lhes são próprias. Por isso, é possível sobrecarregar o operador e fazê-lo realizar ações diferentes para cada uma das operações entre dois inteiros (adição) ou entre duas cadeias de caracteres (concatenação).

O polimorfismo paramétrico

O polimorfismo paramétrico representa a possibilidade de definir várias funções do mesmo nome, porém com parâmetros diferentes (em número e/ou tipo). O polimorfismo paramétrico torna possível a escolha automática do método a ser adotado em função do tipo de dado passado em parâmetro.

Assim, podemos definir vários métodos homônimos addition() efetuando uma soma de valores: o método int addition (int, int) poderá retornar a soma de dois inteiros; o método float addition (float, float) poderá retornar a soma de dois pontos flutuantes; o método char addition (char, char) poderá definir, a critério do autor, a soma de dois caracteres; etc.

Chamamos assinatura o número e o tipo dos argumentos de uma função. Assim sendo, é a assinatura de um método que determina qual será chamada.

O polimorfismo de inclusão

A possibilidade de redefinir um método em classes herdeiras de uma classe básica é chamada de especialização. Assim sendo, é possível chamar o método de um objeto sem se preocupar com o seu tipo intrínseco de polimorfismo de inclusão. Isso permite fazer abstração dos detalhes das classes especializadas de uma família de objeto, ocultando-os através de uma interface comum, chamada de classe básica.

Imaginemos um jogo de xadrez com o rei, a rainha, o bispo, o cavalo, a torre e o peão que herdam, cada um deles, o objeto piece (peça). O método movement (movimento) poderia, graças ao polimorfismo de inclusão, efetuar o movimento correspondente em função da classe do objeto chamado. Isto permite que o programa execute o piece.movement (movimento de peça) sem ter que se preocupar com a classe de cada peça.

Veja também


OOP - Polymorphism
OOP - Polymorphism
OOP - Polimorfismo
OOP - Polimorfismo
OOP - Der Polymorphismus
OOP - Der Polymorphismus
POO - Le polymorphisme
POO - Le polymorphisme
OOP - Il polimorfismo
OOP - Il polimorfismo
Última modificação: 9 de maio de 2017 às 15:48 por Pedro.Saude.
Este documento, intitulado 'POO - O polimorfismo', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.