AAC (m4a)

Julho 2015

Apresentação do formato AAC


AAC (Audio Advanced Coding) é um formato de compactação de dados áudio desenvolvido pelo instituto Fraunhofer em parceria com AT&T, Nokia, Sony e Dolby.


Como para o formato MP3, trata-se de uma compactação por destruição de dados áudio, dita "compractação com perdas" (em inglês lossy compression), quer dizer eliminando algumas informações auditivas (frequências não audíveis, por exemplo) a fim de obter a melhor taxa de compressão possível, guardando ao mesmo tempo um resultado que seja o mais próximo possível dos dados originais.

O formato AAC corresponde ao standard internacional "ISO/CEI 13818-7" como extensão o MPEG-2, standard do Moving Pictures Especializado Group (MPEG).


O formato AAC foi assim escolhido como principal formato de ficheiro pela empresa Apple no iPod ou no seu software iTunes.

Características técnicas


AAC utiliza uma codificação a débito variável (em inglês Variable Bit Rate, com a sigla VBR), quer dizer, uma codificação que permite adaptar o número de bits utilizados por segundo para codificar os dados áudio, de acordo com a complexidade do fluxo áudio a um momento dado. O algoritmo utilizado é mais eficiente que o do MP3, que permite obter ficheiros mais pequenos com uma melhor qualidade, necessitando ao mesmo tempo de menos recursos para a codificação ou descodificação.

Comparado aos dois canais máximos (estéreo) suportados pelo formato MP3, o formato AAC permite um registo polifônico até 48 canais. O formato AAC permite ainda uma restituição sonora na banda de frequência 8Hz-96.0kHz, contra 16 à 48 kHz para o formato mp3.

Os arquivos em formato AAC, tque tem a extensão .mp4 (para MPEG-4), .m4a (para MPEG-4 Audio) ou .m4p (para MPEG-4 Protegido), são globalmente mais pequenos que os arquivos em formato MP3.

Compatibilidade


O formato Ogg Vorbis não é compatível com o formato MP3, o que significa que é necessário utilizar um leitor que suporte o formato ou instalar um codec específico para poder capacitar os leitores existentes para a leitura de arquivos com formato Ogg Vorbis.

No entanto, cada vez mais leitores software permitem ler arquivos em formato Ogg Vorbis e a maior parte dos leitores MP3 materiais recentes suporta este formato.

Mais informações


Para uma leitura offline, é possível baixar gratuitamente este artigo no formato PDF:
Aac-m4a .pdf

Veja também


AAC (m4a)
AAC (m4a)
AAC (m4a)
AAC (m4a)
AAC (m4a)
AAC (m4a)
M4A - Format AAC et caractéristiques
M4A - Format AAC et caractéristiques
AAC (m4a)
AAC (m4a)
Este documento, intitulado « AAC (m4a) »a partir de CCM (br.ccm.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.