As linhas alugadas (T1, T2, T3)

Setembro 2017

As linhas alugadas

Chamamos linhas “alugadas” às linhas especializadas (notadas às vezes LS) que permitem a transmissão de dados a médio e elevado débito (de 64 Kbps a 140 Mbps) em ligação ponto a ponto ou multipontos (serviço Transfix).

Na Europa, distinguem-se cinco tipos de linhas, de acordo com o seu débito:

  • E0 (64Kbps),
  • E1 = 32 linhas E0 (2Mbps),
  • E2 = 128 linhas E0 (8Mbps),
  • E3 = 16 linhas E1 (34Mbps),
  • E4 = 64 linhas E1 (140Mbps)


Nos Estados Unidos, a notação é a seguinte:

  • T1 (1.544 Mbps)
  • T2 = 4 linhas T1 (6 Mbps),
  • T3 = 28 linhas T1 (45 Mbps).,
  • T4 = 168 linhas T1 (275 Mbps).

Qual é a necessidade de uma linha especializada?

Para obter uma conexão à Internet, é necessário, geralmente, pagar uma assinatura a um prestador Internet ou a um serviço em linha. O preço desta conexão depende da velocidade de transferência dos dados.

Veja também


Leased lines (T1, T2, T3)
Leased lines (T1, T2, T3)
Líneas dedicadas (T1, T2, T3)
Líneas dedicadas (T1, T2, T3)
Les lignes louées (T1, T2, T3)
Les lignes louées (T1, T2, T3)
Le linee dedicate (T1, T2, T3)
Le linee dedicate (T1, T2, T3)
Última modificação: 3 de julho de 2017 às 14:49 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'As linhas alugadas (T1, T2, T3)', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.