Centro de Dados (Data centre)

Fevereiro 2017

Alojamento profissional

Para um alojamento profissional, a organização do espaço reservado às máquinas tem uma importância capital. Independentemente do tipo de alojamento, os servidores estão sistematicamente situados em salas de alojamento especializadas, chamadas Data Centres.

Data Centre

Um Centro de Dados está organizado em compartimentos, armários que podem acolher elementos em espaços de dimensão normalizada, com uma largura de 19 polegadas (48.26 cm).

Baía de alojamento


Um compartimento possui geralmente um espaço disponível de 40U, 47U ou 52U, sendo que U designa a unidade elementar de altura de cada elemento. Um 1U corresponde a uma altura de 1.75 polegadas (ou seja, cerca de 4.445 cm).

ISto explica porque os servidores profissionais são condicionados em chassis industriais com um formato de 19 polegadas.

A maior parte dos elementos das redes (switchs, routers, firewalls, etc.) existe assim na dimensão 19 ", nos formatos 1U, 2U ou 4U. Existem igualmente gavetas que contêm um ecrã plano, um teclado e um rato, que podem integrar-se num espaço 1U.

Escolha do alojamento


O espaço de armazenamento atribuído, a banda concorrida e a potência do servidor que aloja o site são certamente primordiais, mas não são os únicos elementos a ter em conta aquando da escolha do alojamento.

Com efeito, para as empresas, a indisponibilidade do site ou a perda de dados podem revelar-se muito dispendiosa! Assim, a maioria dos alojamentos de centros de dados propõe garantias relativas à segurança dos servidores :

  • Segurança do acesso físico ao centro de dados, graças a um controlo de acesso (badge, cartão magnético, eventualmente biometria) e um sistema vidéo-vigilância ligado um serviço permanente de segurança. Além disso, os compartimentos estão bloqueados com um sistema de cadeados e, às vezes, equipados com mecanismos de detecção de intrusão;
  • Segurança contra os incêndios, graças a sistemas de detecção de incêndio por análise de partículas (chamados VESDA pour Very Early Smoke Detection Alarm) acoplados a um sistema de extinção de incêndio por gás :
    • Existem métodos que permitem a extinção de incêndio à base de gás:
    • A emissão de um gás halocarbono 1301, actualmente proibido numerosos em países devido à sua toxicidade;
    • A emissão de um gás inerte destinado a asfixiar a combustão no compartimento, reduzindo o oxigénio: Inergène (N2 52%, AR 40%, CO2 8%) ou Argonite (N2 50%, AR 50%);
    • A emissão de um gás inibidor, destinado a impedir a reacção de combustão: gás FM 200 (CH3HF7) ou FE13 (CHF3);
  • Garantia do ambiente : regulação da higrometria (taxa de humidade) e da temperatura graças a um ar condicionado e à presença de um extractor de ar, frequentemente colocados na parte superior do compartimento, e ventiladores às vezes instalados na parte inferior;
  • Redundância das alimentações eléctricas, das infra-estruturas críticas (routers, ar condicionado, etc.) e as relações de conexão à Internet e presença de onduladores, ou mesmo de geradores;
  • Garantia da qualidade de serviço (QoS) bem como o tempo de restabelecimento do serviço em caso de disfuncionamento (GTR: Garantia de Tempo de Restabelecimento).
  • A propulsão de gotinhas de água azotada de menos de 200 mícrons de diâmetro a elevada pressão, para arreefecer a zona de combustão.

Por outro lado, os alojamentos propõem geralmente serviços suplementares que podem revelar-se úteis, ou mesmo indispensáveis:

  • Mecanismos de cópias (backup) automatizadas.
  • Reboot distante graças a uma unidade de distribuição de alimentação (PDU, Power Distribution Unit) ou seja, um sistema de tomadas eléctricas que podem ser controladas independentemente, através de um interface web. As tomadas utilizadas habitualmente chamam-se tomadas APC MasterSwitch (APC é a sigla de American Power Conversion Corporation). Este tipo de tomada está geralmente dotado de uma protecção contra os surtos de tensão (SurgeArrest);
  • Intervenção por telefone, para pedir o reinício de um servidor à distância. Geralmente, o operador pede uma frase-passe, e eventualmente informações pessoais, para ter a certeza da identidade do cliente;
  • Fornecimento de um serviço de filtragem por firewalls acima do compartimento;
  • Serviço de vigilância do tráfego (controlo). Trata-se, na maior parte das vezes, do sistema MRTG ( Multi-Router Traffic Grapher), que permite representar graficamente a carga do tráfego nas ligações de rede;

Veja também


Data Centre
Data Centre
Centro de datos
Centro de datos
Data Center
Data Center
Data Center
Data Center
Este documento, intitulado 'Centro de Dados (Data centre)', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.