MacOSX - Montar recursos NFS

Janeiro 2017

Depois que seus recursos NFS tenham sido corretamente exportados :
http://www.commentcamarche.net/faq/1411

Abra um shell para montar um recurso pode rapidamente tornar-se cansativo.
Como o comando niload, que permite recopiar no gerenciador netinfo dos arquivos de configuração UNIX, não parece funcionar para o arquivo fstab (MacOS 10.3.8), tem a solução de editar netinfo à mão.

Para tanto é preciso saber o que adicionar e onde!

Na raiz do domínio/, existe um diretório mounts
Neste diretório, será necessário criar um sub-diretório para cada novo ponto de montagem.

Para o sub-diretório, a propriedade name e presente por padrão
Para nossa montagem, é preciso modificá-la em :
ip.du.servidor:/caminho/exportado

depois adicionar três outras propriedades:
dir -> /Users/adrien/nfs (o ponto de montagem desejado)
type -> nfs (o tipo de fs)
opts -> hard,intr (as opções de montagem)

Só falta reinicializar o Mac (!)
mas como você está com um macosX, um simples:
sudo kill -1 $(cat /var/run/automount.pid)
Fará será suficiente:)

último minuto:

o comando niload funciona muito bem para fstab, mas é preciso absolutamente que a linha no arquivo /etc/fstab esteja completa.

A linha:
192.168.8.3:/export /Users/adrien/nfs nfs2 rw,user,noauto,hard,intr 0 0

Será corretamente interpretada. Se o pathno, ou o dumpfreq (as duas última colunas) não são informadas, nada será feito.

Para carregar seu fstab no netinfo:
sudo niload -m fstab / < /etc/fstab


Depois desta manipulação, uma pequena olhadela netinfo lhe mostrará as diferentes propriedades que podem ser adicionadas no método precedente.

Artigo Original publicado por Asevere

Tradução feita por Ana spadari

Veja também

Publicado por ninha25. Última modificação: 6 de outubro de 2011 às 09:56 por ninha25.
Este documento, intitulado 'MacOSX - Montar recursos NFS ', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.