Fotografia: a regra de três

Novembro 2016


Apresentação


A regra do numero de ouro em fotografia foi simplificada para a regra de três. Ela se baseia no princípio de proporção e equilíbrio da imagem, que tem suas origens na arte pictórica e sua análise. O sujeito visto umvel na imagem é colocado em um local preciso da composição, considerado agradável aos olhos de quem vê.

O olho humano varre, instintivamente, o que ele vê¸ da esquerda para a direita e de cima para baixo. Nesta base, a regra de três divide a imagem em três partes iguais, vertical e horizontlmente, levando em conta o lugar do sujeito na imagem como um todo.

Funcionamento



Para entender direto a regra de três e implementá-la, o fotógrafo deve analisar a imagem, visualizar os diversos elementos de sua composição. Ele deve, assim, determinar os seus sujeitos principais, destacá-los e, ao mesmo tempo, coordená-los com o meio ambiente.
A regra de três consiste, então, em dividir o quadro em três partes, horizontal e verticalmente. Projetamos, assim, lanos uma grade imaginária sobre a cena. Cada linha corresponde a um eixo forte. Colocar o sujeito na intersecção desses eixos fortes reforça ainda mais a composição.
Deportando o centro de interesse da sua fotografia para o lado, você facilitará a leitura de quem a vê. Esta leitura é ainda mais fácil se você colocar o sujeito à esquerda, já que o olho humano é habituado aler da esquerda para a direita.
 
 
 
 

Aplicação


A regra de três é aplicada em diversos domínios da fotografia e é uma ótima ajuda para a composição da imagem: retrato, paisagem, reportagem, vida selvagem, moda, macro, esportes, etc.

Obviamente, quanto mais elementos na fotografia, mais a implementação desta regra é difícil. Assim, é aconselhável focar-se em um único elemento para começar, principalmente n o tema principal da imagem. Com a experiência, o fotógrafo que saberá como compor suas fotos, conseguirá compor com mais facilidade a sua foto: uma ou mais pessoas, cenário, plano de fundo, etc. Não hesite em se mover no espaço, para encontrar o ângulo certo para que os diferentes componentes se posicionem corretamente no quadro.

Como qualquer regra, esta não pode não ser levada em conta. A grade dos terceiros é uma ajuda para a composição. No entanto, em primeiro lugar, é preciso entendê-la e tê-la utilizado em diversos contextos, antes se sentir à vontade.


Tradução feita por Lucia Maurity y Nouira

Veja também :
Este documento, intitulado « Fotografia: a regra de três »a partir de CCM (br.ccm.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.