Como compartilhar arquivos e impressoras no Windows

Agosto 2017

Para compartilhar arquivos e impressoras você vai precisar de, pelo menos, dois computadores. Os 2 computadores devem estar em rede (cabo cruzado RJ45, switch, roteador Wi-Fi, etc.).


Observação: é possível compartilhar arquivos com dispositivos em redes diferentes se estas estiverem ligadas por um ou diversos roteadores, como, por exemplo, o VPN .

Qual é o objetivo de compartilhar arquivos e impressoras

Você deseja compartilhar um recurso de um computador para que outros computadores de sua rede possam acessá-lo. Um recurso pode ser uma pasta ou uma impressora. Você também pode compartilhar diversos recursos, simultaneamente, no mesmo computador (ex: 5 pastas e 2 impressoras).


Leia este artigo para ajuda-lo a criar uma rede local

Como obter direitos de acesso em um recurso

Para acessar um recurso de outro computador é preciso obter os direitos de acesso. Estes direitos de acesso são definidos quando você tenta se conectar ao recurso e, consequentemente, a outro computador. Geralmente, um nome de usuário e senha são solicitados. Dependendo deles, os direitos de acesso serão gerados, lhe permitindo (ou não) abrir um arquivo, modificá-lo, criar outro ou exclui-lo, acessar a impressora (ou não), etc.


Enquanto você não tiver o direito de acesso, o computador remoto continuará a solicitar uma senha em cada tentativa de conexão ao recurso. O computador distante lhe recusará o acesso enquanto você não lhe fornecer uma senha que ele reconheça.

Exemplo com dois PC: computador1 e computador2.
O computador1 pertence ao Sérgio, que tem como senha a palavra martelo e que gostaria de acessar o computador2 de Maria, que tem como senha a palavra mesa. Eles estão ligados por um cabo cruzado e o ping funciona. Apesar disto, Sérgio não consegue imprimir na impressora de Maria.

Quando o Sérgio quer imprimir no Computador2, ele precisa entrar as informações de conexão do computador2, que ele deve conhecer. Se ele continuar a colocar Sérgio e martelo, como no seu próprio PC, ele não se conectará jamais, pois o usuário Sérgio não existe no Computador2. E, se ele tentar Sérgio e mesa (a senha de Maria), ele também não conseguirá, pois Sérgio não existe no computador2. É preciso dar as informações que o Computador2 conhece. Se, ao se conectar no recurso do computador2, ele fornecer Maria e mesa ele obterá o direito de acesso.

Com este método, Sérgio terá acesso aos recursos do computador2. Porém, toda vez que ele ligar o computador (na verdade, toda vez que ele abrir uma sessão), ele deverá digitar o nome de usuário e a senha de Maria. Para maior conforto e segurança é melhor criar, no Computador2, um usuário Sérgio com a senha martelo. Assim, ele apresentará por padrão seu nome e sua senha, que o computador2 já conhece.

Como criar recursos e compartilhamento

Como vimos acima, Sérgio pode acessar o PC de Maria mas, por enquanto, ele não tem acesso a nada. Vamos, então, criar uma pasta Compartilhar. Em primeiro lugar, vamos verificar se você não está utilizando o compartilhamento de arquivo simples. Para isso, vá ao ambiente de trabalho do computador2, menu Ferramentas > Exibir > Opções de pastas. Na parte inferior, desmarque a caixa Utilizar a partilha de arquivo simples e valide clicando em Ok. Esta opção deve ser desmarcada para permitir a configuração das permissões NTFS, que nós veremos mais abaixo.

Depois disso, acesse a pasta a ser compartilhada. Clique direito e selecione Propriedades. Na guia de Compartilhamento, marque a caixa Compartilhar esta pasta. Dê um Nome de compartilhamento, e é esse nome que será visto no computador1. Você pode muito bem colocar "meia" em uma pasta que, na realidade, se chama "tulipa", Só é menos prático.

Depois desta ação realizada, vamos tentar acessar o partilha. Vá no menu Iniciar, execute e digite
\\computador2 e computador1
. Se isso não funcionar, tenter com o endereço IP do computador2:
\\IP_computador2
. A pasta compartilhada deveria estar visível.

Observação: o caractere \ (barra invertida) pode ser obtido combinando as teclas AltGr (à direita da barra de espaço) e o 8. É preciso ter esse caractere 2 vezes antes do nome do dispositivo que você quer acessar.

Qual a importância das permissões

Sérgio vê a pasta compartilhada de Maria no outro computador, mas Maria não deseja que Sérgio faça nada errado! Ela só quer que ele veja seus arquivos, mas não quer que ele possa excluí-los ou adicionar bobagens em sua pasta, que está bem organizada. Para se proteger Maria pode utilizar duas ferramentas, as permissões de compartilhamento ou as permissões NTFS

Permissões de compartilhamento

As permissões de compartilhamento são aquelas que serão aplicadas aos usuários que acessam os arquivos pela rede. Elas estão disponíveis na guia Compartilhamento de propriedades da pasta, clicando no botão Permissões.

Você pode dar aos usuários do computador, no qual você vai compartilhar arquivos, o direito de acessar seus arquivos pela rede ou somente leitura (ele poderá ver o conteúdo da pasta, abrir os documentos e copiar no seu computador) ou leitura/gravação (pode editar os arquivos/pastas e criar, além da leitura) ou no controle total (gerenciamento de arquivos, além da leitura e da gravação).

As permissões de compartilhamento são diferentes das permissões no arquivo (veja as permissões NTFS logo a seguir). Você pode muito bem ter um acesso total à pasta, localmente, no computador e compartilhá-lo na rede para leitura somente (é o direito mais restritivo que será aplicado). Você pode fazer o que quiser nele, mas os usuários que acessam pela rede só poderão lê-lo/vê-lo (nenhum acréscimo ou alteração).

Exemplo: nós queremos que Sérgio possa ler os documentos de uma pasta compartilhada sem poder editá-los ou adicionar outros diretamente pela rede. Então, na guia Compartilhamento, vamos clicar em Autorização > Adicionar e digitar o nome de Sérgio (vamos ter que criar o usuário Sérgio no computador da Maria) para que seja adicionado a uma lista de nomes já existentes. Marcaremos para Sérgio a caixa de Leitura somente. Se quisermos que Sérgio possa alterar o conteúdo da pasta compartilhada, será preciso adicionar os direitos de compartilhamento apropriados (“Alterar” ou “Controle Total”).

Permissões NTFS

Se o seu sistema de arquivos for FAT ou FAT32, estas permissões não existem. Seus arquivos estão em controle total para todos os usuários do seu sistema. Se você estiver em FAT é muito importante verificar as permissões de compartilhamento, porque elas são as suas “últimas muralhas".

As permissões NTFS são aquelas que se aplicam a todas as pastas do seu disco, se ele foi formatado em NTFS. Para acessar o arquivo em rede, elas se aplicam a partir do momento em que as permissões de compartilhamento permitem o acesso ao arquivo. Elas permitem ajustes mais precisos do que as permissões de compartilhamento.

As permissões NTFS podem ser acessadas através de um clique direito no arquivo Propriedades > Segurança. Se a guia Segurança não estiver disponível é porque, ou você está em FAT ou você não desabilitou o compartilhamento de arquivos simples.

Saiba mais sobre Compartilhamentos e permissões no Windows NT

O essencial é que o usuário tenha direitos de acesso aos arquivos de acordo com o que que VOCÊ decidir. Faça testes para ver as possibilidades e entender como tudo funciona.

Então, ainda com a ideia de deixar o Sérgio com acesso, em leitura somente, aos arquivos de compartilhamento do computador2, vamos acessar as permissões da pasta que compartilhamos. Sérgio será adicionado à lista de usuários com permissões e marcaremos as caixas correspondentes ao que ele pode fazer.
Foto: © Windows.

Veja também

Artigo original publicado por . Tradução feita por ninha25. Última modificação: 1 de fevereiro de 2017 às 11:44 por pintuda.
Este documento, intitulado 'Como compartilhar arquivos e impressoras no Windows', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.