Windows 8 - Uso

Março 2017

A nova versão do sistema operacional mais conhecido do mundo promete revolucionar sua história, acompanhado pelo tablet Microsoft Surface e uma nova versão da Suite burótica do Office.

Descubra aqui tudo sobre o Windows 8: novos recursos, nova forma de usar o Windows...


Windows 8 ?

Windows 8 é o nome definitivo para a última versão do sistema operacional da Microsoft, em vez de Windows NT 6.2.

Este sistema operacional se apresentará em 4 edições diferentes:

- Windows 8, o equivalente das versões "Familiale Premium" dos antigos Windows.
- Windows 8 Pro (e não Profissional), o equivalente das versões "Profissional e Integral": o sistema operacional completo.
- Windows 8 Entreprise, disponível para os grandes grupos, com licenças em volume.
- Windows RT, a versão que roda com equipamentos com processador ARM (tablets, smartphones, etc). Esta versão não suporta os aplicativos Windows 32 que roda nos PC. Somente os aplicativos do Windows Store poderão ser instalados, assim como os aplicativos originais, tais como o Office RT.



(1): Tela inicial
(2): Senhas de imagem
(3): Windows Store
(4): Sincronização
(5): BitLocker
(6): Windows To Go


Logotipo para o Windows 8



Pois é, com o Windows 8 o antigo logotipo foi abandonado!

Desde do Windows XP, nos habituamos à janela vermelha, verde, azul e amarela em forma de onda, que tinha sido melhorada com o Windows Vista (você pode ver a diferença comparando os logotipos). Veja o novo logotipo, revelado recentemente.

Obviamente, foi mantida a ideia de janela, mas que também nos fará pensar na interface Metro e sua fluidez.

A Microsoft também lançou recentemente o pacote de DVDs do Windows 8 que são vendidos em lojas e na internet.


Foto: @ The Verge.

Além disso, a Microsoft fez do Windows um produto "de luxo", propondo sua versão de caixa com 5 cores diferentes:



Um pacote de atualização do Windows 8 para Windows 8 Pro também é proposto.




Lançamento internacional

Quando o Windows 8 foi lançado, a Microsoft deu uma palestra em Nova York e redecorou o Times Square a sua imagem. Nesta mesma praça, tão famosa, a empresa abriu sua primeira loja especializada Apple: Uma Microsoft Store. Várias lojas semelhantes foram abertas ao mesmo tempo, em muitos lugares da América do Norte, e a chegada na Europa se deu em 2013.

As vendas do Windows 8 foram muito satisfatórias; três dias após o lançamento, 4 milhões de licenças já tinham sido vendidas e, um mês depois, esse número foi multiplicado por 10, ou seja, mais do que o Windows 7, na mesma época. Os revendedores mostraram todos vendas como esperadas, ou até melhor.

Preços e campanhas publicitárias

Por enquanto, a atualização do Windows XP para o Windows Vista ou 7 é de 29,99€, e 59,99€ para uma versão em DVD. Preços muito competitivos, ao contrário das versões mais antigas que variavam entre 100 e 300€!

Aliás, a Microsoft lançou uma oferta especial para todos os PCs com uma versão genuína do Windows 7 (válido para as edições Home Basic, Home Premium, Professional e Ultimate) e comprados entre o dia 2 de junho de 2012 e 31 de janeiro de 2013, que podiam se beneficiar de uma mudança para o Windows 8 por 14,99€.

No entanto, a ênfase foi durante o período de lançamento mas, a partir do final de janeiro de 2013, com a realização de várias promoções, o Windows 8 deveria voltar a um preço normal, embora ainda menos do que o Windows 7, na época. O cliente pagaria 160€ por uma licença de uso pessoal Windows 8 Pro OEM, ou 110€ por uma licença do Windows 8.

Resumo dos preços conhecidos das diversas edições do Windows 8
Promoção Depois da promoção
DVD Download DVD Download
Atualização do Windows 8 - - ? ?
Atualização do Windows 8 Pro 59,99 € 29,99 € 280 € ?
Pack profissional 59,99 € ? 160 € ?
Windows 8 Personal Use - - 110 € ?
Windows 8 Pro Personal Use - - 160 € ?


Com todas essas mudanças, a Microsoft ganhou o jackpot com o Windows 8, que é um evento crucial na história da empresa. Também, para alcançar um número máximo de clientes, Redmond tem uma grande responsabilidade, investindo cerca de US $ 1,5 a 1,8 bilhões de dólares em marketing. O Windows 8 invadiu nossas televisões.

Quatro outros vídeos oficiais foram publicados com o objetivo de detalhar o sistema operacional, o máximo possível e os novos recursos do Windows 8, com os usuários. Utilizado tanto em tablet quanto em PC, estes vídeos demonstram a capacidade híbrida do Windows 8 para se adaptar a qualquer tipo de terminal, embora os aplicativos Modern UI sejam destacados em relação aos aplicativos de desktop.

Uma nova interface

Windows 8 é a maior mudança do sistema operacional desde o Windows 95 (o primeiro Sistema Operacional a acolher este companheiro que ficou conosco por mais de 16 anos: menu iniciar

Na verdade, este botão no canto inferior esquerdo da tela acabou, que foi substituído pela tela Iniciar,

A tela Iniciar

Ela é dividida em ícones, chamados de Blocos dinâmicos que, como no menu Iniciar dão acesso aos aplicativos. Muito tempo chamado de "Metro" ou "interface moderna/Modern UI", o termo usado é simplesmente "interface do Windows".



A cor do fundo da tela inicial é editável, assim como os motivos, mas é impossível colocar uma imagem em fundo de tela, o que seria inútil de qualquer maneira, já que os blocos dinâmicos ocupam a maior parte da tela.

Novos aplicativos foram adaptados a esta nova interface. Nós já conhecemos o Internet Explorer 10, por exemplo. Estes aplicativos aparecem em tela cheia e só funcionam "com" a interface do Windows.

Um dos aplicativos é chamado de Desktop" e é uma "remanescência" dos nossos antigos Windows: barra de tarefas, ícones, gadgets da guia Windows, janelas, o AeroPeek, Aero Sake e AeroSnap.

Mas o menu Iniciar continua ausente:



Neste aplicativo, podemos instalar aplicativos do Windows 32 (*.exe) como nos antigos Windows. De uma certa forma, isso funciona como o princípio das bonecas russas.





A barra de Charms

Este é o nome dado à pequena faixa que aparece à direita da tela para propor diversas opções.

Podemos acessá-la colocando o cursor do mouse no canto inferior ou superior direito da tela. Ela tem 5 ícones para, entre outras, exibir o menu Iniciar, Pesquisar, Compartilhar, Alterar o dispositivo de exibição, Acessar as configurações do PC, Ajustar o volume ou o brilho, Parar, Pausar, etc.

Para descobrir como usar a Barra des Charms, leia este tutorial.

Um Sistema Operacional adaptado aos tablets

Com sua nova interface, o Windows 8 quis fazer do Windows um Sistema Operacional adaptado aos PCs e tablets de toque.

É o primeiro Sistema Operacional da empresa de Redmond que suporta uma arquitetura ARM, plataforma esta usada em tablets e celulares.

Saiba também que os aplicativos do Windows 8 funcionam tanto em modo retrato como em modo paisagem.

Apesar de tudo, não é preciso guardar o mouse e o teclado no armário: eles funcionam muito bem no Windows 8.

Observação: esta interface não faz do Windows 8 um Sistema Opercional para tablets. O objetivo principal é o de aumentar a compatibilidade do Windows: antes para os PCs, e agora, para os tablets e os PCs. Veja esta dica para mais informações: Mito: Windows 8 é um Sistema Operacional para tablets apenas.

Inúmeras mudanças

Além de sua nova interface, que permitirá o uso do Windows de uma nova maneira, muitos recursos foram adicionados e/ou melhorados.

Suporte para USB 3.0
Dez vezes mais rápido que a USB 2.0, a USB 3.0 foi promovida a um grande futuro segundo a Microsoft, que acredita muito neste protocolo.

Na verdade, de acordo com as estatísticas de Junho de 2011, em 2015, todos os novos PCs serão equipados com portas USB 3.0.

Assim sendo, você poderá copiar um filme de alta definição a partir de um dispositivo de armazenamento USB 3.0 em 80 segundos, ao invés dos 15 minutos necessários à USB 2.0.

Melhoria das operações básicas
Copiar, colar, renomear, remover, etc. Essas operações que você faz quase que instintivamente representam 50% do uso total de comandos.

Mas, se por um lado essas tarefas não duram mais do que 10 segundos, elas também podem durar vários minutos, porque o Windows Explorer não foi otimizado para esse tipo de tarefa de grande porte, ou para várias cópias simultâneas.

No Windows 8 estas operações serão mais claras:

As tarefas de cópias que tinham suas próprias janelas foram reunidas em uma única janela. Você pode pausar/retomar uma operação em curso. Você também pode mudar as barras de progressão indicando o status da cópia, em gráficos, mostrando a velocidade de transferência dos dados.

Gestão de duas cópias na mesma janela:


Aqui, uma das cópias está em pausa (amarela)


Mesmas cópias em exibição gráfica:


Melhoria dos casos de colisão de nomes de arquivos. Estes problemas são ainda mais irritantes quando administramos várias cópias ou arquivos com o mesmo nome. As caixas de diálogo serão apresentadas de outra forma, o Windows pede para assinalar os arquivos que você quer guardar entre os arquivos fonte e os arquivos da pasta alvo.

Nova caixa de diálogo para resolução de conflitos:




Uma última mudança é a remoção das caixas de diálogo: "Você tem certeza que quer colocar esse arquivo na lixeira?" ou "Você realmente deseja mesclar esses arquivos?" para criar um ambiente mais simples e menos confuso.

O Windows Explorer
Uma das grandes mudanças no Windows Explorer é o aparecimento da Faixa de Opções.
Esta faixa apareceu com o Microsoft Office de 2007. Com ela você podia acessar as funcionalidades mais facilmente, graças a sua melhor organização.

Isto é exatamente o que acontece com o Windows 8: alguns comandos que acessávamos através de menus de contexto são agora exibidas na faixa.

O Windows Explorer no Windows 8:


Outras pequenas mudanças: o deslocamento da aba de informações para o lado direito, em vez da parte inferior. Na verdade, as resoluções de tela mais comuns são as de 16/9, o que facilita a gestão do tamanho disponível à tela.
A aba de informações no Windows Explorer:



Obviamente, quando falamos de Faixa de Opções, estamos falando de Barra de ferramentas de Acesso rápido, que fica acima ou abaixo da faixa. Como no Office, você pode adicionar comandos tais como: Excluir, Refazer , etc... que, antes, só estavam disponíveis com um clique no botão direito do mouse.



Inicialização mais rápida

O Windows 8 trouxe um avanço significativo quanto à inicialização. Com ele, seu computador está pronto para uso cerca de 10 segundos após pressionar o botão ON/OFF, ao invés dos 25-30 segundos solicitados pelo Windows 7.

Até então, quando pressionavamos o botão ON/OFF o PC iniciava os drivers necessários para o arranque do kernel do sistema operacional, depois o Windows inicializava o sistema (carregamento de drivers adicionais, serviços) e a sessão 0. Em seguida,, tinha o logon e, só aí você podia começar a usar o PC.

Com o Windows 8, quando você desliga o computador, o sistema operacional fecha as sessões, os programas e os serviços, mas salva a sessão 0 no disco rígido.

É como quando você coloca em modo de espera prolongada: o Windows salva o estado da memória (sessões, programas e serviços abertos) no disco rígido e, em seguida, desliga o PC.

Mas o Windows 8 só salva o estado da sessão 0, e isso leva menos tempo; assim, quando você iniciar o Windows 8, ele primeiro vai restaurar o estado da sessão 0 na memória e, em seguida, executará os drivers adicionais e a tela de arranque.

Concluindo, a sessão 0 do Windows 8 ficará sempre "aberta", mesmo quando você desligar o PC.

Diferentes fases entre o arranque tradicional e o arranque rápido do Windows 8:




Saiba que o arranque do Windows 8 não usa esse método: o Windows 8 e a sessão 0 são totalmente fechadas. É por isso que um reboot é mais demorado.

Melhorias no gerenciador de tarefas

O gerenciador de tarefas do Windows 8 é mais leve e mais claro.
Ele só apresenta os aplicativos principais com uma visão simplificada onde a única opção é "fim da tarefa".

Para ver os processos de segundo plano e opções adicionais, basta clicar em Mais detalhes. Aí, todas as janelas abertas são agrupadas por aplicativo.

Nota-se um novo visual mais agradável e a alcance de todos, pois usar o gerenciador de tarefas não é uma operação muito realizada por novatos.

Vista do gerenciador de tarefas do Windows 8 em exibição normal:



A mesma vista com mais detalhes:



Nesta apresentação podemos ver o chamado "mapa térmico", onde todas as informações à direita indicam o uso dos recursos e tornam-se mais escuras à medida em que o uso dos recursos fica mais importante.
Essa função também permite a resolução de problemas de desempenho causadas por um aplicativo.

Aqui, o Microsoft Outlook utiliza 94,2 dos recursos do processador:



Outra novidade importante é o aparecimento de nomes mais simples na lista de processos. Antes, quando procurávamos um determinado processo, era preciso procurar um nome complicado, sem significado, com a extensão *.exe

No Windows 8, o gerenciador de tarefas substitui os nomes dos executáveis pelo verdadeiro nome do processo. Assim, o executável Splwow64.exe aparece "Print driver host for applications". Claro, este nome será traduzido mas, isso é só para mostrar que entenderemos exatamente o que significa cada elemento da lista de processos.




Suporte para discos e grandes setores
Fotos em alta resolução, filmes HD, coleções de música, etc. A nossa gama de multimídia digital continua a crescer e a melhorar.

Os desenvolvedores de discos rígidos criam hardwares cada vez mais rápidos e sofisticados para acompanhar as necessidades dos clientes.

Com o aparecimento, cada vez mais importante, desses discos de grande capacidade, a Microsoft integrou no Windows 8 a possibilidade de suportar discos rígidos de 3 TB (tetra bytes), ou mais.

Windows store



Grande novidade do próximo sistema operacional da Microsoft: uma loja de download on-line chamada "Windows Store". Ela foi apresentada oficialmenteno dia 7 de dezembro de 2011.
O Windows Store incentiva os desenvolvedores de aplicativos a mudarem para os aplicativos do Windows 8 com o Microsoft Visual Studio 11 beta, lançado na mesma época do Windows 8 Consumer Preview.


Senhas e proteção de dados do usuário

O Windows 8 traz novas funcionalidades para proteger as contas de usuário.
Você pode criar uma conta do Windows com o seu ID da Microsoft (Live, Hotmail, Outlook, etc), o que permitirá que você reencontre o seu ambiente Windows 8 personalizado, assim como seus dados do SkyDrive, em qualquer dispositivo conectado, rodando no Windows 8.

Além da tradicional conexão por senha, o Windows 8 propõe duas novas maneiras de se conectar:

1) Conexão por código PIN: código de quatro dígitos que você digita sem precisar pressionar a tecla Enter, e que abre a sua sessão rapidamente, como nos celulares.

2) A senha da imagem: uma forma muito original de se conectar, útil apenas para os tablets.
Basta escolher uma imagem em seus dados e indicar três gestos a serem reproduzidos nesta imagem. Você pode desenhar linhas, fazer um círculo e apontar para partes da imagem.
Em seguida, no logon, basta repetir esses mesmos movimentos, sem precisar reproduzir o número exato de pixels.




Observação: Saiba que você pode usar as três formas para se conectar (senha, código PIN e senha de imagem).
Você pode escolher como se conectar, desde que a tenha definido antes, nas Configurações acessíveis na Barra de Charms.

Opções avançadas de inicialização

Outra interface que foi mudada no Windows 8 é a de Opções avançadas de inicialização, acessível pela tecla F8 na inicialização das antigas versões do Windows, para acessar as opções de recuperação, ou usar outro sistema operacional. Mas no Windows 8, a Microsoft encontrou um problema: o sistema operacional arranca muito rapidamente e o usuário não tem tempo para usar a tecla F8. Além disso, lembre-se que o Windows não para completamente, a sessão 0 é gravada no disco rígido, o PC não pode fazer nada enquanto ela não for restaurada: impossível acessar o BIOS, inicializar em outro dispositivo e acessar as opções avançadas de inicialização; será preciso uma reinicialização total.
Para solucionar este problema, um botão de Inicialização Avançada, localizado no Painel de contrôle da interface do usuário do Windows 8, permite que você reinicie o computador exibindo as opções. Ele também pode ser acessado mantendo pressionanda a tecla Shift e clicando em Reiniciar.



Fim da página não muito acolhedora em preto e branco, que deu lugar a uma interface mais agradável, azul clara, com o suporte do mouse e dos ícones, bem mais bonita e fácil de usar.

A principal razão para esta mudança é que essas opções avançadas de inicialização só são disponíveis APÓS a inicialização do Windows e, consequentemente, a restauração na memória da sessão 0. Assim, os principais drivers já estão carregados.

As opções avançadas de arranque para o Windows Vista (esquerda) e o Windows 8 (direita):




[Clique para aumentar]

Lembre-se de que, com o Windows 7 (ou anterior), para acessar estas opções, era preciso pressionar a tecla F8 durante a inicialização do BIOS. Sem mouse, apenas setas, o Windows inicializava depois. Agora, o usuário escohe a sua opção e o PC só inicializa se for preciso.

Duas novas opções foram introduzidas no Windows 8:
1) Reiniciar o PC: muitos temas do ccm são escritos por pessoas que desejam voltar para as configurações de fábrica em seus PCs, mas como eles não têm mais CD de restauração, eles são forçados a comprar o Windows novamente. O Windows 8 vai integrar uma sistema de restauração total do sistema operacional.

2) Atualizar o PC: se você preferir manter seus dados durante a reinicialização do Windows, o melhor é recorrer a esta solução. Ao contrário da reinicialização, os dados, configurações e aplicativos do Metro (salvo o Desktop) são mantidos.
Uma nova cópia do Windows é instalada e os dados, configurações e aplicativos são restaurados. Você não precisa criar uma nova conta, reinstalar os aplicativos do Windows 8, etc.
Esta solução é menos eficaz se o problema for causado por um vírus em seus dados. Eu repito que apenas os aplicativos do DESKTOP não são mantidos.



Pequeno aparte para apresentar um velho amigo, que se transformou para o lançamento do Windows 8. Naturalmente, estou falando do Blue Screen Of Death (BSOD) ou Tela Azul da Morte.



Integração com o Cloud

Uma das outras grandes inovações do Windows 8 é que o sistema operacional está "nas nuvens", como se diz hoje em dia. Na verdade, o Windows 8 conectado à Internet pode, entre outras, ser conectado às redes sociais, permanentemente, conversar com contatos do Hotmail, Facebook, Twitter, Google, etc, a partir do mesmo aplicativo. Com o SkyDrive, você pode encontrar seus dados a partir de qualquer dispositivo, uma vantagem para um SO que afetará os dispositivos táteis, cujas capacidades de armazenamento são reduzidas. Com o Cloud, o seu próprio ambiente do Windows 8 pode ser encontrado em qualquer terminal rodando no Sistema Operacional: personalização, contatos, dados do SkyDrive...

Windows To Go

Um novo recurso útil disponível no Windows 8 Enterprise. Ele consiste em criar um suporte de inicialização removível (USB > 32GB) com uma versão reduzida do Windows 8 chamada Windows To Go. Isso permite que os profissionais tenham acesso ao Windows 8 a partir de qualquer PC, inicializando com este suporte.

Instalação

Avant, à chaque nouvelle version de Windows, la configuration minimale requise était plus importante ; de nombreux utilisateurs optaient pour un PC neuf avec Windows préinstallé.

Depois do "dossiê Vista", que era um grande consumidor de memória RAM e outros recursos, a Microsoft se empenhou em assegurar a compatibilidade com uma quantidade maior de PCs já existentes.

Assim sendo, o Windows 7 foi um sucesso completo, estável e com uma configuração mínima necessária razoável.

Além disso, a Microsoft afirma que todos os PCs rodando no Windows XP, Vista e Seven originalmente, são compatíveis com o Windows 8, já que este não requer recursos adicionais. Os PCs com o XP, e anteriores a 2005, podem apresentar certos problemas de compatibilidade pois os processadores podem não suportar as funções SSE2, PAE e NX bit exigidas pelo Windows 8.

Instalar o Windows sempre foi uma operação delicada. Apesar da Microsoft estar sempre tentando limitar os problemas, muitos usuários optam pela não atualização de seus PCs pois eles acham a operação complicada demais.

Aí também é preciso atender às exigências de dois tipos de clientes: aqueles que querem uma instalação simples, rápida e clara e aqueles que querem ter acesso a opções mais complexas.

Nos dois casos é preciso digitar a chave de ativação, durante a instalação, ou ela será cancelada automaticamente. Lembre-se que na época do Windows Vista, o usuário dispunha de 30 dias, após a instalação, para ativar o seu Sistema Operacional.

A nova maneira de instalar o Windows 8 pela Internet:

No Windows 8, o conselheiro de atualização, o programa de instalação e o utilitário Transferência de arquivos e configurações do Windows se encontram em um único processo.

Depois de comprá-lo, basta baixar este pequeno processo (gratuitamente), que fornecerá, em primeiro lugar, um relatório de compatibilidade e, depois, vai te propor comprar e baixar o Sistema Operacional, sem te dar trabalho.

Assim, o processo de instalação começa analisando o seu PC para detectar possíveis problemas de compatibilidade e, após a compra, ele baixa o Windows 8.

Para te ajudar a mudar para o Windows 8, veja esta dica.

Conclusão

O Windows 8 é uma grande aposta na história do Windows. Inovador, ele revolucionou o mercado da informática. A principal novidade foi, obviamente, sua nova interface, mais fluida, mais agradável, mais simples, mas mais desanimadora também. É claro que tivemos que mudar os nossos hábitos mas a adaptação é rápida. O objetivo principal desta nova interface é o de ampliar a compatibilidade de hardware do Windows: O Windows 7 foi o primeiro sistema operacional a suportar o toque, o Windows 8 inovou, incorporando sua própria interface, que o tornou um sistema operacional "híbrido" e universal seja qual for o dispositivo utilizado: PC, tablet, smartphone, etc.

Seria incorreto dizer que o Windows 8 é reservado apenas para o toque, porque este não é o objetivo. A Microsoft está apenas começando a se integrar ao mercado de toque, permanecendo líder no mercado dos PCs para, no final, formar um só mercado. No futuro, se o PC diminuir em relação aos dispositivos de toque, cada vez mais poderosos, poderemos usar um Windows exclusivo para tablets; mas isso não corresponde às necessidades de hoje. O mercado do software segue o mercado do hardware.

O Windows 8 tem a mesma potência do Windows 7, com desempenho e visuais melhorados que, apesar da mudança, é muito útil e agradável de usar.

Surface: o tablet da Microsoft


"Clique! E tudo é possível." (slogan traduzido do "click in and do more", da campanha publicitária do Microsoft Surface)

"Eu usei muitos tablets e esse não é apenas mais um tablet, mas sim o melhor tablet. E já usei muitos notebooks e laptops e este não é apenas mais um computador portátil, mas sim o melhor. É um novo tipo de dispositivo" (Steven Sinofsky, ex-diretor da divisão Windows da Microsoft)

A Microsoft está realmente decidida a competir com o iPad e os tablets do Android. Além daqueles propostos pelos seus perceiros (Lenovo, HP, Acer, Asus, etc), a empresa lançou o seu próprio tablet equipado com o Windows 8. Além de bastante inovador, ele tem um teclado super fino e foi especialmente projetado para o Surface, onde basta encaixá-lo ao tablet para conectá-lo.
Ele tem dois teclados: um teclado tátil (Touch Cover) e um com teclas (Type Cover), que também protegem a tela.

O Surface tem duas versões:
Uma primeira com um chip ARM, com maior autonomia, mas com capacidades reduzidas, Ele rodará no Windows 8 RT (a versão para processadores ARM).

A segunda, é um pouco maior mas é mais potente, com seu processador Intel. Sua bateria foi aumentada em consequência. Ele rodará no Windows 8 Pro.
O tablet tem um teclado de toque (Touch Cover) e um com teclas (Type Cover), que também protegem a tela.

Veja as as características detalhadas dos tablets no Site oficial do Microsoft Surface.

O tablet rodando no Windows RT foi lançado ao mesmo tempo que o Sistema Operacional e serviu para "estopar a bomba", como disse Steve Ballmer, o Presidente da Microsoft.

Veja o vídeo de apresentação do Surface :
Office 2013
Microsoft Office 2013

Mudança para o Windows 8 em sua empresa: recomendações da Microsoft
Migração para o Windows 8 na empresa

Mais informações

Fonte (imagens e informações): Blog oficial do Windows 8.
Se você quiser seguir as notícias sobre o Windows 8, consulte-o regularmente.

Tradução feita por Lucia Maurity y Nouira

Veja também

Publicado por pintuda.
Este documento, intitulado 'Windows 8 - Uso', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.