A reputação online : um conceito ainda obscuro para as empresas

Fevereiro 2017


De acordo com um estudo publicado por Aastra, especialista das comunicações unificadas, as ferramentas web 2.0 (para a comunicação e a colaboração) não teriam mais mistério para as empresas. Se estas tem um bom conhecimento da maior parte destas ferramentas e de seu lugar estratégico, duas noções permanecem não muito claras: a e-recomendação e a reputação online.

« Você é um colaborador 2.0 ? » é o nome de um estudo publicado recentemente por Aastra, especialista das comunicações unificadas, sobre a percepção, o conhecimento e a utilização das ferramentas da web 2.0 nas empresas. Realizada na França junto a um painel de empresas de pequenas, médias e grandes empresas de todos os setores, esta aqui coloca em dia um certo número de tendências fortes que concernem a utilização de certas ferramentas.

==Reputação online : progressos a serem feitos== l
As empresas e seus colaboradores se dizem familiarizados com as ferramentas do trabalho colaborativo (ex : compartilhamento de documentos, 73%), ferramentas da web 2.0 (ex : blogs, 65%), e das redes sociais (66%),muitos continuam a não serem familiares (ou muito pouco) das problemáticas da e-recomendação (ex: recomendação de compras online 58%).

A reputação online é igualmente um domínio que conserva uma forte margem de progressão. Assim 31% das empresas ignoram ainda o que quer dizer esta noção, e somente 15% dizem ter integrado este aspecto á sua estratégia. 13% testariam a instalação de um sistema de vigia se sua e-reputação, esta integração estão ainda em fase de reflexão para 18% dentre eles.


Tradução feita por Ana Spadari

Veja também

Publicado por ninha25. Última modificação: 9 de maio de 2012 às 17:41 por ninha25.
Este documento, intitulado 'A reputação online : um conceito ainda obscuro para as empresas ', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.