Faça uma pergunta »

O que significa Quilobytes por segundo ?

Julho 2015

No nosso exemplo dessa dica, o sinal misturando 440 e 880 Hz tinha a seguinte aparência:


Tinhamos escolhido registrar as frequências 440 e 880.
Se escolhermos de manter apenas a frequência 880, podemos reconstituir o seguinte sinal:


Este sinal é bastante semelhante ao anterior (as curvas são semelhantes e os sons são bem próximos). Podemos, então, optar por salvar apenas 880 para armazenar esse sinal.

Isso não é muito preciso, mas para o ouvido, o som é bem próximo.

É exatamente o que acontece no MP3: registramos mais ou menos frequências no arquivo MP3.
Só registramos as frequências mais audíveis. Os sons menos audíveis são excluídos. Para o ouvido, não haverá muita diferença.

Quando aumentamos a quantidade de frequências registradas no arquivo de MP3, também aumentamos o tamanho do arquivo MP3 e a qualidade. (Exemplo aqui: dois valores (880 e 440)).

Quanto menos registrarmos frequências, menor será o arquivo e pior a qualidade. (Exemplo aqui: apenas o valor 880).


Quando criamos um arquivo MP3, podemos escolher a velocidade em bits por segundo, ou seja, a quantidade de 0 e 1, que usamos para registrar as frequências. Só utilizamos 0 e 1, porque estamos na base 2.

Exemplo:


Com 4000 a 8000 bits por segundo, podemos reconstituir a voz. A qualdade não é boa, mas é compreensível.

Frequentemente, encontramos músicas na Internet a 128.000 bits por segundo (ou 128 quilobits por segundo). Essa é uma escolha razoável entre qualidade e tamanho de arquivo.

A qualidade de CD só é atingida realmente com 256 000 bits/s.

O máximo para o formato MP3 (MPEG-1 Layer 3) é 320 000 bits/s.

Isso economiza muito espaço. Por exemplo, para 1 segundo de música:

Em CD-Áudio ou arquivo WAV: 176 000 bytes
Em MP3 (a 128 kbits por segundo): 16 000 bytes

Faça a divisão: isso permite colocar uns 11 CDs de áudio em um CD-ROM!

Saiba que o formato MP3 remove todas as frequências acima de 16 000 Hz. Esta escolha vai economizar espaço (frequências altas exigem muito mais bits por segundo).

Estima-se que alguns (bons) ouvidos humanos podem ouvir até 20 000 ou 22 000 Hz (de acordo com testes executados). O formato MP3 foi testado com "ouvidos de ouro" do planeta (cerca de dez pessoas: cantores, engenheiros de som) que são conhecidos por ter um bom ouvido, e eles julgaram a qualidade de som bastante satisfatória.

Existem outras formas de criptografia como o OGG, WMA, MP3 Pro, AAC MPEG, MPEG-4, Wavelets, WMA ou VQF Sony.

Embora estas novas técnicas de compressão sejam tecnicamente superiores (melhor qualidade de som, arquivos mais compactos), o MP3, por causa de sua popularidade, ainda tem muito futuro pela frente.

Há uma moagem especial do MP3: o VBR (Variable Bit Rate) ou ABR (Adaptable Bit Rate). Em vez de escolher uma velocidade fixa (n bits por segundo), ela varia com a música. Quando a música exigir, usamos mais bits.

Vantagem do VBR: melhor qualidade.
Desvantagem: não podemos prever o tamanho do arquivo.

Alguns leitores de MP3 e DVD players não dão suporte a MP3 VBR e ABR.

Artigo original publicado por sebsauvage

Tradução feita por Lucia Maurity y Nouira
Para uma leitura offline, é possível baixar gratuitamente este artigo no formato PDF:
O-que-significa-quilobytes-por-segundo.pdf

Veja também

Na mesma categoria

Publicado por pintuda.
Este documento, intitulado « O que significa Quilobytes por segundo ? »a partir de CCM (br.ccm.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.