As mensagens instantâneas suplantam os SMS e as chamadas telefônicas nos celulares

Dezembro 2016


O uso de aplicações de mensagens instantâneas provoca um impacto importante sobre as comunicações telefônicas, em claro recuo um pouco por tudo no mundo, de acordo com ABI Research.

Nos três primeiros meses do ano de 2012, o número de minutos vocais declinou de 5,3% na América do Norte, de 0,6% na zona da Asia-Pacifico e de 0,4% na Europa Oeste, comparada com o trimestre precede. Ao contrário, elas aumentam de 3,5% no Meio Oriente, a única região que parece escapar ao fenômeno.

O SMS abandonado

Os SMS também sofrem uma baixa de sua atividade devido a popularidade enorme das aplicações de tchat, principalmente na América Latina (-5,8%), na África (-0,7%) e na região da Ásia-Pacífico (-0,2%).

De acordo com ABI Research, as aplicações de mensagens instantâneas estão prestes a suplantar os SMS em algumas partes do mundo, é a razão pela qual operadores aumentaram recentemente suas cotas de SMS para incitar seus assinantes a utilizar seus serviços.

Este fenômeno não toca, ainda, a França, onde a maioria dos planos autoriza um número ilimitado de SMS e onde as pessoas jamais trocaram tanto « textos » (221, por mês e por cliente, no primeiro trimestre de 2012, de acordo com Arcep, regulador das telecoms na França.


Tradução feita por Ana Spadari

Veja também

Publicado por ninha25. Última modificação: 25 de julho de 2012 às 05:45 por ninha25.
Este documento, intitulado 'As mensagens instantâneas suplantam os SMS e as chamadas telefônicas nos celulares', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.