Darsiders 2: o encontro com a morte

Janeiro 2017


Um jogo onde o herói é a morte em pessoa que deve, armado de sua foice, ressuscitar a humanidade. Um programa tentador servido em uma bandeja.

"A morte é nossa última esperança." A promessa é tentadora, a realidade mais contrastada.
Em "Darksiders 2", o jogador incarna Death ("Mort" em inglês), um dos cavaleiros da Apocalipse, que havia partido para conquistar a inocência de seu irmão de rama War ("Guerra"), acusado de ter provocado uma guerra entre o inferno e o paraíso e de ter erradicado a humanidade. Nada mais. O herói tentará, durante uma epopeia de cerca de quinze horas reabilitar seu irmão destituído, bloquear Armageddon e ressuscitar a humane. Todo um programa.

Death explora um mundo devastado e de torres com armadilhas, em um universo sombrio de heroic fantasy mas surpreendentemente colorido. Na estrada, ele cruzará muitos monstros que não lhe querem bem. Armado de sua foice, ele multiplica os combates sangrentos e dinâmicos, encadeando esquivas e contra ataques. Na cadeia dos combates, Death evolui e seus poderes se amplificam, o cavaleiro é completamente personalizável, das armas até a armadura passando pelas atitudes. Tudo aquilo que é preciso para afrontar criaturas titânicas maneiras "God of War".

Entre dois bastões, o herói deverá resolver enigmas cada vez mais retorcidos para continuar a aventura. Descobrir as chaves de portas trancadas, ativar mecanismos, atravessar imensos fossos... A gente poderia pensar estar no "Prince of Persia". Tudo servido por uma agradável assimilação, salvo pelo menu muito mal concebido.

Se "Darksiders 2" se revela melhor que o primeiro opus, seu cenário se esgota muito rápido. Longe da história sombria prometida, o jogador se encontra face à uma conquista sem convicção. Falta, cruelmente, carisma à Death. O conjunto do jogo se vê chumbado por diálogos planos e de personagens secundários vazios. Além do mais, visualmente, o título decepciona. Felizmente, a mise en scène do jogo dá o nescessário para que o nível seja respeitável.

O a mais
- Os enigmas inteligentes- O domínio- A trilha sonora
O a menos
- Os grafismos- O cenário
Nota : 3/5
Disponível para Playstation 3, Xbox 360 et PC.
A partir de 18 anos.
Tradução feita por Ana Spadari

Veja também

Publicado por ninha25. Última modificação: 3 de setembro de 2012 às 05:36 por ninha25.
Este documento, intitulado 'Darsiders 2: o encontro com a morte', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.