Monetizar seus vídeos na web

Novembro 2016

A publicação de vídeos é uma boa maneira de complementar a renda de um site, ou de uma atividade de comércio eletrônico. Tutoriais, reportagens, montagens ou filmes artísticos fazem parte dos conteúdos que podem gerar receitas. Mas, para que plataformas on-line se voltar ? E, quais são as regras a serem respeitadas ?


Monetizar seus vídeos na web: algumas regras importantes


Em todos os casos:
  • Respeite os direitos autorais : publicando conteúdos totalmente originais e evitando incluir no vídeo elementos protegidos por direitos autorais(ex: faixas musicais).
  • Dar preferência a conteúdos de qualidade e com bibliografia : isto é, conteúdos que representam e valorizam a sua marca pessoal/profissional. Pense em enriquecer o seu vídeo com uma marca d'água (ex: o URL com efeito Chroma Key). Use o software Video Watermark Factory para isso.
  • Penser no referenciamento dos vídeos nos motores de busca: seleção de títulos (evitando títulos incitativos "enganosos"), palavras-chave informativas inseridas nos campos descritivos (meta tags).
  • Comunicar várias mídias sobre os vídeos postados : blogs, redes sociais como Facebook, Twitter, Tumblr e LinkedIn, mas também, sites de apostas sociais (ex: Delicious).
  • Em caso de inscrição em um programa de links patrocinados: não clique em seus próprios anúncios, nem aumente artificialmente o número de comentários e/ou Cutir do vídeo (ex: usando outras agências para aumentar o número de visitas).

Monetizar seus vídeos no Youtube


Através do seu "Programa de Parceria", o YouTube permite que os criadores de vídeos monetizem seus conteúdos, incluindo links patrocinados pela agência de publicidade do Google, a "Adsense"

Publicar um vídeo no Youtube

  • Criar uma conta no Google para poder se conectar automaticamente com o Youtube
  • Criar um canal YouTube onde você postará seus vídeos, escolhendo judiciosamente o futuro nome (SEO) do URL: http://www.youtube.com/user/exemple.
  • Nos primeiros meses (três meses), a duração dos vídeos a serem baixados é limitada a 15 minutos.
  • Durante o download do vídeo (antes disso leia as instruções para a codificação de vídeos para o Youtube): adicionar um título, descrição e palavras-chave (tags).
  • Escolha uma categoria e o modo de visibilidade desejado (público)
  • Escolha a licença de publicação do seu vídeo, a fim de proteger seus direitos autorais. (Veja este tutorial)
  • Pensar bem ao ativar os comentários (como uma questão de moderação), ativar as opiniões

e, sobretudo, permitir a integração do vídeo a partir de outros sites.

Associar uma conta Adsense ao seu Youtube


Para começar a monetizar os seus vídeos no Youtube (e especialmente para aumentar a receita), é necessário criar uma conta Google Adsense (com IDs do Gmail usados para criar a sua conta e o seu canal no YouTube).

Ele deve ser verificado antes de poder ser usado. Você vai precisar informar diferentes elementos (ex: dados bancários) para recolher as receitas de publicidade a partir de um determinado patamar.
Depois de criar a conta do Google Adsense, volte para a sua conta do YouTube e clique em "monetização" (no gerenciador de vídeos) e, em "ativar a minha conta".

Agora, é possível escolher vídeos a serem monetizados: eles devem responder aos critérios citados acima, para permitir a exibição de links patrocinados.

A remuneração é variável e depende do número de impressões da página de transmissão do vídeo e do número de cliques. A regularidade das publicações é um fator importante para aumentar as receitas.

Mais informações


Monetizar seus vídeos no Vimeo


A pataforma Vimeo, concorrente do Youtube, também permite que os editores sejam pagos, através do recurso "Vimeo Creator Services".

Esta ferramenta destina-se mais aos autores que propõem conteúdos criativos: ele permite que você adicione uma "Tip jar" (pote para gorjetas), um módulo de pagamento localizado abaixo do Vimeo player.
Os usuários podem, assim, compensar os autores se eles quiserem. Veja esta dica.

Vender seus vídeos aos bancos de imagens e vídeos on-line


Alguns bancos de imagens e de vídeos, como o Fotolia e o iStockphoto, permitem que os autores de vídeos e/ou clipes sejam pagos através de um sistema de comissões, cujo valor depende de vários fatores (número de downloads do seu trabalho e, portanto, de créditos gastos pelos assinantes).


Tradução feita por Lucia Maurity y Nouira

Veja também :
Este documento, intitulado « Monetizar seus vídeos na web  »a partir de CCM (br.ccm.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.