"Zonas brancas": Arcep autoriza um primeiro teste "super Wifi"

Fevereiro 2017




Autoridade das telecoms (Arcep) autorizaram pela primeira vez uma sociedade especializada em telecomunicações em zonas difíceis de acesso, a fazer testes "super Wifi" em diversas lugares de regiões distantes da França e consideradas como "zonas brancas".

Esta tecnologia de "super Wifi" permite transportar para muitos quilômetros (até 160 km em teoria) dados de ADSL, que são depois recepcionados via chipsets especiais ou box no mesmo modelo dos receptores de conexões via satélite.
Infosat Télécom tinha solicitado em março de 2012 a autorização temporária de utilizar um canal 8 8 MHz da faixa UHF (470-790 MHz) para realizar testes de cobertura e de débito da tecnologia dita "super Wifi", de acordo com a carta regular da Arceo publicada na França.

Trata-se de testar um serviço em ADSL sem fio em várias zonas rurais de acesso no departamento Seine-Maritime.

Esta faixa dos 470-790 MHz é utilizada pela radiodifusão, Arcept consultou o Conselho Superior do Áudio visual que « respondeu favoravelmente » à este pedido, mas solicitando a garantia que esta experiência não engendre interferência com a TNT, indica o Conselho.

Tradução feita por Ana Spadari

Veja também

Publicado por ninha25. Última modificação: 6 de outubro de 2012 às 06:16 por ninha25.
Este documento, intitulado '"Zonas brancas": Arcep autoriza um primeiro teste "super Wifi" ', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.