Como identificar e rastrear influenciadores na web?

Fevereiro 2017

Verdadeiros chefes da Web 2.0, os "influenciadores" fazem o que querem na Internet: posts destruidores, perícias e comentários decididores, gerações de novas tendências ... Que eles sejam blogueiros ou membros ativos de redes sociais, suas opiniões contam e mudam, cada vez mais, o comportamento de sua comunidade de "seguidores". Num momento em que a interação entre as plataformas comunitárias amplificam seu poder, as empresas devem considerar e analisar as suas intervenções e isso, em vários níveis de suas atividades: marketing, relação com clientes, acompanhamento de sua e-reputação, etc. Mas quem são esses influenciadores? E como seguí-los ?


Porque identificar e rastrear influenciadores na web?

O que é um influenciador ?

Na web, o influenciador usa diferentes áreas de expressão (ex: blogs, redes sociais, fóruns de discussão) para a difusão dos conteúdos capazes de mudar o comportamento de uma comunidade de leitores ou de "seguidores". Estas publicações podem ter um impacto mais ou menos direto e, em diferentes níveis, para as marcas e as empresas representadas na internet. Esta força de impacto está ligada ao potencial de influência do "influenciador" (audiência) assim como à sua categoria de filiação.

As várias categorias de influenciadores

Podemos distinguir vários "tipos" de influenciadores. Esta leitura é importante, pois os instrumentos de medição e indicadores quantitativos por si só, nem sempre são pertinentes.

Os "sentinelas": altamente reativos, esses influenciadores vasculham a web em busca de novidades, notícias e rumores relacionados com sua área de interesse. A sua capacidade de difusão e de atualização dos conteúdos é, geralmente, muito elevada (vários artigos por dia, bom conhecimento de redes sociais).

Os formadores de opinião: já está recebendo alguma notoriedade na internet (e fora), eles teem uma capacidade de análise e reflexão maior que os "sentinelas" mas, suas atividades e meios de expressão são diferentes. Sua produção é mais rara, geralmente eles ocorrem em "webzines" de referência, sua intervenção não passa despercebido.

Especialistas e avaliadores ("raters"): geralmente interessados em questões relacionadas com a cultura high-tech, eles teem uma identidade estabelecida em sua comunidade de referência. Eles testam, avaliam produtos (ex: tendência do "unboxing") e teem centros de informação importantes. Seus conhecimentos altamente especializados rendram-lhes respeito e credibilidade.

Os "pistoleiros": eles podem pertencer a várias categorias simultaneamente, mas é o seu tom, o seu carisma e sua capacidade de convicção que os diferenciam. Geralmente, suas opiniões são divididas, mas pode ter um impacto real sobre o comportamento da comunidade.

Os blgueiros históricos: blogueiros antigos, eles teem uma vasta rede e uma reputação já estabelecida na internet (ex: ranking muito bom em inúmeros pedidos). Eles podem amplificar uma notícia, um boato, uma informação inusitada contando com o apoio de seus leitores e seguidores.

Mais interação entre as redes: mais influência

Os influenciadores que, geralmente, são emissores de conteúdos baseados em relés de expressão, cada vez numerosos, para expandir a sua audiência, entre outros:
  • Blogs parceiros ou amigos
  • Sites comunitários do tipo "digg-like" e agregadores de conteúdo (ex: Digg, Wikio, etc).
  • As redes sociais (Twitter, Facebook)
  • Os botões de votos e de compartilhamento de conteúdos de artigos

Devido a estas muitas interações, e o uso crescente das plataformas comunitárias gerais, sua influência está se tornando mais prevalente, commme ilustrado no artigo sobre este assunto.

Seguir os influenciadores, qual é o interesse das empresas?

Muitos setores de atividades - e vários departamentos internos das empresas - devem pensar em identificar, rastrear e analisar o comportamento dos influenciadores na internet. Como ilustrado na nossa tentativa de tipologia acima, tudo depende do controle da empresa.

As áreas onde os influenciadores são mais ativos: produtos high-tech e multimídias, moda e produtos de beleza, prestação de serviços (turismo, viagens, alimentação), etc.

O acompanhamento dos influenciadores pode ser motivado por várias razões:
  • Produção de conteúdos e SEO: identificar os "sentinelas" e blogueiros bem informados ajuda na publicação de conteúdos mais rapidamente e, por sua vez, ser identificado como fonte potencialmente influente (ex: interessante para um blog de empresa).
  • Marketing e Comunicação: seguir formadores de opinião para antecipar possíveis mudanças nas expectativas focadas em um produto/serviço e ganhar em reatividade.
  • Relação com clientes/e-reputação: os influenciadores, como representantes de sua comunidade, podem cristalizar o sentimento"geral" do consumidor sobre uma marca e poupar tempo na implementação de uma estratégia de clientes apropriada (principalmente sobre a resolução de problemas).

Como identificar e seguir os influenciadores ?

Uma abordagem quantitativa a qualitativa

É avaliando o tamanho e a atividade da audiência de um blogueiro que se determina a sua credibilidade e sua capacidade de difusão ... Em outras palavras, se este mereceu o seu "status" de influenciador.
Para sabê-lo, basta fazer algumas pesquisas sobre, entre outras:
  • Seu impacto em redes sociais como o Twitter e o Facebook: é fundamental saber até que ponto os seus conteúdos são reutilizados nas redes sociais, tornando-se verdadeiros motores de influência. No Twitter: é preciso determinar o número de "retweets" ou "backtweets" (índice de credibilidade). No Facebook, você deverá monitorar a popularidade dos conteúdos e comentários que ele compartilha (ex: o botão "Curtir", número de fãs, etc).
  • o número de links que apontam para conteúdos publicados pelo "influenciador" (ex: de blog para blog).
  • o número de comentários em seu blog e as estatísticas de botões de comartilhamento.
  • sua identidade digital (através do pseudônimo ou do nome de usuário): para saber o que os usuários pensam dele.
  • a frequência da atualização de seus conteúdos.
  • a área de influência na web
  • se for o caso, o número de recomendações no LinkedIn.

Algumas ferramentas para seguir os influenciadores

Retweet Rank: Determina o número de reutilização dos "tweets" de um membro do Twitter, através do seu ID.
Backtweets : mesmo princípio mas, permite identificar o número de links que apontam para um nome de domínio apontado no Twitter (pesquisa mais ampla).
Twikio em versão beta, este sistema de classificação da popularidade de conteúdos difusas no Wikio também é baseado no Twitter.
Traackr : software on-line que identifica os influenciadores da Web 2.0, rastreia os conteúdos das redes sociais (Facebook, YouTube, Twitter, LinkedIn, Flickr , MySpace ou FriendFeed) e gera uma lista de usuários considerados como autoridade em suas áreas.

Tradução feita por Lucia Maurity y Nouira

Veja também

Artigo original publicado por . Tradução feita por pintuda. Última modificação: 9 de abril de 2015 às 13:13 por n00r.
Este documento, intitulado 'Como identificar e rastrear influenciadores na web?', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.