Escolher a placa gráfica para o seu PC (2015)

Julho 2016

Uma placa gráfica é composta por um processador, um GPU (Graphic Processing Unit) e uma memória.

A placa gráfica é um pequeno PC, dedicada às aplicações gráficas, que tem uma certa independência em relação ao resto do PC, a não ser as ligações com as informações que transitam pela entrada gráfica e a alimentação.

A escolha de uma placa se faz em função de suas necessidades e do orçamento: para os aplicativos de escritório, um chipset integrado ou uma placa gráfica de pouca qualidade bastam; para os aplicativos multimídias, uma placa gráfica que possa ler o formato de vídeo desejado é fundamental; para os vídeogames 3D (e globalmente todas os aplicativos 3D) uma placa gráfica mais potente é indispensável.



Estrutura de uma placa gráfica

O GPU (Graphic Processing Unit)

O GPU é o componente essencial de uma placa gráfica,aquele que vai determinar o desempenho. Um GPU é baseado em diferentes unidades de cálculo:


Processadores de fluxo (Stream Processors em inglês, SP), que efetua a maioria dos cálculos de pixels e de vertex (triângulos elementares),

Unidades de texturing (Texturing Memory Units en anglais, TMU), encarregado de tratar dos testes que serão aplicados em cada pixel;

Unidades Raster (ROPs) (Raster Operations Pipeline em inglês, ROPs), encarregados das ultimas operações dos pixels, como o anti-aliasing, mas também o blending e o Z-Buffer.

Os mais importantes são os processadores de fluxo: quanto maior é o número de processadores de fluxo mais o GPU será potente e a referência comercial da placa está ligada ao GPU.

A memória

Para permitir ao GPU armazenar seus cálculos, existe a memória. Ela varia em termos de quantidade: 1 Go são o standard para os preços mais acessíveis; 2 Go são o standard para os preços médios, high-end ou para as multi-GPU; 3Go são necessários para o "surround gaming" (multi telas), com a condição de ter um GPU com muita potência, e também em casos particulares (CAO, jogos)

Ela varia em tipo: G- DDR2, G-DDR3, G-DDR4 ou G-DDR5: quanto mais elevado o número, mais a memória será rápida. O tipo de relação é como aquele utilizado pela RAM do PC: pode-se ter um PC DDR2 e uma placa gráfica DDR5.

Sua frequência: quanto mais ela for elevada, mais a placa tem um bom desempenho.

O dispositivo memória

O dispositivo memória coloca em relação o GPU e a memória, para a troca de dados entre os dois. O tamanho deste bus/dispositivo é importante: ele pode ser de 64, 128, 256, 384 e 512 bits: quanto mais o bus/dispositivo for largo, mais a troca entre o GPU e a memória será rápida.

Uma placa de 256 bits é mais potente do que uma placa de 128 bits para um mesmo GPU.

O dispositivo gráfico

O dispositivo gráfico assegura a comunicação entre a placa gráfica e o resto do PC.

Atualmente com o PCI-Express X 16 v3.0, as versões precedentes 2.0 e 1.0 são compatíveis, somente o débito teórico máximo altera, sem influência prática percebível. Pode-se classificar as placas em função da sua referência comercial, veja o artigo escolher sua carta gráfica em função de sua referência.

Desempenho das placas gráficas

Para a leitura dos diferentes formatos de vídeos, a decodificação completa do formato na placa gráfica é o seguinte :


MPEG-2: todas as placas ATI série X 1000 e posteriores, todas as GeForce série 7000 e posteriores são capazes,
MPEG4/h.264 : todas as placas ATI série HD 2000 (salvo HD 2900) e posteriores, todas as GeForce série 8000 (salvo as antigas 8800) e posteriores são capazes,
VC-1 : todas as ATI HD 3000 e todas as GeForce série 9000 (a não ser 9600 GT) são capazes.
Le MPEG-2 concerne os DVD "standard", MPEG-4/h.264 e o VC-1 de Microsoft referem-se aos HD DVD e Blue Ray.

Conselhos antes de comprar sua placa gráfica

Atenção trata-se de um PC novo ou de uma atualização de seu PC já existente: as placas gráficas aqui recomendadas são destinadas a um PC novo. Se você deseja trocar a placa gráfica de um PC já existente, você vai se deparar com restrições de compatibilidade, principalmente de tamanho (confusão), de alimentação e de processador. É melhor consultar Atualizar seu PC.

Verifique:

Tamanho: ao contrário da ideia difundida, a quantidade de memória não é determinante, mas é o GPU que a determina. Por exemplo, uma GTX 460 768Mo tem mais performance do que uma GTS 450 1Go, mesmo com uma resolução de 1920 x 1200 e as filtragens ativadas.

Tipo: diferentes tipos de memória são às vezes propostas para o mesmo GPU: G-DDR2, G-DDR3 e algumas vezes G-DDR5. Por exemplo, para a GT 240, algumas tem de G-DDR5 de 1700Mhz (recomendada), mas outras tem G-DDR3 de 900Mhz, com menor desempenho; vê-se até mesmo versões de G-DDR2: fuja delas!

Em caso de escolha, entre a quantidade de memória e o tipo de memória, prefira sempre o tipo. É melhor 512Mo de GDDR3 do que 1Go de GDDR2, ou 512Mo de GDDR5 do que 1Go de GDDR3.

Trata-se de uma armadilha comercial clássica, pode-se pensar que uma GT 240 1Go GDDR3 será mais potente do que uma GT 240 512Mo DDR5, enquanto que é o contrário.

Atenção para não optar por uma placa muito potente para o seu PC. Seria uma despesa inútil, se sua placa gráfica for muito potente para seu CPU ou sua tela.

Para acertar na escolha de uma placa gráfica em função de seu processador, Core 2 Duo, Phenom II X4 ou Core i7, consulte o artigo: Limite na prática: influencia do CPU em um HD 5870.

Atenção às possibilidades anexas, se sua placa gráfica serve para outra coisa além do jogo</bold>.

Escolha de equipamentos para PC para a empresa ou multimídia

Atualmente, para uma utilização no escritório ou multimídia, é aconselhado ter uma placa mãe com chipset G43/G45 (chip gráfico GMA 4500MHD) ou com chipset GeForce 9300/9400 para CPU Intel, ou com chipset 780G/785G (chip gráfico HD 3200/ HD4200) para CPU AMD. Estes chips gráficos integrados são suficientes para o escritório, e decodificam todos os formatos de vídeos atuais. Veja suas performances comparadas: comparativo IGP

Mesmo que os IGP não sejam realmente previstos para este uso, se você jogar com jogos pouco exigentes ou antigos, como Counter Strike Source ou Quake Live, prefira as GeForce 9300/9400 ou HD 4200 (chipset 785G) .

Escolha de placas gráficas para PC de mesa para jogar

Em 2015, as placas gráficas mais interessantes do ponto de vista do desempenho são:

Para o primeiro preço: recomenda-se a placa R7 250X, que corresponde ao mínimo necessário para poder jogar; ou um pouco melhor a R7 260X que é a referência da AMD neste nível de custo; da marca Nvidia as GTX 750 / 750Ti GDDR5 são boas placar gráficas sem tomada PCI-E com 6 dentes;

Para o preço médio: da marca AMD, a R9 280X, ou na Nvidia a GTX 960 que apresentam uma excelente relação desempenho/custo.

Para as de preço mais elevado: na Nvidia, a MSI GTX 970 Gaming, perfeita para jogar em 3D em alta definição. E seu consumo é bem reduzido (cerca de 150W no carregamento); ou da AMD a Saphire R9 290 Tri-X.

Esta é uma seleção e não quer dizer que as outras placas gráficas são sem interesse, mas seja prudente na hora da compra face as armadilhas marketing!

Na Nvidia o lançamento da GTX 950 é um pouco um fracasso, pois ela foi baseada na sua irmã mais velha GTX 960, com unidades desativadas: ela é cerca de 20% mais barata, mas também com 15% menos desempenho comparada à GTX 960, que continua a ser, então, a recomendada para esta faixa de preço.

Na AMD as séries R7/ R9 200 não podem ser consideradas como são novas, pois muitas placas são variações das CG existentes anteriormente
Radeon R9 280X / 280 ~ HD 7970 / 7950
Radeon R9 270X / 270 ~ HD 7870
Radeon R7 260X ~ HD 7790
Radeon R7 250 ~ HD 8670 OEM, ou seja, um pouco menos potente que HD 7750

Quanto às "novas" da série 300, elas também são baseadas nas precedentes:
R7 360 2 Go ~ R7 260
R7 370 4 Go ~ HD 7850
R9 380 4 Go ~ R9 285
R9 390 8 Go ~ R9 290
R9 390X 8 Go ~ R9 290X

Escolha aquela que será menos cara ou propostas com os jogos.

Escolha de placas gráficas para os Laptops

Para um laptop, a escolha da placa gráfica é muito mais importante, do que para um PC de mesa porque, na quase totalidade dos casos, ela não muda. Somente alguns, com muita sorte tendo uma placa gráfica com o standard MXM, poderão trocá-la, com uma escolha bastante limitada de soluções, por causa da dimensão e da dissipação de calor. Assim, é importante não se enganar na hora da compra. E, ademais, é muito fácil de cair em armadilhas.

Em primeiro lugar, é bom saber que as referências das placas gráficas de Laptops são enganosas, e não correspondem jamais à sua versão para PC de mesa, essencialmente por razões de dissipação térmica, pois o espaço é muito pequeno.


Os testes comparativos, realizados pelas revistas especiazadas, mostram que o desempenho vem diminuindo para a placa gráfica nos computadores portáteis em relação à mesma referência de placa gráfica nos computadores de mesa: para as da ATI/AMD, a HD 7670M oferece um desempenho equivalente à uma HD 6670 de mesa, uma placa nada indicada para jogos, a HD 7870M é equivalente à HD 7770 de mesa e a HD 7970M, placa de alto custo, com o desempenho da HD 7850 de mesa, ou seja 33% de menos do que a HD 7970 de mesa.

Na nVidia, uma GT 640M é mais ou menos equivalente à uma GTS 450 de mesa, a GT650M é próxima da HD 7750 de mesa et a GTX 670M é equivalente à HD 7770 de mesa. Quanto à GTX 680M, com alto custo da Nvidia, é equivalente à HD 7970M e, assim, à HD 7850 de mesa, ela permite jogar com todos os jogos 3D, em tela cheia HD, mas apresenta, assim mesmo, uma perda de desempenho de 30% em relação à GTX 680 de mesa.


Um ponto importante a esclarecer, concerne a artimanha comercial da venda da memória (compartilhada ou não) que nada mais é do que uma armadilha, e que devemos ter cuidado para não cair, pois uma grande quantidade de memória dedicada ou compartilhada não fazem do GPU em material mais potente.


Para nossa grande felicidade, um site de testes regulares para a maioria das placas gráficas de PC portáteis, em uns trinta jogos, nos permite ter uma ideia do que comprar para evitar surpresas desagradáveis: [Escolha de placas gráficas para Laptops
Para um laptop, a escolha da placa gráfica é muito mais importante, que para um PC de mesa porque, na quase totalidade dos casos, ela não muda. Somente alguns com muita sorte tendo uma placa gráfica com o standard MXM poderão trocá-la, com uma escllha bastante limitada de soluções, por causa da dimensão e da dissipação de calor. Assim, é importante não se enganar na hora da compra. E, ademais, é muito fácil de cair em armadilhas.

Em primeiro lugar, é bom saber que as referências das placas gráficas de Laptops são enganosas, e não correspondem jamais à sua versão para PC de mesa, essencialmente por razões de dissipação térmica, pois o espaço é muito pequeno.


Os testes comparativos, realizados pelas revistas especialistas, mostram que o desempenho vem diminuindo para a placa gráfica nos computadores portáteis em relação à mesma referência de placa gráfica nos computadores de mesa: para as da ATI/AMD: a HD 7670M oferece um desempenho equivalente à uma HD 6670 de mesa, uma placa nada indicada para Gamer, a HD 7870M é equivalente à HD 7770 de mesa e a HD 7970M, placa com alto custo, o desempenho da HD 7850 de mesa, ou seja 33% de menos do que a HD 7970 de mesa.

Na nVidia, uma GT 640M é mais ou menos equivalente à uma GTS 450 de mesa, a GT650M é próxima da HD 7750 de mesa et a GTX 670M é equivalente à HD 7770 de mesa. Quanto à GTX 680M, com alto custo da Nvidia, equivalente à HD 7970M e, assim, à HD 7850 de mesa, ela permite jogar com todos os jogos 3D em tela cheia HD, mas apresenta, assim mesmo, uma perda de desempenho de 30% em relação à GTX 680 de mesa.


Um ponto importante a esclarecer concerne a artimanha comercial da memória (compartilhada ou não) que nada mais é do que uma armadilha e que devemos ter cuidado para não cair, pois uma grande quantidade de memória dedicada ou compartilhada não fazem do GPU em material mais potente.


Para nossa grande felicidade, um site de testes regulares para a maioria das placas gráficas de PC portáteis, em uns trinta jogos, nos permite ter uma ideia do que comprar para evitar surpresas desagradáveis: [Notebookcheck: testes com jogos]. É um site em inglês, porém, você certamente poderá compreender pois a linguagem é técnica. Consult-o antes de comprar seu computador. Você encontrará também neste site uma classificação de todas as placas gráficas de computadores portáteis: [Notebookcheck: Benchmark List]


Fica recomendado, assim: para uma utilização de escritório ou com uso para multimídias, um chipset do HD 3000/4000 (integradas nos CPU Sandy/Ivy Bridge mobiles), que permite jogar um pouco; para uma utilização orientada para o jogo, o mínimo se situa em torno da GT 840M da Nvidia. Se o seu orçamento permite é melhor escolher uma GTX 950M ou 960M, ou melhor ainda, a 970M.

Nota: os Laptops de preço médio são seguidamente propostos com um CPU potente associado à uma placa gráfica média, bem adaptados aos cálculos complexos e à CAO, eles são menos indicados para os jogos 3D. Por exemplo, na mesma faixa de preço o Asus N56VZ equipado de um i7 3630QM + GT 650M será perfeito para os cálculos complexos, mas menos para jogos que um complexes MSI GX60, equipado com um CPU A10-4600M + HD 7970M. Se o seu CPU é menos potente que os i7 (mas suficiente para jogar), sua placa gráfica, e vezes mais potente que a GT 650M, permitirá de jogar á qualquer jogo 3D, mesmo os mais exigentes em recursos dos equipamentos.


Para nossa grande felicidade, um site de testes regulares para a maioria das placas gráficas de PC portáteis, em uns trinta jogos, nos permite ter uma ideia do que comprar para evitar surpresas desagradáveis: Notebookcheck: testes com jogos. É um site em inglês, porém, você certamente poderá compreender pois a linguagem é técnica. Consulte-o antes de comprar seu computador. Você encontrará também neste site uma classificação de todas as placas gráficas de computadores portáteis: Notebookcheck : Benchmark List


Fica recomendado, assim: para uma utilização de escritório ou com uso para multimídias, um chipset do HD 3000/4000 (integradas nos CPU Sandy/Ivy Bridge mobiles), que permite jogar um pouco; para uma utilização orientada para o jogo, o mínimo se situa em torno da GT 840M da Nvidia. Se o seu orçamento permite, é melhor escolher uma GTX 950M ou 960M, ou melhor ainda, uma 970M.

Nota: os Laptops de preço médio são seguidamente propostos com um CPU potente associado à uma placa gráfica média, bem adaptados aos cálculos complexos e à CAO, eles são menos indicados para os jogos 3D. Por exemplo, na mesma faixa de preço o Asus N56VZ equipado de um i7 3630QM + GT 650M será perfeito para os cálculos complexos, mas menos para jogos que um complexo MSI GX60, equipado com um CPU A10-4600M + HD 7970M. Se o seu CPU é menos potente que os i7 (mas suficiente para jogar), sua placa gráfica, e vezes mais potente que a GT 650M, permitirá de jogar á qualquer jogo 3D, mesmo os mais exigentes em recursos dos equipamentos.

Placas gráficas profissionais: nVidia Quadro, ATI Fire GL

As placas gráficas profissionais são baseadas no mesmo GPU como placas gráficas de consumo para jogar, mas com uma diferença. O desempenho é otimizado para aplicativos 3D profissionais, muitas vezes em Open GL, através de drivers específicos. Por exemplo, uma Quadro 5000, com base no mesmo GTX 465, pode exibir 50% triângulos a mais do que uma GTX 480.

Pode-se comparar o desempenho de placas gráficas Pro, como a Quadro 5000, ou mais acessível, a FX 1800, em comparação com uma placa gráfica para jogos 3D, a GTX 480: com 3D Studio Max 2011, as Quadro FX 5000 e 1800, respectivamente, 11,2 e 10,1 dão imagens/s, contra 2,1 imagens/s para a GTX 480 na mesma cena, ou 5 vezes mais frames/s para as Quadro! Na Maya 2011, as diferenças são menos importantes, a Quadro FX 1800 dá 36,8 imagens/ e a GTX 480 e 31,3 imagens/s na mesma cena. Você poderá ler outro comparativo de cartas gráficas Pro, para aplicativos profissionais cotidianos (AutoCAD, SolidWorks, ...): aqui e aqui. Dependendo de seus aplicativos, jogos ou CAD/CAM, você não poderá escolher o mesmo tipo de placa gráfica, as placas serão diferentes se o uso for para o jogo ou para o CAO/DAO.

Veja também :
Este documento, intitulado « Escolher a placa gráfica para o seu PC (2015) »a partir de CCM (br.ccm.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.