Otimização de um disco do sistema SSD

Dezembro 2016



Otimização de um disco SSD no Windows


Prévia:

A instalação material não difere daquela de um disco clássico.
No que concerne o software, isto não é diferente de um disco bandeja mas três condições devem ser satisfeitas durante a instalação de um OS no disco SSD:
  • A porta SATA sobre a qual será conectado o SSD deve imperativamente ser aquele numerado « 0 » ou « 1 » no Bios da placa mãe e de preferência no controlador nativo (não é complicado, neste dia, é um controlador Intel ou AMD...).
  • A porta SATA deverá ser configurada em AHCI antes da instalação de Windows.
  • Esquecer os OS anteriores ao Vista. Exceto algum raro modelo de SSD especificamente estudado para Windows XP como os Kinston SSDNow V+100 Séries que tem por particularidade integrar Garbage Collection (GC), equivalente ao comando TRIM de w7 e 8 mas que se executa e maneira independente e automaticamente para conservar um nível de desempenho ótimo. Estes SSD são quase impossível de encontrar. É necessário então privilegiar Windows 7 ou 8.

Otimização do volume

  • Se você instalar o Windows em um volume SSD baixo (menos de 120/128 GB), é preferível armazenar dados e o maior número de softwares possível (por exemplo, jogos). Dedicado a um disco convencional.
  • Evite a todo custo encher o SSD e não exceda a taxa de ocupação de 60% do volume total. Exemplo: Se você possui um SSD 100 G0, não exceda 60 Go de volume utilizado. A razão que prevalece a esta regra é que você deixe o máximo de espaço para o controlador SSD possa distribuir da melhor forma os dados nos chips. Isto irá reduzir o desgaste dos chips de memória. Quanto mais mais espaço, mais ela será capaz de "transformar" as células livre / usadas alternadamente. Os fabricantes de SSD falam sobre "tournover" ou "fragmentação programada" da Intel.

Otimização das performances

  • Verificar que o comando TRIM é funcional (Windows 7, 8)
  • Não ultrapasse 60% de enchimento do volume útil (veja acima, isto interfere diretamente nas performances também)
  • Depois da instalação de Windows e dos drives, é necessário lançar o WEI (Windows Experiência Index), o índice de performance de Windows. Isto valida o suporte do SSD por Windows.
  • Placas mãe com chipset Intel (qualquer chipsets ICHxx a partir do P965 bem como os PCH das séries 5 e 6): Se as performances não são aquelas esperadas com os drives de base do Windows, instalar RST (Intel® Rapid Storage Technology)

Otimização da duração de vida

  • É simples. Para que um SSD viva muito tempo....é preciso utilizá-lo ! Seriamente, é preciso evitar ao máximo as escrituras inúteis que desgastam os chips de memórias.
  • Desativar a desfragmentação de Windows se ela não for já automática. Não se deve absolutamente desfragmentar um SSD. Este tipo de operação inflige um número impressionante de escrituras que serão as células. As performances de um SSD não são afetadas pela fragmentação dos arquivos como aquelas de um disco clássico, ao contrário: A fragmentação é benéfica, pois ela permite um desgaste uniforma das células é o controlador do SSD que gerencia tudo isto.
  • Desativar a indexação de todas as partições de um SSD (indexação não serve para nada em um SSD).
  • Nos parâmetros « Gestão de energia », proibir a hibernação dos discos (para o (s) SSD)
  • Mover a memória virtual para um outro disco pelos parâmetros sistema avançados (pagefile.sys)

Outras otimizações facultativas

  • O controlador da um SSD, é muito importante. Como todos os materiais, é impulsionado por um firmware, não hesite em atualizá-lo, se o fabricante do SSD oferecer uma versão mais recente do que o atual. A operação é feita imediatamente após a compra ou durante uma reinstalação do Windows, porque muitas vezes ela é destrutiva para dados e o sistema operacional (dependendo do modelo, nem sempre é o caso). As atualizações trazem melhoria geral no desempenho, na fiabilidade ou na correção dos bugs.
  • Desative o modo de espera ou de hibernação estendido se você costuma deixar o seu PC entrar em pausa sozinho, evite fechar inutilmente o SSD.
  • Se o seu PC tem menos de 4 GB de memória RAM instalada, você pode desativar Prefetch, Superfetch e arquivo de troca do SSD (em presença de um segundo disco convencional apenas).
  • Desativar a restauração do sistema para limitar o espaço que é alocado,esta última recomendação é a seguir se você não está com medo de perder dados em caso de um acidente, bloqueio, etc.


Artigo original publicado por Flo88
Tradução feita por Ana Spadari

Veja também :
Este documento, intitulado « Otimização de um disco do sistema SSD  »a partir de CCM (br.ccm.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.