Como controlar a sua identidade digital na web

Janeiro 2017

Como construir uma identidade digital na web ? Várias ações simples podem te ajudar a cuidar do posicionamento do seu nome nos motores de busca: um passo essencial para se apresentar vantajosamente especialmente no contexto da sua vida profissional, num momento onde cada vez mais recrutadores seguem o "name googling "para obter informações sobre candidatos. Veja algumas dicas para começar.


Aprender a gerenciar identidades digitais: para que?

Três algarismos significativos:


90% da pesquisa on-line passa hoje pelo Google, que é a melhor ferramenta para acompanhar as suas pesquisas e, consequentemente, onde é fundamental otimizar a sua presença e, principalmente, na primeira página de resultados.

O "nome googling" (procurar o nome de um candidato) é praticado por cerca de sete dos 10 empregadores. Este método de confrontação de informações ajuda a verificar as informações de um currículo e avaliar a influência de um candidato na sua área de conhecimento na web, se este critério é relevante em termos de competências profissionais.

Um estudo realizado nos Estados Unidos pela Jobvite, publicado em junho de 2012, mostra que quase nove em cada 10 recrutadores integram as redes sociais na busca de novos talentos (veja aqui).
Em algumas áreas, a presença no Google é um pré-requisito para os recrutadores: a web e a comunicação, é claro,mas também a consultoria, as altas tecnologias e o marketing.
Estar "ausente da web" pode chegar a ser uma desvantagem.

Identidade Digital: criar um ponto de referência no Google

O primeiro passo consiste em fazer um inventário de sua presença na web, assando pelo Google.
Veja o resultado de uma pesquisa usando o nome "Patrick Smith"
centre

Este revela vários informações importantes sobre esta consulta:

As consultas contidas em um nome de domínio geralmente aparecem primeiro nos resultados de pesquisa, na frente (não necessariamente na ordem) dos resultados do Wikipédia (se for o caso), os perfis das redes sociais (Twitter , Facebook, Google Plus) e os vídeos no Youtube.

A SERP (página de resultados de busca) do Google exibe uma seleção de imagens relacionadas com a consulta. Ela pode parecer em primeiro lugar ou misturado com os outros resultados.

Surgem várias questões:
O seu nome e as informações profissionais relacionadas estão visíveis na primeira página do Google?
As imagens/vídeos se destacam ? Se sim, eles são neutros, eles fornecem informações sobre o seu currículo e, em que posição eles estão?
Seu nome aparece em páginas sem interesse, do ponto de vista de valorização de sua carreira ?

Caso você tenha um nome muito comum

Se o seu sobrenome for muito comum, pode ser difícil se posicionar nos motores de busca.

Na medida em que o nome do domínio continua a ser um dos critérios mais importantes para o SEO, pode ser útil comprar o seu nome de domínio (www.sobrenome-nome.com.br) e, a partir dele:

Criar o seu próprio site/blog, usando sistema de gerenciamento de conteúdo se você não tiver noções sobre HMTL / CSS (ex: motor blog Wordpress). A vantagem deste dispositivo é que você salva, você mesmo, seu próprio nome de domínio em um registar e, pode então, fazê-lo evoluir como quiser (ex: migração).
Vincular o nome do domínio a um serviço pago (ex: o Blogger do Google, plataforma de hospedagem do CV DoYouBuzz), que permite usufruir rapidamente de um espaço adequado para realçar a sua carreira.

Selecionar boas redes sociais, personalizar seus URL

Com base no benchmark realizado, selecionar as redes sociais e sites mais pertinentes para desenvolver a sua identidade digital.

Cuidado, nem todas as plataformas são referenciadas da mesma forma. Algumas serão mais visíveis do que outras (ex: LinkedIn, Twitter)

Priorizar sites onde você estará ativo: em outras palavras, criar uma conta só por uma questão de indexação não é relevante. Especialmente por que as atualizações contam muito no posicionamento das páginas no Google.

Na mesma linha: criar seus perfis o mais rápido possível, para não ter que criá-los de repente para o posicionamento. Um novo perfil criado no Twitter tem poucos seguidores, o que também pode ser contraprodutivo.

Plataformas e sites sociais a priorizar:

LinkedIn

Viadeo

Plataformas de hospedagem de CV on-line: DoYouBuzz, MonCV.com, RemixJobs

Twitter, Facebook (página profissional ou de empresa)

Pinterest (para os profissionais que propõem portfólios "visuais").
Uma vez registrado, não se esqueça de personalizar os seus URLs para otimizar a indexação do seu perfil.

Blogs, profis sociais: ser regular para se posicionar bem

A regularidade das atualizações é um critério importante para posicionar um blog e/ou uma conta do Twitter no Google. Por isso, é importante animar tais contas regularmente, especialmente se elas estiverem ligadas a sua identidade real (na URL, o nome do perfil)

Separar seus conteúdos profissionais e pessoais criando vários perfis

Para não ser lesado no uso de redes sociais , crie vários perfis: um para uso pessoal (com pseudônimo), o outro para uso profissional, com sua identidade real. Esta é uma prática comum no Twitter, em particular, e pode delimitar claramente o uso de sua conta "visível".

Bloquear as configurações de privacidade de seus perfis sociais

Estas observações são particularmente importantes se você compartilhar fotos no Facebook ou a partir dos seus lbuns do Picasa, se eles estiverem ligados ao seu nome ou endereço de e-mail (nome.sobrenome@gmail.com).

Na verdade, as fotos marcadas com o seu nome ou associadas com o seu perfil da Picasa se destacam nas imagens do Google, se as suas contas não estiverem definidas corretamente.

Sobre esse assunto: Configurações de Privacidade no Facebook.

Enriquecer a sua identidade digital com realizações profissionais

Se você participou de grupos de trabalho ou fez apresentações profissionais ou publicou uma monografia/tese, por que não compartilhar esses conteúdos e/ou realizações na web?

A plataforma Slideshare permite o compartilhamento de publicações em formato PDF, que será bem referenciado pelo Google.

Excluir alguns perfis sociais

Você pode optar por remover algumas contas sociais bem posicionadas nos motores de busca, mas que podem ser úteis em termos de imagem.

Veja especialmente:
Excluir a sua conta do Facebook

Fazer pedidos de exclusão

Nada impede que você envie aos administradores de sites um pedido de remoção das referências pessoais que possam te atrapalhar.

Todos os sites propõem um "formulário de contato" para encontrar um interlocutor que queira fazer o que você pediu.

Para saber mais

Personal Branding: a marca é você !

Veja também

Artigo original publicado por . Tradução feita por pintuda. Última modificação: 17 de novembro de 2016 às 12:32 por pintuda.
Este documento, intitulado 'Como controlar a sua identidade digital na web', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.