GPS caminhada: planejar com segurança

Dezembro 2016


O GPS para caminhadas/passeios ao ar livre tornou-se o companheiro indispensável para passeios a pé, a cavalo ou de bicicleta ... Se a ferramenta deixa pouco espaço para a aventura e as incertezas, é necessário saber como usar e aprender sobre as opções com as quais poderemos contar.


Uso


Se o seu principal uso é não se perder, ele permite localizar algo precisamente no mapa vetorial (cerca de 5m), através da recepção de sinais satélite.

Antes, durante, depois ...


O princípio do GPS caminhadas é permitir:
  • Prepar sua viagem com antecedência, fazer o download de mapas na internet .
  • Seguir o itinerário, as informações durante o percurso (desníveis,distância à percorrer...) e registrar este último.
  • Restituir todas as informações de rastreamento relativas ao percurso completo (distância percorrida, velocidade média ...) e salvar.

As Opções e os critérios dispensáveis

  • Autonomia

Elemento determinante na escolha de um GPS á a vida da bateria. Quanto mais as caminhadas são longas, mais o GPS deve ser autônomo. A autonomia do GPS é variável (7 a 8 horas em média), até 12h e até mesmo 30h. Alguns funcionam com baterias dedicadas, outros com pilhas. Os modelos mais interessantes são aqueles que combinam os dois, com uma opção de modo de economia.
Prático, alguns modelos estão equipados com carregadores solares ou manuais (a bobina).
  • A qualidade da recepção

Nas altas montanhas ou em plena floresta, o GPS deve garantir as mesmas condições de recepção via satélite. A última geração de GPS é normalmente equipada com uma antena SIRF III que garante uma boa recepção, quaisquer que sejam as condições da caminhada.
  • Mapeamento

Sem o mapeamento, o GPS dá apenas os caminhos e os pontos de interesse. Básico, mas suficiente.
Para maior conforto, os mapas IGN (Instituto Geográfico Nacional) em escala de 25 mil são os melhores. Muito precisos, rapidamente percebemos que é melhor ter muita informação do que pouca!
  • O altímetro

Você deve saber que, como regra geral, um altímetro barométrico é muito mais preciso do que o GPS. É melhor que ele seja equipado, pois ele pode fornecer informações valiosas sobre elevações, as diferenças de temperatura ...
  • Impermeabilidade e resistência


Este é um código de dois dígitos IP seguido de dois números que dará o nível de vedação do dispositivo.
Um modelo IPX6 não é impermeável, mas resiste a pingos.
Um modelo IPX7 impermeável, suporta a imersão de um metro de água por 30 minutos.
Um modelo IPX8 suporta imersão permanente.
Referente à resistência notamos que os GPS dedicados às caminhadas são, naturalmente, mais fortes do que GPS os mistos.
  • Sistema way point


O sistema de "way point" é uma opção útil para salvar way points de passagem no itinerário e de balizar.
  • Capacidade de memória

Quantas cartas é possível baixar no GPS? É possível adicionar um cartão de memória externo SD? Dependendo da utilização a ser feita do GPS, estas questões são essenciais.

Entre outras opções, recomenda-se verificar se o dispositivo inclui uma bússola para assegurar a capacidade de utilização do dispositivo, a sua facilidade de uso e do tamanho da tela.
Artigo publicado por CCM
Tradução feita por Ana Spadari

Veja também :
Este documento, intitulado « GPS caminhada: planejar com segurança »a partir de CCM (br.ccm.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.