BÉPO: o teclado francês

Novembro 2016


Preâmbulo

O defeito dos teclados atuais


A disposição das teclas dos teclados atuais (QWERTY, QWERTZ e AZERTY ) proveem do legado das máquinas de escrever mecânicas. Suas teclas foram colocadas para evitar a sobreposição das barras de caracteres durante a datilografia.

Este probleminha mecânico não vem mais ao caso, assim sendo, seria bem mais conveniente imaginar um teclado mais lógico e eficiente.

O teclado Dvorak


Em 1936, August Dvorak foi o primeiro, com seu irmão William Dealay, a imaginar um teclado otimizado com base no conforto do usuário e na análise da frequência de uso dos caracteres.
Na verdade, as letras mais usadas são colocadas na linha de descanso (linha do meio)

O teclado BÉPO


O teclado BEPO é um teclado otimizado para digitar em francês e linguagens de programação em teclados de computador.

A organização das letras e símbolos é o resultado de um estudo estatístico e ergonômico, que tende a reduzir o movimento das mãos para digitar sem olhar (10 dedos, sem olhar para o teclado).

Clique na imagem para aumentá-la


Veja este vídeo e note a diferença de comportamento das mãos para um mesmo texto: à esquerda, um teclado QWERTY e, à direita, um teclado BÉPO.


O teclado BÉPO melhora várias coisas:
  • Ficar o máximo possível na linha de descanso,
  • Equilibrar o uso das duas mãos,
  • Não precisar ir para a linha de cima para digitar letras de uso cotidiano,
  • E muitos mais ...


Uso e aprendizagem

Uso


O teclado BÉPO está disponível em várias plataformas:
  • Android
  • GNU/Linux
  • Mac OS X
  • BSD
  • OpenIndiana
  • e Windows

Basta instalar o driver correspondente ao seu sistema e mudar a opção de teclado padrão.

Você dirá que, visualmente, você está se sentindo perdido, que as letras não estão no lugar certo: Como este teclado é projetado para uso às cegas, você não deve precisar olhar para o teclado mas, ainda assim, eu quero tranquilizá-lo, existem teclados BÉPO. Se, por enquanto, você não está a fim de investir em em um equipamento ainda relativamente caro, você pode encontrar placas adesivas para os teclados com 105 teclas, mais barato, se quiser ter uma indicação visual.

Há uma versão portátil dos drivers para transportar seu teclado em um pendrive, para qualquer lugar.
Os drivers estão sob uma licença livre.

Aprendizagem


Depois de configurar o teclado, você verá que as letras mais utilizadas estão ao alcance dos seus dedos, quando você está parado sobre o teclado e, que rapidamente você pode começar a digitar frases simples.
Obviamente, você não vai digitar 200 palavras por minuto imediatamente (recorde mundial de datilografia realizado em um teclado Dvorak americana- a versão em inglês do BÉPO), mas como no AZERTY, é preciso um período de adaptação para aprender. No entanto, a lógica da disposição das letras deve te ajudar a progredir muito mais rapidamente e, isso, de uma forma bem menos cansativa.

Existem softwares de aprendizagem e treinamento para Windows e GNU/Linux como o Type10, Klavaro ou ktouch, que te ajudarão a aprender, facilmente, essa nova forma de digitar.

Um projeto livre


O objetivo final do teclado BÉPO é, naturalmente, fazer desaparecer a disposição AZERTY, tarefa que não será muito fácil.

Hoje, esta disposição já começou a ser adotada, mas as buscas continuam, a fim de obter um teclado perfeito e, para isso, existe uma comunidade responsável pelo projeto.

Para mais informações e para a instalação deste teclado, acesse o site oficial do BÉPO

Agradecimentos à comunidade BÉPO pela permissão para utilizar suas imagens sob licença livre CC-BY-SA & GFDL
Tradução feita por Lucia Maurity y Nouira

Veja também :
Este documento, intitulado « BÉPO: o teclado francês  »a partir de CCM (br.ccm.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.