Virtualbox: instalação e exploração

Dezembro 2016


Muitos internautas gostariam de usar mais de um sistema operacional no computador, seja por curiosidade em conhecer outros sistemas ou seja pela necessidade.
Quando falamos em instalar outros sistemas operacionais no computador vários aspectos preocupantes surgem: temos que nos organizar, fazer Backup para evitar perda de arquivos, bate aquela preguiça de reiniciar e aquela espera chata e demorada que é aguardar pela instalação concluída. Sem falar nos problemas, que enfrentamos ao instalar sistemas em um HD particionado. Para diminuir o estresse provocado por esses problemas, existe uma alternativa intuitiva, simples e rápida.
Imagine instalar um sistema operacional dentro de outro como se fosse um computador dentro de outro? É muito confortável.
Abaixo vou mostrar como instalar e configurar facilmente a solução que se chama VirtualBox desenvolvida, originalmente, pela Innotek, com uma licença proprietária onde havia uma versão para uso e teste sem custos. E, para a alegria de todos nós, essa ferramenta foi comprada pela Sun Microsystems que posteriormente foi comprada pela Oracle que, como o Vmware Workstation, visa criar ambientes de instalação de sistemas distintos, dentro de outros sistemas operacionais de forma segura e rápida, tudo isso dessem custo.
Veja abaixo um rápido tutorial, o passo a passo para instalar o VirtualBox e logo em seguida instalar sistemas 32 e 64 Bits.

Baixando o VirtualBox


Para começar, temos que baixar o VirtualBox, devemos baixar o instalador oficial da Internet no site oficial, mantendo assim, uma medida de segurança contra Malwares.

Acesso


Clique no link: https://www.virtualbox.org/wiki/Downloads


Estando na página, selecione a versão do seu sistema operacional, por exemplo, nestepasso a passo, utilizaremos a versão Windows 64Bits. Para falar a verdade, o O instalador e o programa são multiplataformas, é, assim, desnecessário baixar um pacote 64 ou 32 Bits.

Vamos iniciar o Download do pacote. Clique no Link destacado em "Verde", como mostra a imagem acima. A parte destacada em "Amarelo" é a plataforma (sistema operacional) para qual o Download será iniciado.

Instalando o VirtualBox


Espere que o Download se conclua completamente. Após concluir, vamos iniciar a instalação e a configuração do VirtualBox. Acesse a pasta onde o arquivo foi baixado, clique com o botão direito do mouse sobre o arquivo e selecione a opção "Executar como administrador", como mostrado abaixo:


O assistente de instalação iniciará, na primeira tela clique em "Next".


Na segunda janela você pode selecionar os pacotes a serem instalados. Não mexemos nada aqui, pois não vamos remover nenhum e todos já estão marcados. Clique em "Next".


Deixe as duas opções marcadas, como mostrado na figura abaixo. A primeira opção cria um ícone na área de trabalho e a segunda opção cria um ícone na barra inicialização rápida.

Esta janela está avisando que durante a instalação, a sua conexão de internet poderá ser interrompida por alguns segundos, enquanto se faz a configuração dos pacotes e drivers de rede do Virtual Box. Selecione "Yes".

Você concluiu toda a configuração da instalação. Agora clique no botão "Install" para que o assistente possa iniciar a instalação do Virtual Box.

Aguarde enquanto que o assistente extraía e copie os arquivos para as pastas do programa, isso levará alguns minutos.


Durante a instalação o Windows identificará que o assistente está tentando instalar algum driver no sistema. Ele pedirá permissão para instalar. Isso ocorre umas 4 vezes, clique em "Instalar" em todas. Durante a instalação desses drivers a sua conexão poderá cair por alguns segundos.


Quando a instalação estiver concluída, o assistente exibirá um dialogo informando que a instalação foi concluída com êxito. Deixe a caixa "Start Oracle VM VirtualBox [versão] after installation" marcada para que, ao clicar em "Finish", o VirtualBox se abra automaticamente.

Criando máquina virtual no VirtualBox


Após a instalação teremos o acesso à interface principal do programa, nela poderemos criar e preparar novos espaços para a instalação de outros sistemas operacionais. Abaixo a primeira tela do VirtualBox.

Para criarmos a nossa máquina virtual é muito simples, basta clicar no botão "Novo" ou, então, podemos ir no menu "Maquina => Novo". Clique no botão "Novo" para abrir o assistente de criação.


Esta é a tela do assistente:

Por padrão, ao clicar em novo, o assistente já mostra o "tipo de sistema" "Microsoft Windows" e a "versão" "Windows XP", isso vária dependendo do sistema hospedeiro, ou seja, o sistema instalado no seu computador. Na caixa "Nome" (destacada em amarelo) digitamos o nome do sistema operacional a ser instalado na nossa maquina virtual. Digitando o assistente altera o "tipo" e a "versão" automaticamente. Por exemplo, se eu digitar "Ubuntu" ele muda o "tipo" para "Linux" e a "versão" para "Ubuntu". Como exemplo, vamos criar uma para o Windows 7, na caixa "Nome", digite "Windows 7" sem as aspas e confira se ele já altera a "versão" para Windows 7.

Clique em próximo. Nesta janela vamos selecionar o quanto de memória RAM a nossa máquina virtual poderá utilizar. Dependendo do sistema operacional que você selecionou anteriormente, o assistente já dá uma opinião da quantidade de memória RAM. Mas, é sempre bom usar metade da memória para cada máquina virtual. Por exemplo, se eu tiver 4Gb de memória RAM, eu seleciono 2Gb de memória para minha maquina virtual.

Depois de selecionar a quantidade de memória, clicamos em próximo.

O assistente agora vai perguntar se você deseja criar um disco rígido virtual. O disco vai servir para guardar os arquivos do sistema operacional instalado na máquina virtual, toda vez que criar uma máquina, será necessário criar um disco rígido virtual. Deixe a opção "Criar um disco rígido virtual agora" e clique em "Criar".


Estamos utilizando o VirtualBox, então deixe a primeira opção, na qual ele cria um disco rígido nativo do VirtualBox, próprio para o programa. Clique em próximo.


Agora vamos escolher se o tamanho do disco deve crescer conforme o uso ou se ele deve manter um tamanho fixo. Na opção "Dinamicamente alocado", o tamanho do disco cresce conforme o uso do mesmo. Na opção "Tamanho fixo", o tamanho do disco é fixo. Deixe a opção "Dinamicamente alocado", essa opção consome menos espaço em nosso HD hospedeiro. Clique em próximo.


O assistente já cria o nome do disco automaticamente, conforme o nome do sistema operacional. O botão, destacado em "vermelho", é utilizado para selecionar o local onde o disco será guardado, não vamos mexer. A área destacada em "azul" é utilizada para configurar o tamanho do disco. Coloque o tamanho em 30Gb. E por fim, clique em "Criar" para criar a máquina e sair do assistente, voltamos para a tela principal do VirtualBox.

Explorar Virtualbox


Após ter criado a máquina virtual, voltamos para a tela principal. Vamos explorar...


Nome da máquina virtual


A área destacada em amarelo é o local em todas as suas máquinas virtuais criadas serão listadas. Se criarmos outras máquinas, ela será listada nessa área.

Botão configurações


O botão configurações fica ativo ao selecionar uma das máquinas virtuais criadas na lista destacada em amarelo. Selecionamos a máquina e clicamos no botão "Configurações" para ver as configurações possíveis da máquina selecionada.

Botão iniciar


O botão "Iniciar" liga a máquina virtual selecionada na área amarela. Para iniciar a máquina virtual, selecionamos a que desejamos na área amarela e clicamos neste botão para iniciar.

Informações da máquina


Nesta área, são exibidas todas as informações e configurações da máquina virtual selecionada na área amarela.

Configurações de rede


Após criar a nossa máquina virtual, vamos fazer algumas configurações personalizadas para que o nosso sistema operacional a ser instalado na mesma, seja o mais estável e acessível possível. Selecione a máquina e clique em "Configurações".


Na janela de configurações, clique na opção "Rede" como destacado na imagem abaixo.


Na parte selecionada de azul, selecione a opção "Placa em modo Bridge"


Isso fará com que uma ponte seja criada na placa de rede e o sistema hospedeiro, facilitando a configuração da rede no sistema da máquina virtual e melhorando a troca de dados. Por fim, clique em OK para finalizar.

Iniciando a máquina pela primeira vez


Clique na máquina desejada e clique no botão "Iniciar" para iniciar a nossa máquina.

Durante a primeira inicialização da máquina virtual, as mensagens serão mostrada com informações, isso vária entre as maquinas e as configurações.

Ao clicarmos em "OK" temos que selecionar alguma mídia para dar Boot. No caso, você pode inserir o disco de instalação do Windows no drive de CD-ROM e selecionar na lista destacada em amarelo. Você também pode selecionar imagens ISO clicando no botão destacado em azul.

Depois de selecionarmos onde está o nosso disco, clicamos em "Iniciar" e então a nossa máquina virtual iniciará como um computador físico.


Em sistemas 64Bits é necessário, em algumas ocasiões, que a virtualização esteja ativada na BIOS do computador hospedeiro. Isso é tudo. Espero que tenha ajudado! Qualquer dúvida ou se precisar de ajuda, fiquem à vontade para vir aqui no fórum Kioskea!

Artigo original escrito por C0Y073 contribuinte Kioskea
Formatação e revisão Ana Spadari

Veja também :
Este documento, intitulado « Virtualbox: instalação e exploração »a partir de CCM (br.ccm.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.