Fim do windows XP: Passar para o Windows 7/8 ou para o Linux

Novembro 2016

A partir do próximo dia 8 de abril, o Windows XP não será mais atualizado.

Não haverá mais correções de vulnerabilidade de segurança, que ele ainda poderia conter e que poderia ser explorada por autores de malwares.

Como é altamente desaconselhado manter um sistema operacional que não tenha atualizações, é preferível que os detentores de Windows XP mudem para outro sistema.

Note-se que o risco de infecção também não aparecerá mais de um dia para o outro, desde o final do suporte do Windows XP, já que o risco é ponderado pelo grau de vulnerabilidade no Windows e no software do Windows (Internet Explorer, etc), que será publicado depois.
Você terão, então, algumas semanas ou meses disponíveis depois do fim do suporte para o Windows XP, onde o risco não será tão grande assim e te dará a possibilidade de continuar a usar o Windows XP.

As soluções

Trocar de máquina


Se você puder fazê-lo, compre um novo computador com um sistema operacional ainda acompanhado. Windows, Mac OS, Linux...
Agora, o seu PC antigo não será obrigatoriamente um desperdício e vamos propor mais adiante dar-lhe uma segunda vida.

Passar para o Windows 7 ou Windows 8


Se o seu hardware suporta isso e tem os drivers necessários, você pode pensar em comprar de uma licença do Windows e instalar em sua máquina este novo sistema operacional.
Lembre-se de fazer um backup de seus documentos antes de qualquer operação.

Links para conhecer as configurações necessárias:

Windows 7
Windows 8.1

Passar para outro sistema operacional


Além de Windows ou Mac, existe oLinux, acessível a todos, desde que aceitemos mudar alguns hábitos.

Escolher e Entender o Linux


Antes de tudo, devemos entender que o Linux não é o Windows. O artigo deste link é muito longo, completo e responde a muitas perguntas que foram feitas na web nos últimos anos. Você pode ler mais tarde se, por enquanto, você só quiser ter uma ideia, lendo a continuação desta dica.

A vantagem, além de ser gratuito, é que a maioria das distribuições GNU/Linux podem ser testadas sem precisarem ser instaladas na máquina.

Isso é menos eficiente do que uma instalação real, então, não leve em conta a velocidade de reação, porém, isso ajudará a ter uma ideia do ponto de vista estético e prático.

Para isso, basta baixar as distribuições selecionadas, gravá-las ou colocá-las em um pendrive inicializável e iniciar a partir do mesmo. Isto é o que chamamos de um Live CD (para um disco) ou um Live-USB, para um pendrive.

Consulte esta dica

Escolha de uma distribuição Linux


Isto pode depender da configuração de hardware do seu PC rodando no Windows XP, mas existe uma grande variedade disponível.
Leia esta pasta: Escolher uma distribuição Linux
Alguns exemplos:
  • Emmabuntus
  • Mageia
  • Xubuntu
  • Ubuntu

Diferenças, vantagens e desvantagens

A instalação do software


Para ter uma ideia, leia lire esta dica

No Windows a instalação de um software é feita assim:
1 - Procurar o site com um motor de busca para download.
2 - Ir para o site de download.
3 - Clicar no link.
4 - Verificar (ou fazer verificar) o download pelo antivírus.
5 - Lançar o executável.
6 - Responder aos pedidos de instalação.
7-Reiniciar o sistema, se necessário.

No Linux (Ubuntu):
1 - Lançamento da biblioteca de softwares.
2 - Buscar o software (por nome ou por tema).
3 - Clicar em instalação.
4 - O software foi instalado e seu atalho armazenado no menu.

Atualização dos drivers/pilotos


No Windows, você pode percorrer a tela em busca de drivers relacionados ao seu hardware. Isso pode ser tedioso e você deverá fazer para cada dispositivo do seu equipamento. Em seguida, baixá-los e instalá-los.

No Ubuntu (por exemplo), quando novos drivers aparecem, uma atualização do núcleo é proposta, automaticamente, e você só precisará aceitar a mesma.

Uso de um antivírus


Embora seja aconselhável instalar um antivírus em um sistema Linux, para combater possíveis transferências de arquivos infectados para máquinas rodando no Windows, isso não é indispensável (E-mail, anexos, imagens, etc).
Na verdade, existem poucos vírus no Linux e as chances de pegá-los são baixas e todas os vírus do Windows são ineficazes neste sistema operacional.

Desvantagens


Muitos jogos não funcionam no Linux (embora existam soluções como o Wine), mas se o seu computador for o XP, também é possível que muitos jogos recentes não rodem em sua configuração.

Alguns softwares "proprietários", como o Photoshop, Illustrator não funcionam, mas existem alternativas gratuitas.

Mais uma vez, se você for um profissional, você pode optar por uma mudança de máquina.

Se você quiser mudar para um sistema GNU/Linux, recomendamos que peçam conselhos ao fórum do Linux antes de começar, para obter respostas personalizadas.

Tradução feita por Lucia Maurity y Nouira

Veja também :
Este documento, intitulado « Fim do windows XP: Passar para o Windows 7/8 ou para o Linux »a partir de CCM (br.ccm.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.