Utilizar uma chave USB / pendrive no Linux

Maio 2017



Utilizar uma chave USB / pendrive no Linux


Montagem automática em função das diferentes das diferentes distribuições


Os passos a seguir para o reconhecimento de uma chave USB / pendrive no Linux é simples.

Mandriva


Mandriva/Mandrake detecta automaticamente a chaves e cria um ícone « Chave USB » na área de trabalho pelo qual pode-se acessar o arquivo da dita chave.
Para excluir você deve fazer um clique como o botão direito do mouse para desmontar e hop!, ele é excluído. O caminho padrão da montagem das chaves é /mnt/removível.

Fedora Core


Para Fedora Core, é similar.

Debian


Para Debian (e seus derivados), com a área de trabalho, o pacote gnome-volume-manager permite também detectar, montar e colocar um ícone na área de trabalho automaticamente.

Manualmente


Em todos os casos, sempre é possível montar a chave « como antigamente », graças as linha de comando :
  • Criar o diretório com : # mkdir /mnt/chave Nota : Verificar que você utilizou as ferramentas para gerenciar as portas USB (paquet usbutils), se a chave é reconhecida o comando seguinte reenvia uma linha com a marca de sua chave:
    $ lsusb 
  • Montar a chave: mount -t vfat /dev/sda1 /mnt/cle Nota : (para fat 32 é claro) se sda1 não funciona, tente sda, sdb ou sdb1. Uma visita ao diretório /dev permite ver aqueles que existem no seu sistema. /dev/sda1 pode que seja criada somente quando ela estiver conectada.
  • Para montar a chave facilmente, basta adicionar uma linha no fstab em root.
    • # vim /etc/fstab 
      (ou outro editor que lhe agrade mais ;o) )
  • Adicionar uma linha que concerne a chave USB. Por exemplo:
    • /dev/sda1 /mnt/cle vfat no auto,users,noexec,rw, uid=1000,gid=1000 0 0
      • rw : permite ler /escrever
      • noexec : trocar no exe por ex se quisermos autorizar as execuções.
      • users : permite autorizar um usuário a montar este dispositivo.
      • uid e gid : dá direitos complementares a utilizar 1000 (minha conta pessoal no meu caso )
      • Depois de digitar: $ mount /mnt/cle

Advertência


Em todos os casos, não esqueça jamais de desmontar sua chave antes de tirá-la do sistema, sob pena de estragá-la se tem uma transferência de dados).


Tradução feita por Ana Spadari

Veja também

Artigo original publicado por . Tradução feita por ninha25. Última modificação: 7 de março de 2011 às 07:32 por ninha25.
Este documento, intitulado 'Utilizar uma chave USB / pendrive no Linux', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.