Escolha uma rede social adaptada ao seu negócio

Dezembro 2016

Qual a rede social mais adequada para desenvolver a presença online de seus negócios e interagir com os clientes? Antes de fazer a sua escolha, é preciso definir objetivos específicos, identificar os recursos disponíveis e conhecer as características de cada canal.


Definir uma estratégia de "mídia social"

Desenvolver a presença da sua empresa e/ou marca nas redes sociais e selecionar os canais apropriados. Para isso, é preciso definir objetivos de comunicação e marketing específicos: desenvolver sua marca (e-business), abrir um canal de relacionamento com os clientes, gerar o tráfego para o seu site, etc. Identificar os meios à sua disposição: financeiro (para a implementação de campanhas pagas) e de tempo (de posição e/ou tempo disponível por dia). Na realidade, a gestão das redes sociais requer tempo gasto no acompanhamento, na moderação e até na análise estatística do conteúdo compartilhado (indicadores chave de desempenho). Definir o seu público, seu alvo, ou seja, idade, sexo, região geográfica, categoria socioprofissional, os usuários móveis, etc. Entender a cultura "própria" de cada rede social, uma abordagem única não é adequada para todas as redes sociais. Algumas requerem mais capacidade de resposta do que outras. Estes critérios orientam a escolha das redes sociais adequadas as suas necessidades de comunicação e restrições operacionais. Em uma abordagem mais qualitativa, para estar presente nos canais certos, é fundamental identificar as diferenças entre as principais redes sociais.

Características das principais redes sociais

Facebook

A criação de uma página no Facebook apresenta um interesse para os lugares e lojas locais, empresas, organizações e instituições, marcas e a promoção de seus produtos, assim como para os editores de sites. Para ser realmente eficaz, a presença no Facebook é feita a longo prazo e requer animação regular. É preciso dedicar tempo para a seleção de conteúdos interessantes (fotos e vídeos) que promovam a interação com seus clientes e recrutamento de fãs. A animação de uma página também requer tempo para moderar os comentários postados e responder aos assinantes. Isto pode representar várias horas por semana.

Vantagens:
A rede social é ideal para o compartilhamento de conteúdos relacionados com o universo da marca (brand content) e seus produtos, além de ser um abertura às empresas de diversos setores, contanto que o ramo de atividade da empresa seja suficientemente atraente. Não é necessariamente relevante estar presente no Facebook se vendemos um produto e/ou solução dirigido para profissionais. Não podemos esquecer que o Facebook é uma grande comunidade de usuários (> um bilhão). Existem várias ferramentas de animação (publicações de programação, eventos de criação, etc) e de publicidade pagas (alargar o âmbito das publicações específicas) e de direcionamento. Outra grande vantagem é o compartilhamento de diferentes mídias, tais como imagens, vídeo e texto. E, para completar, é bastante consultado no celular.

Desvantagens
O alcance orgânico das publicações (audiência atingida gratuitamente ou "reach") está em declínio há vários anos. Em média, apenas 5 % dos assinantes de uma Página veem aparecer uma publicação compartilhada no seu feed de notícias. Além disso, as contribuições dos usuários também tendem a diminuir (a baixa da atividade é estimada em 6%, de acordo com um estudo de Índice Global Web de abril de 2014, (aqui) .

Para aprofundar seus conhecimentos à respeito, leia as dicas abaixo listadas:
Adicionar aplicativos e gerenciar abas na Página do Facebook
Facebook, utilizar os aplicativos para os seus negócios

Twitter

O Twitter é a rede social "do Instante e da conversa pessoal em tempo real". Ele é ideal para um uso contínuo e se destina às empresas que desejam dialogar diretamente com seus assinantes, que publicam atualizações todos os dias (artigos, novidades, promoções, etc) e que são muito ativas. O Twitter é usado para atender os problemas dos clientes e, portanto, pode ser usado como um serviço ao cliente adicional.

Vantagens:
Simples de usar, contanto que aprenda a sua "gramática" (RT, hashtag , etc.). Comunicações instantâneas e espontâneas com os assinantes. Capacidade de identificar e responder às questões dos clientes rapidamente.

Desvantagens:
Animação diária imposta (duas a três vezes por dia) para um impacto significativo. Requer monitoramento constante ou frequente. Maior representação de empresas inovadoras, de entretenimento e do setor de alta tecnologia.

Google Plus

O Google Plus usa recursos do Facebook e do Twitter e oferece várias ferramentas para que as empresas se comuniquem: Página da empresa, criação de "comunidades temáticas", ferramenta de videoconferência (Hangouts e On Air para divulgar vídeos públicos ao vivo através de um canal do YouTube). O seu uso é muito importante para as empresas locais, editores de blogs, sites ou empresas que produzam conteúdos através de seus próprios autores. Na verdade, o sistema "Google Authorship" associado a ele, pode identificar os autores de artigos em resultados da pesquisa do Google, valorizando o conteúdo que eles escrevem.

Vantagens:
Uma página do Google Plus está conectada ao Google Search e Google Maps, então, criar uma página é suficiente para melhorar a visibilidade do seu negócio em serviços do Google. Para as empresas locais (lojas), devido à capacidade de responder a comentários e opiniões deixadas pelos clientes, de grande visibilidade no Google, o que permite um maior controle de sua reputação online. O diálogo com outras páginas e com usuários do Google Plus é facilitado, graças a um funcionamento entre o Twitter e o Facebook. Existem comunidades temáticas muito ativas em determinadas áreas (ex: fotografia e gastronomia). Possibilidade de segmentar sua audiência para endereçar mensagens dirigidas (uso de círculos). A Página Google Plus pode ser considerada como um verdadeiro blog, na medida em que os textos publicados são muito bem referenciados. Para completar, ele é mais aberto ao B2B do que o Facebook (mais grande público).

Desvantagens:
Requer tempo e estratégia dedicada (e diferenciada do Facebook) para um impacto significativo a médio e longo prazo na rede.

As redes sociais voltadas para a imagem

Instagram

Baseadas em um aplicativo de compartilhamento de fotos, as redes sociais estão se tornando cada vez mais importantes, principalmente para os jovens. De acordo com seu diretor de operações, Jim Squires, o Instagram quer ultrapassar o Twitter em número de usuários ativos. O aplicativo móvel reúne hoje 200 milhões de usuários ativos mensais e visa um bilhão de membros nos próximos anos. Para uma empresa, a presença no Instagram é feita, inicialmente, em torno da imagem. Os assinantes têm acesso às imagens compartilhadas pela conta da empresa, diretamente em seus feeds de notícias. Eles podem comentá-las ou curti-las, mas não podem compartilhá-las. Para atrair o máximo de gente, a interação é facilitada com o uso de hashtags. Para ter uma conta do Instagram ativa e seguida, você deve postar imagens suficientemente interessantes para os assinantes, seguindo um ritmo regular de publicação. As imagens devem ser postadas pelo aplicativo móvel, de preferência a partir de uma conta dedicada. A interação com os assinantes também é fundamental. Isso pode representar algumas horas de trabalho por semana.


Vantagens:
Trata-se de uma rede social apreciada pelos jovens de 18 a 35 anos, que a utilizam em seu smartphone, e o número de usuários não para de aumentar. Os feeds de imagens da conta da empresa podem ser integrados em um website ou em uma página do Facebook. Também é possível agregar as imagens propostas pelos usuários da rede social, incentivando-os a publicá-las com uma hashtag definido. As fotos postadas podem ser compartilhadas por seu autor no Facebook, Twitter ou Foursquare. As hashtags facilitam a busca dos usuários graças às palavras-chave. As páginas de "perfil" podem ser visualizadas na Internet, mesmo offline. O aplicativo destaca os conteúdos aclamados.

Desvantagens:
O post das imagens é feito, obrigatoriamente, pelo celular. A interação com as imagens é muito limitada para os usuários sem dispositivos móveis. É preciso selecionar um conteúdo interessante em termos de imagens. O compartilhamento de links (ex: um website) só fica ativo quando você posta uma imagem.

Para saber mais, leia como Usar o Instagram na sua empresa.

Pinterest

O Pinterest incentiva o compartilhamento de conteúdos visuais (cartazes, fotografias, desenhos) em quadros de exibição virtuais. Vários quadros virtuais (chamadas de "boards") podem ser criados, para reunir as imagens de temas específicos. Quadros e imagens podem ser comentados, acompanhados e compartilhados pelos usuários da rede. Para uma empresa, o Pinterest pode ser interessante quando as imagens podem ser compartilhada, assim como os gráficos e as tabelas. Os links para o site da empresa são clicáveis. Na hora de fixar uma imagem, recomenda-se introduzir uma descrição e tags. Isso facilita o seu SEO nos motores de busca e a interação com outros usuários. Para a empresa, esta é uma fonte adicional de tráfego para um site e a possibilidade de uma maior visibilidade quando as imagens podem ser destacadas.


Vantagens:
O Pinterest propõe contas "Pinterest for Business", dedicadas às empresas. Estas contas também oferecem botões adicionais para facilitar a ligação entre o site da empresa e a conta do Pinterest. Os usuários do Pinterest não precisam ser cadastrados à conta da empresa para ver as imagens exibidas. Os conteúdos são variados e não apenas limitados, e gráficos e tabelas também podem ser compartilhados. As imagens oferecidas em outras tabelas de usuários também podem ser fixados nas tabelas da conta da empresa.

Desvantagens:
As imagens propostas no Pinterest não são necessariamente livres de copyright e não podem ser usadas em outra situação (ex: ilustrar o site da empresa). As imagens originais publicadas pela empresa também podem ser usadas por outros usuários, para fins pessoais. Um acompanhamento regular é necessário para compartilhar conteúdos interessantes para os assinantes.

Saiba mais sobre como Descobrir e utilizar Pinterest em seus negócios.

As redes sociais profissionais

LinkedIn

A rede social profissional LinkedIn tem 350 milhões de membros no mundo inteiro. Trata-se de uma plataforma essencial para o emprego online (recrutamento e candidaturas). A rede social também é importante como um apoio para as relações entre profissionais (B2B). A presença da empresa pode ser melhorada pela criação de uma página dedicada no LinkedIn. Todas as empresas podem criar esse tipo de página, gratuitamente. Vários eixos podem ser relevantes para a empresa:
Melhorar o SEO da marca ocupando um espaço adicional nos resultados da pesquisa,
Promover os serviços, produtos e know-how da empresa junto aos profissionais,
Facilitar a relação com futuros clientes ou candidatos,
Destacar uma experiência especial sobre um tópico.

Vantagens:
A rede social é propícia para a troca de informações "corporate" sobre a empresa. Os profissionais da empresa podem se impor como especialistas em um campo particular em um grupo de discussão, por exemplo. Esta é uma vantagem a mais em termos de SEO para os suportes da marca. As campanhas publicitárias podem ser direcionadas para o público alvo. O LinkedIn ajuda a fortalecer o relacionamento com clientes, futuros e atuais, ou candidatos.

Desvantagens:
Para um impacto significativo, a página da empresa deve ser animada regularmente. Este é um suporte pouco adaptado ao grande público, recomendado para empresas que desejam reforçar a sua presença no B2B.

Leia também Criar e animar uma página de negócios no Linkedin e
Publicar um artigo no LinkedIn com o Pulse

Viadeo

O https://secure.viadeo.com/pt/signin Viadeo é a primeira rede social profissional francesa. Desde julho de 2012, ele se propõe, assim como o seu concorrente LinkedIn, a criar páginas de empresas gratuitas. Da mesma forma que o LinkedIn, a empresa pode expor o seu know-how, suas referências, seus produtos ou serviços em um espaço próprio. Este é um suporte dedicado, principalmente, às relações B2B. A estratégia é semelhante à adoptada para a criação de uma página do LinkedIn. Isso permite que a marca ocupe um espaço adicional no resultado de buscas e transmita as notícias relacionadas com a empresa ou com o setor de atividade.

Vantagens:
Impacto positivo sobre o SEO para a empresa. Vitrine adicional para a estratégia digital da marca. E, acesso aos espaços de discussão onde os profissionais podem se impor como especialistas.

Desvantagens:
Um impacto menor do que o LinkedIn com a comunidade profissional. A animação de uma página corporativa requer ações regulares.

Leia também como Utilizar as redes sociais para a sua estratégia B2B

Veja também :
Este documento, intitulado « Escolha uma rede social adaptada ao seu negócio »a partir de CCM (br.ccm.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.