Como escolher ferramentas de monitoramento na internet?

Novembro 2016

Estabelecer um programa de monitoramento é estabelecer um sistema de coleta e processamento de informações sobre um tópico específico.
Um sistema de monitoramento pode ter várias implicações para uma empresa: estratégia, concorrência, acompanhamento das tendências ou e-reputação ...
Para ele ser eficaz, deve ser bem pensado e utilizar ferramentas apropriadas.


As implicações do sistema de monitoramento de informações na internet


O monitoramento de informações é uma prática que se tornou essencial para os agentes econômicos e as partes interessadas na web. Suas implicações, bem como os meios empregados, são dependentes dos objetivos à atingir.

Vários tipos de alertas podem ser identificados pela empresa:

O alerta estratégico


Trata-se da observação do ambiente tecnológico, técnico e econômico da empresa. Esta abordagem holística deve ajudar o desenvolvimento da empresa.
Ele também permite uma melhor reatividade da empresa face ao perigo ou a mudança.
A proliferação de ferramentas torna este alerta mais acessível para as pequenas empresas.

O alerta tecnológica, ou alerta digital


O monitoramento tecnológica pode ser um aspecto da inteligência da empresa. Mas de acordo com o negócio da empresa ou profissional, também se pode falar de tempo de espera digital. Centra-se, neste caso, em novos métodos ou novas soluções desenvolvidas em um ambiente profissional particular.
Para as empresas, isso significa, constantemente, estar na escuta de novos padrões, novas práticas e novas ferramentas.

A Inteligência Competitiva


A Inteligência Competitiva consiste no monitoramento das atividades dos concorrentes.
Os objetivos são múltiplos: manter uma inspiração se mantendo atento ao que está acontecendo em outros lugares, monitorar os erros de forma a não repetir o mesmo, ouvir o mercado, monitorando os pontos fortes e fracos dos concorrentes ...

Monitoramento e e-reputação


É para ficar de olho no que está sendo dito sobre a empresa ou seus serviços em toda a web. Também conhecido como o alerta da opinião, ou a imagem de espera. Com o advento da Web 2.0 e da crescente influência da mídia social, este monitoramento assume uma nova dimensão para os profissionais.

Ter sucesso no monitoramento: quais são as melhores práticas?


Para ser eficaz, um monitoramento deve ser regular. Mas também deve seguir outros objetivos, inclusive quando o monitoramento não for a principal tarefa do profissional.

Definir o ritmo do monitoramento


Dependendo dos objetivos do monitoramento, uma ferramenta de verificação é necessária duas vezes por semana, ou uma vez por dia, quando o assunto exigir.

Determinar um quadro e um limite de tempo


A implementação de ferramentas dedicadas para automatizar parte do monitoramento. No entanto, ela requer um tratamento regular.
Um quadro para a recuperação de informação, e um limite de tempo permite se restringir à um monitoramento eficaz.

Analisar as informações


O monitoramento é proativo: ele implica também uma análise da informação recebida.
Depois de decodificada, e os dados analisados, esta informação pode ser disseminada dentro da empresa, ou transmitida internamente entre serviços afins.

Questionar suas ferramentas


A grande variedade de ferramentas também exige uma interrogação constante. Uma ferramenta obsoleta que usa alguns fluxos ativos, por exemplo, não oferece resultados conclusivos para o monitoramento.
Um controle eficaz deve também considerar as novas fontes de informação ou redes emergentes.

Adaptar suas ferramentas aos seus objetivos


Com a Web 2.0, tem surgido novas ferramentas e novas práticas. O monitoramento é agora privativo. É também facilitado por ferramentas específicas. Algumas ferramentas são pagas, outras gratuitas.

Alguns exemplos de ferramentas gratuitas que podem ajudar a organizar seu monitoramento.

Agregadores RSS


Um RSS (Really Simple Syndication) contém atualizações para um site. Ele contém a informação importante: o título da informação, uma breve descrição e um link para ler.
Um monitoramento pode ser organizado considerando vários feeds de RSS. É possível se cadastrar no site, mas também usar um agregador online. Esta solução é recomendada para consultar diversos feeds RSS em uma única interface.

Para saber mais: Uso dos fluxos RSS para a empresa

Alguns exemplos de agregadores:

Redes Sociais


As redes sociais podem ser uma mina de informações. No entanto, é necessário identificar quais as redes podem ser uma fonte de informação útil.

Este é, particularmente, o caso do Twitter, uma rede muito ativa. Para conduzir monitoramento eficaz, recomenda-se:
  • /faq/29282-comment-identifier-et-suivre-les-influenceurs-sur-le-web De detectar as influências «Sentinelas»] para monitorar também os temas específicos e identificar as principais tendências,
  • Identificar as palavras-chave (hashtags) de referência e organizar seu monitoramento em torno destes temas.

Uma ferramenta como Tweetdeck permite uma curadoria regular de tweets que contenham uma determinada palavra-chave.

Ferramentas de curadoria


Algumas soluções permitem a agregação de páginas da web relacionadas a um tópico na mesma interface. Este é o caso, por exemplo, de Scoop.it. Os conteúdos são fornecidos por uma predefinição de foco. Eles podem, então, ser fixado na interface, de modo a criar um conjunto de conteúdo relevante.
Para saber mais sobre Scoop.it, e leia também A escolha de uma ferramenta de auditoria web.

Motores de busca


Alguns motores de busca fornecem alertas automáticos. Este é o caso do Alertas do Google. Quando um resultado correspondente à palavras-chave, gravada, aparece nas notícias, grupos ou blogs, um alerta via um e-mail.

Mais informações Alertas do Google e Criar alertas personalizados

Veja também :
Este documento, intitulado « Como escolher ferramentas de monitoramento na internet? »a partir de CCM (br.ccm.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.