Como criar um canal no YouTube

Março 2017

Criar um canal no YouTube é uma ótima escolha para se comunicar. Primeiro, por que o poder de alcance mensal da rede social de vídeo é de mais de um bilhão de usuários. Os clientes gostam de vídeo, assim como os motores de busca, incluindo o Google (a empresa mãe) que sempre posiciona bem os vídeos nos resultados de Pesquisa. Para criar um canal no YouTube, é preciso abrir uma conta no Google.


YouTube

O YouTube é uma plataforma de hospedagem de vídeos, que foi comprada pelo Google em 2006, na qual os usuários podem visualizar e compartilhar sequências de vídeo.
O princípio dos canais permite que os usuários do site, particulares e profissionais, reúnam vídeos que eles publicarão em um único perfil público. A cada mês, o YouTube é visitado por mais de um bilhão de usuários e 80% do tráfego é gerado fora dos Estados Unidos. Milhões de internautas se cadastram em seus canais, todos os dias. Este número, ainda em progressão, triplicou desde 2013.

Por que criar um canal no YouTube

Criar um canal no YouTube contribui muito para que os profissionais melhorarem a sua comunicação.

Ser visível

Se um canal do YouTube pertencer a um poderoso motor de busca, entre os primeiros do mundo, ele ganhará muito mais em termos de visibilidade. Estando bem referenciado e com conteúdos de qualidade, o canal do YouTube pode aumentar o número de visitas em um site parceiro.

Animar uma comunidade

Um canal no YouTube permite, como todas as redes sociais existentes, criar uma comunidade em torno da empresa.

Propor conteúdos de qualidade

Na Web, os vídeos são reconhecidos como conteúdos dinâmicos, originais e de qualidade. Muitas vezes compartilhados em redes sociais como o Facebook e o Twitter, eles têm um alcance muito maior do que um artigo de blog ou uma simples foto.

Apresentar produtos

No e-commerce, em particular, os vídeos têm um impacto maior. Demonstração, vídeos de apresentação ou de solução de problemas podem até aumentar as vendas, já que eles fornecem informações úteis.

Recrutar funcionários

O canal do YouTube também pode ser usado com o objetivo de recrutamento e de emprego, ao criar uma playlist dedicada. Os vídeos postados podem dar informações sobre carreiras e empregos dentro da empresa.

Como criar um canal no YouTube

Pré-requisito

Para criar um canal no YouTube, é preciso ter uma conta do Google. Os usuários que ainda não possuem uma conta podem fazê-lo sem problemas (leia a dica Criar um endereço Gmail)
Recomenda-se ter elementos de conteúdo antes de criar um canal no YouTube; de acordo com a importância dada ao futuro canal, ter de 5 a 10 vídeos para postar já é um bom começo. Possuir elementos gráficos, como um logotipo, uma foto de perfil (com 800 x 800 pixels, de preferência) também faz parte dos pré-requisitos para a criação de um canal no YouTube.

Passos a seguir

O primeiro passo para a criação de um canal do YouTube é ir na página "Todas os meus canais", estando conectado à conta do Google. Você pode escolher entre a criação de um novo canal ou a criação de um canal ligado a uma página do Google+ existente.

Para criar um novo canal:
Algumas informações são para indicar o nome do canal e sua categoria (produto ou marca, empresa, instituição ou organização, artes, entretenimento ou esportes ou outros). O nome do canal é muito importante, pois aparecerá no link de URL. Um nome curto, fácil de lembrar, é mais eficaz. Outras informações devem ser preenchidas como a descrição do canal. Logo nas primeiras frases que aparecem no Youtube, é aconselhável identificar as informações mais importantes. Além disso, recomenda-se uma descrição precisa com palavras-chave relevantes.

Para um canal com link com uma página do Google+ existente:
Basta indicar essa escolha para o YouTube e seguir as instruções. A sincronização do canal e da conta do Google+ será feita automaticamente.

Texto de apresentação:
O Sobre é usado para apresentar o canal, sua finalidade e seu editor (você). Este é o espaço ideal para apresentar a sua empresa, criar um link para o seu site e suas redes sociais profissionais.

Organização visual:
A ilustração do canal: a ilustração do canal é essencial para a aparência do mesmo. Ela deve ser escolhida para se adaptar a esse formato particular, muito longo (como no Facebook) e com boa definição em tamanho 2.560 x1.440. Peso máximo de 2 MB. Leia esta dica para saber mais: Criar uma ilustração de canal.
O ícone do canal: ele sempre mostra o ícone utilizado no Google+.

Organizar seu conteúdo:
Baixar um vídeo: baixar um vídeo no YouTube é relativamente simples. É preciso definir o nível de privacidade (vídeo público ou privado) e escolher o arquivo no seu computador. Nem todos os formatos de vídeo são aceitos, ou seja, o MOV, o MPEG4, o AVI, o WMV, o MPEGPS, o FLV, o 3GPP e o WebM são permitidos. Para os outros, é possível converter com as ferramentas de solução de problemas do Youtube. Você pode baixar vídeos vindos da webcam, dispositivos móveis, mas não de áudio ou imagens, a não ser se os associarmos a um formato compatível com o Youtube. Você pode adicionar tags para alterar a aparência dos vídeos.
Criar uma playlist: criar uma playlist permite que você organize o seu canal e arrume seus vídeos por tema, data, etc. Basta criá-la, dando-lhe um nome e selecionando os vídeos correspondentes. Saiba que você também pode introduzir vídeos de outros usuários no seu canal.

Os canais:
O seu canal pode ser inscrito em outros canais, que aparecerão na guia Canais, caso você decida fazer suas inscrições públicas (não é obrigado).
Como em uma rede social, se inscrever em outros canais permite criar uma ligação com os outros membros e mostrar seus centros de interesses.

Os vídeos com mais de 15 minutos:
O Youtube pode te solicitar um número de telefone para poder baixar vídeos com mais de 15 minutos, veja como fazê-lo.

Fontes

Dicas para criar um canal no YouTube

Veja também

Artigo original publicado por . Tradução feita por pintuda.
Este documento, intitulado 'Como criar um canal no YouTube', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.