Como deixar seu site Mobile-friendly

Dezembro 2016

O número de usuários da Internet que se conecta a partir de um dispositivo móvel é cada vez maior. Para proporcionar uma boa experiência de navegação, os sites devem ser "mobile-friendly". Esta não é a única razão, desde abril de 2015, o Google também implantou um critério importante de SEO. Esta compatibilidade móvel passa por diferentes critérios e várias soluções técnicas permitem adotá-los.


O que é um website "mobile-friendly?"

O termo "mobile-friendly" se aplica a sites que são legíveis e acessíveis nos dispositivos móveis, tipo smartphone ou tablets. São sites que proporcionam uma boa experiência de navegação para os usuários de dispositivos móveis.

O Google define o "mobile-friendly" a partir de vários critérios. De acordo com a empresa norte-americana, são sites que evitam um conteúdo incompatível do tipo "flash",
que oferecem um texto legível e acessível sem precisar usar o zoom, que exibem um conteúdo sob medida para o tamanho da tela, sem rolagem horizontal (da direita para a esquerda ou da esquerda para a direita), que propõem links suficientemente grandes e espaçados para que os internautas possam clicar sem erro. Fonte

É possível adotar várias técnicas para reproduzir um vídeo na versão móvel: declinar um subdomínio do site na versão móvel, para o qual o internauta será dirigido, instalar um Design sensível que se adapte ao tipo de dispositivo móvel e atualizar o CMS (Joomla, Wordpress, etc).

A compatibilidade com os celulares também responde à questões dos editores de sites. O objetivo é seguir os novos hábitos dos usuários e verificar a evolução do SEO.

"Mobile-friendly" e as implicações para os editores de sites

Responder aos novos hábitos dos internautas

Os clientes preferem um acesso nômade. O conteúdo proposto deve ser adequado às expectativas dos usuários móveis e aos seus novos hábitos de leitura. Hoje em dia, o internauta está ativo 24 horas por dia, diariamente. É bem provável que ele faça compras online, ou consulte um site especializado, durante uma viagem de ônibus, ou antes de dormir, com um smartphone ou tablet.

Como satisfazer o internauta: favorecer uma boa ergonomia móvel, ou seja, o tamanho do conteúdo, o tamanho da fonte, a janela de exibição, etc. Evitar os conteúdos poluentes tipo pop-up.

Favorecer uma boa classificação nos resultados de busca do Google

Desde o dia 21 de abril de 2015, o Google mudou seu algoritmo. O motor de busca quer dar mais visibilidade aos sites compatíveis com a versão móvel, acessados a partir de um dispositivo móvel. O problema é que o Google também anunciou que os sites que não são "mobile-friendly" poderão ser afetados, negativamente, em seu SEO.

Esta é uma grande evolução para o motor de busca. Com esta atualização, a empresa californiana pretende forçar os editores de sites pessoais e profissionais a declinarem a sua plataforma em versões móveis, melhorar o posicionamento nos resultados de busca para os sites considerados "mobile-friendly" e indicar um site compatível com dispositivos móveis junto aos usuários (indicação "site móvel").

O termo mobilegeddon foi mencionado por profissionais de SEO. Depois de alguns dias da implementação deste novo algoritmo, o SEO de alguns sites sofreu um certo impacto. O Google Webmaster Tools propõe uma ferramenta online para testar a compatibilidade de um site móvel. Leia Seu site é compatível com os dispositivos móveis? para saber mais.

Como passar um site para a versão móvel

O site móvel

Trata-se de um site específico, onde a ergonomia para uma navegação a partir de um suporte móvel é estudada. De um modo geral, o URL é precedido por um "m.".

Vantagens: a ergonomia da interface para a navegação móvel é específica e o conteúdo pode ser original para usuários móveis, ao contrário da versão "desktop": produtos, catálogo, etc.

Desvantagens: o desenvolvimento de um novo site envolve custos adicionais para a empresa, sem contar com a previsão de eventuais evoluções na resolução da tela (ex: a resolução de tela dos phablets). Isso exige novas ações de SEO para posicionar o site móvel dentro dos resultados de busca móvel. Qualquer conteúdo copiado da versão "desktop" pode resultar em uma penalidade por parte do Google.

O responsive design

O responsive design utiliza as propriedades do CSS 3 (consultas de mídia) para adaptar a exibição da página conforme à resolução da tela. As colunas e as imagens são ajustadas e redimensionadas, automaticamente, de acordo com a resolução do suporte móvel.

Vantagens: a estrutura e o conteúdo do site são parecidos com a versão "desktop", os URLs são os mesmos, o que evita a duplicação dos conteúdos e o custo de desenvolvimento é menor do que um site móvel dedicado.

Desvantagens: as grandes imagens (pesadas) podem deixar a navegação muito lenta. A exibição móvel deve ser verificada e reformulada para evitar qualquer erro de ajustamento (imagens grandes que exigem uma rolagem horizontal, caminho de navegação para a internet complicado, etc). Saiba mais sobre o Responsive design aqui

Sistemas de gerenciamento de conteúdo

Os sistemas de gerenciamento de conteúdo incorporam a versão móvel em suas últimas atualizações, (a partir da versão 3 do Wordpress, de acordo com o tema escolhido). O download e a instalação de uma extensão dedicada também podem permitir uma adaptação do site móvel. A compatibilidade pode ser verificada através das ferramentas do Google para webmasters.

Se você pretende adaptar o seu site de acordo com o CMS, leia Wordpress, Joomla, Drupal
Magento e Prestashop.

Leia mais

Você poderá aprofundar esse assunto lendo SEO: critérios do Google e SEO de um site móvel

Imagem © Fotolia.com - Grudig

Veja também :
Este documento, intitulado « Como deixar seu site Mobile-friendly »a partir de CCM (br.ccm.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.