Como aplicar ou utilizar a economia colaborativa na empresa

Agosto 2017

Ao mesmo tempo que a economia colaborativa se baseia na troca de serviços entre particulares, ela é a fonte de muitas oportunidades para as empresas. Assim, os princípios da ajuda mútua da economia de compartilhamento (ou sharing economy) podem ser utilizados no mundo profissional, com o apoio de aplicativos móveis ou plataformas online.


Para economizar tempo e dinheiro e consolidar a sua rede, é preciso focar nos benefícios de entrada da economia colaborativa para a empresa e em alguns exemplos de aplicativos de compartilhamento entre profissionais.

A economia colaborativa

Troca, ajuda mútua, etc. Na prática, a economia colaborativa ou de compartilhamento sempre existiu. No contexto econômico atual, a tendência a sempre ganhar está se desenvolvendo cada vez mais e é aplicável em diversas áreas, como o comércio de serviços, aluguel de apartamentos ou aparelhos domésticos, carpooling (compartilhamento do carro), etc. A explicação é o fato da relação entre os indivíduos ser facilitada pela Web e pelos aplicativos móveis.

Na empresa, a economia colaborativa pode ser abordada sob diferentes ângulos. Os proprietários das Pequenas e Médias Empresas podem implementar sistemas de troca de serviços para seus empregados, ou para eles mesmos. Por sua vez, os trabalhadores independentes e artesãos podem se cadastrar em plataformas onde podem se relacionar com particulares.

Por que introduzir a economia colaborativa na empresa

Economizar tempo

A grande vantagem do compartilhamento é a economia de tempo, que responde, rapidamente, às necessidades específicas, geralmente sem precisar se deslocar. Ao usar um aplicativo móvel ou um site dedicado, é possível encontrar um carro, uma babá para seus filhos, ou até novos clientes, em poucos cliques. Na empresa, esta economia de tempo é particularmente significativa para realizar múltiplas tarefas.

Aumentar sua rede profissional

Apelar para os serviços de compartilhamento também permite conhecer outros profissionais, principalmente no contexto de coworking e de utilização de escritório compartilhado. As oportunidades são inúmeras: trocar ideias, construir projetos com as pessoas certas, criar empregos e descobrir tendências e inovações.

Diversificar e aumentar o volume de negócios

Entrar em contato com outros profissionais de outras áreas, ou usar uma plataforma de matchmaking Web (colocar em contato) com vantagens bem concretas, como, encontrar novos clientes através de um novo canal, tornar-se visível na Web e promover a sua empresa, utilizando canais de comunicações adicionais e obter financiamentos.

Alguns exemplos

Coworking ou escritórios inteligentes

A economia colaborativa também se reflete no compartilhamento de escritórios em um mesmo espaço. As pequenas empresas ou trabalhadores independentes podem alugar um espaço e uma estação de trabalho em uma área dedicada, reunindo outros empreendedores.

Ex.: ProOffice

Crowdfunding ou financiamento coletivo

O interesse do Crowdfunding é obter o financiamento de um projeto com a ajuda de uma comunidade de internautas. Este sistema permite a comunicação antecipada e o apoio de bases sólidas, antes do lançamento de um produto ou de um serviço. Para a empresa, isso também permite economizar recursos.

O relacionamento com os clientes

Esta é uma aplicação particularmente útil de economia colaborativa para trabalhadores independentes e artesãos, que desejam aparecer mais na web e ficar em contato com os clientes.
Foto: © Pixabay.

Veja também

Artigo original publicado por jak58. Tradução feita por ninha25. Última modificação: 7 de novembro de 2016 às 12:29 por pintuda.
Este documento, intitulado 'Como aplicar ou utilizar a economia colaborativa na empresa ', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.