Como gravar em um volume NTFS no OS X 10.8 (Mountain Lion), sem outros softwares

Dezembro 2016


Introdução

Esta dica mostra como é possível gravar em um volume no formato NTFS em um Mac rodando no OS X 10.8 (Mountain Lion), sem precisar usar outro software. As soluções para Mac OS 10.6 e 10.9 ou superior, são diferentes (veja no final da página). Por volume entende-se uma partição, um disco rígido inteiro ou um pen drive.

Procedimento

Para poder gravar em um volume NTFS no Mountain Lion sem precisar usar outro software, proceda da seguinte maneira:

Antes de tudo, certifique-se de não ter qualquer outro software para gravar em volumes NTFS instalado, mesmo em versão de teste, como o Paragon NTFS para Mac, Tuxera NTFS-3G, etc.

Em seguida, inicie o aplicativo Terminal, que se encontra em "Aplicativos/Utilitários".
No aplicativo Terminal, cole o seguinte comando:
sudo nano /etc/fstab



Confirme.

Observação: ao ser solicitado, dê a senha e confirme (não dá para ver a senha enquanto você a digita, é normal).
Agora, um novo arquivo fstab foi criado no diretório /private/etc, além do arquivo fstab.hd, que já existia, mas sem objeto.

Observação para o resto das operações:
Obviamente, o termo "nome_do_volume" deve sempre ser substituído pelo nome exato do seu volume formatado em NTFS. No meu exemplo, usei o termo TOSHIBA1GO que é o nome do meu disco rígido.

Na janela do editor nano que aparece no Terminal, digite:
LABEL=nome_do_volume none ntfs rw,auto,nobrowse
(você deverá substituir nome_do_volume pelo nome exato do seu disco rígido).




Em seguida, combine as teclas Ctrl+X para fechar o editor nano e Y para confirmar o backup.



Depois, pressione a tecla Enter para confirmar tudo.



Com isso, o volume "nome_do_volume" desaparecerá do desktop. Você deverá montá-lo e, para isso:

Digite no Terminal: open /Volumes/nome_do_volume, para um acesso direto.
Ou mais simplesmente: open /volumes



Depois de digitar este comando no Terminal, uma janela se abrirá e mostrará todos os volumes disponíveis, para que você vá no volume em questão. Mas, antes disso, para não precisar mais repetir esta operação quando a janela com os volumes aparecer:

Digite-o a partir do seu título Volumes e arraste-o para a seção dos favoritos da barra lateral do Finder.
Assim, depois da reinicialização do Mac, não será mais necessário iniciar o Terminal para acessar este volume.



ou



Para voltar atrás (caso você decida usar outra software para isso), você deverá ir na pasta e excluir o arquivo fstab. Para acessá-lo, vá no menu Ir do Finder para Ir/Ir para a pasta...<bold> e digitando: <bold>/private/etc na janela que aparece.



Arquivo a ser excluído para voltar atrás (ao instalar um software como o Paragon NTFS for Mac, por exemplo).



Observação para as versões Mac OS X 10.6 e OS X 10.9 ou superiores

Em soluções gratuitas:
Para utilizar um volume NTFS a partir do sistema OS X 10.9, podemos usar o Mounty NTFS http://enjoygineering.com/mounty/.
No Mac X OS 10.6, só existe o NTFS Mounter

Em solução paga, para todas as versões a partir do Mac OS X 10.5, existe o excelente Paragon NTFS para Mac
Tradução feita por Lucia Maurity y Nouira

Veja também :
Este documento, intitulado « Como gravar em um volume NTFS no OS X 10.8 (Mountain Lion), sem outros softwares »a partir de CCM (br.ccm.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.