Controlar o sistema do arquivo de troca (Swap) no Windows 10

Novembro 2016

Todo sistema operacional requer uma memória virtual. Esta memória virtual é a combinação da memória RAM e dos arquivos de troca no disco convencional (Swap). A memória RAM é usada, em primeiro lugar, por todos os arquivos de troca. Se esta memória RAM for muito pequena, o Windows também usará o disco rígido para ajudar.

O Windows 10 usa um arquivo chamado pagefil.sys (invisível para o usuário) para armazenar esses arquivos de troca em swap (permuta) no disco rígido. Em caso de hibernação, esse arquivo é amplamente usado para permitir um arranque rápido. O Windows também pode te alertar sobre a falta de memória virtual. E, se você não puder adicionar mais memória RAM, você poderá, como recurso, aumentar o tamanho do arquivo de troca (ou "pagefil.sys").

Para fazer isso no Windows 10, abra o Gerenciador de Arquivos, clique com o botão direito do mouse em Este PC e clique em Propriedades. Feito isso, selecione a aba Configurações avançadas do sistema e em Desempenho, clique em Configurações. Na nova janela de Opções de desempenho, selecione a aba Avançado, clique em Memória Virtual e em Editar.

Durante a primeira configuração do novo sistema, a gestão de troca de arquivos é automaticamente suportada pelo Windows 10 (caixa assinalada) até este nível. Consequentemente, o swap (arquivo de troca) está no disco C (onde o Windows está instalado). Você pode personalizar essa gestão, desmarcando o Gerenciamento automático do swap para os leitores. Assim, tanto podemos ajustar o tamanho deste arquivo de troca, quanto podemos deportá-lo para outra partição, inteiramente dedicada para isso (que chamaremos de Swap).

Por que usar apenas uma partição para o arquivo de troca? Porque isso impede que o sistema tenha que ler e escrever na mesma partição C e, consequentemente, economize tempo. No entanto, evite usar um disco SSD para isso, pois isso poderia afetar a longevidade desse SSD.

Como mover o arquivo de troca
Para começar, selecione a partição certa e escolha um tamanho gerenciado pelo sistema ou um tamanho personalizado. Clique em Set (Configurar), valide com o OK e reinicie o computador.

Como desativar o arquivo de troca
Selecione a partição do Windows (normalmente é o C), escolha a opção Nenhum arquivo de troca e clique em Set (Configurar), depois valide com OK e reinicie o computador.

Tamanho personalizado do arquivo de troca
A ideia é a de limitar o tamanho do arquivo de troca para que ele não se torne muito grande, apesar dele ser limitado pelo tamanho da partição dedicada (caso você o tenha deslocado).
Limite máximo do tamanho:
De um modo geral, limita-se à 1,5 ou 2 vezes, o tamanho do arquivo de troca em relação à memória RAM. Assim, com 4 GB de RAM, o limite desse arquivo de troca será de 4.096 MB (1024 x 4 x 1), ou 6.144 MB (1024 x 4 x 1,5). Com 8 GB de RAM (ou mais) é possível desabilitar o arquivo de troca, a menos que você use o modo de hibernação. Temos, assim, o nosso limite máximo de tamanho: 1 x RAM (ou x 1,5).
Limite mínimo de tamanho:
Para o tamanho mínimo você poderá colocar o atribuído atualmente, a não ser que ele seja menos importante do que o tamanho recomendado. Neste caso, ele será do tamanho recomendado (o que é muito pouco provável).

Observação importante: É imperativo desativar o arquivo de troca em um SSD a fim de limitar os acessos desnecessários e perigosos para esse tipo de hardware.

Veja também :
Este documento, intitulado « Controlar o sistema do arquivo de troca (Swap) no Windows 10 »a partir de CCM (br.ccm.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.