Manter e reparar OS X 10.11 El Capitan e versões posteriores

Dezembro 2016

Desde a versão OS X 10.11, a reparação das permissões é feita automaticamente durante o arranque do Mac; por conseguinte, esta função não existe mais no Utilitário de Disco no OS El Capitan ou em versões posteriores. Veja esta página sobre o assunto. Se você precisar reparar o disco no OS X 10.11, você deverá inicializar a partir da partição de resgate mantendo pressionadas as teclas Cmd e R durante toda a fase de arranque, até o aparecimento da janela dos Utilitários do OS X. Esta partição de resgate fica oculta em modo normal. Ao clicar no botão SOS a partir da janela do Utilitário de Disco, você terá 2 tipos de reparo. Veja mais detalhes sobre o Utilitário de Disco no Mac OS X 10.11 nesta página.


Observação: a partir do OS X 10.8, o sistema não se chama mais Mac OS X, mas OS X. As partições de resgate existem no Mac OS desde o Mac OS X 10.7 e são criadas durante a instalação do Mac OS X ou do OS X em discos em branco ou naqueles em que existe uma versão anterior ao Mac OS X 10.7. Mas se esse disco já contém mais de uma partição, a partição de resgate não será criada no disco rígido. Você deverá usar o método Fsck –fy depois de um arranque em modo de simples usuário. Para isso, consulte esta dica.

Manutenção básica

Rotinas de limpeza regulares, chamadas de Daily, Weekly, Monthly (Diariamente, Semanalmente ou Mensalmente), são programadas por padrão no modo automático em determinadas horas. Se estas rotinas de manutenção não puderam ser feitas nos horários previstos (Mac em repouso ou desligado), elas serão feitas automaticamente no arranque do Mac. Portanto, não precisamos mais nos preocuparmos com essas tarefas. Para mais informações, consulte estas páginas da Apple:
Página da Apple sobre as rotinas de manutenção
Assistente rápido de manutenção do Mac

Também podemos nos contentar em fazer uma limpeza de vez em quando, a cada duas semanas ou uma vez por mês, ou seja, com um utilitário que fará outras operações de limpeza, como esvaziar o cache, limpar o histórico, etc. Com o Onyx, por exemplo, que pode ser baixado aqui.

Observação: certifique-se de ter a versão apropriada.

Quando a imagem de disco estiver na pasta de Downloads, a subimos com um clique duplo e colocamos o aplicativo na pasta Aplicativos. Depois disso, a imagem do disco pode ser ejetada e descartada. Para usar o Onyx, feche todos os aplicativos em curso e inicie o Onyx. Deixe-o analisar o estado SMART do disco rígido (SMART é um diagnóstico do estado mecânico) e verificar a estrutura do volume (para prevenir se o sistema precisa ser reparado além da limpeza). Em seguida, digite a senha de administrador quando solicitado. Leia e feche a nota de informações importantes (no menu Onyx/Preferências/Mensagens e Histórico, você pode desativar a abertura desta janela na inicialização do Onyx). Clique no botão Automation e marque todas as caixas, exceto a Exibir o conteúdo das pastas, para não alterar as preferências de apresentação das janelas de pastas. Você poderá, eventualmente, não marcar a caixa relacionada com a reconstrução do índice do Spotlight. Para terminar, clique em Executar e reinicie o Mac. Depois da primeira reinicialização, durante o começo do uso, o Mac poderá parecer menos reativo, é normal. Se a reconstrução do índice de busca pelo Spotlight foi iniciada, esta pesquisa não ficará operacional imediatamente. Você deverá esperar que este índice seja completamente reconstruído, o que pode levar uma hora ou mais, dependendo do conteúdo do disco.

Observação: nunca instale o MacKeeper.

O procedimento de reparação

Desligue o Mac e, se necessário, force-o a desligar pressionando o botão ON/OFF durante vários segundos. Desligue todos os dispositivos externos, exceto o teclado e o mouse. Pressione, simultaneamente, as teclas Cmd e R e inicie o Mac mantendo as mesmas pressionadas até que a janela dos Utilitários OS X apareça.

Observação: em alguns casos de falha do sistema, pode acontecer que, mesmo iniciando o Mac com as 2 teclas Cmd e R pressionadas, não possamos inicializar a partir da partição de resgate. Neste caso, eu consegui resolver este problema fazendo uma reinicialização do disco SMC de gestão do Mac, cujo procedimento depende do modelo do Mac; para isso, consulte esta página. E, fazendo uma reinicialização das memórias Pram e Nvram desligando o Mac e pressionando, simultaneamente, as 4 teclas P + R + Alt + Cmd, por alguns segundos, reinicializando o Mac, sempre mantendo as 4 teclas pressionadas e deixando passar 4 vezes o som do arranque, antes de soltá-las.

Inicialização do Utilitário de Disco

Quando a janela Utilitários OS X aparecer, inicie o Utilitário de Disco. Feito isso, você obterá uma janela que mostra o seu e todos os discos internos na coluna da esquerda, com suas respectivas partições. Na extrema esquerda, aparecem os suportes físicos e, logo abaixo, um pouco deslocadas, vemos as partições (volumes lógicos) incluídas neles.

O botão SOS depois de selecionar o disco físico

Clique em SOS e confirme com o botão Executar para iniciar a reparação de eventuais erros básicos (o particionamento, o esquema de partição, a presença de uma partição de resgate etc). Esta reparação básica é muito rápida.

O botão SOS depois de selecionar a partição

Clique em SOS e confirme com o botão Executar para reparar erros de arquivos da partição selecionada. Esta é a principal reparação a ser feita em caso de problemas. Esta reparação é mais demorada do que a básica citada acima, porque ela analisa todo o sistema de arquivos. Se, depois desta reparação, o sistema indicar que elas foram feitas, repita a operação para que o relatório indique que o disco Parece estar em bom estado:


Depois dessas operações, feche o Utilitário de Disco, feche os Utilitários OS X e reinicie o Mac.

Veja também :
Este documento, intitulado « Manter e reparar OS X 10.11 El Capitan e versões posteriores »a partir de CCM (br.ccm.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.