A retrodifusão do "Mail Delivery System"

Dezembro 2016


Mail Delivery System são e-mails enviados pelo servidor de mensagens (servidor SMTP) para o endereço do remetente, quando algo impede a entrega do e-mail ao destinatário. Os motivos para tal problema são diversos e geralmente especificados no corpo da mensagem. Entre os possíveis motivos estão:

A caixa de correio do destinatário está cheia: User is over quota (a cota do usuário acabou).
O endereço do remetente está incorreto: User unknown in relay recipient table (usuário desconhecido como destinatário).
Endereço do destinatário incorreto: Host or domain name not found (alojador ou nome de domínio não encontrado).
Não envia nem recebe: o servidor SMTP ou o remetente se recusou a enviar ou receber o e-mail (lista negra).

Neste dica, serão explicados os erros do “Mail Delivery System”, no caso de receber de dez a cem erros por dia. Isso acontece quando os hackers usam o seu endereço de e-mail para enviar mensagens de spams ou códigos maliciosos.

Saiba que o endereço do remetente não garante que o e-mail foi enviado pelo remetente. Assim como na vida de todos os dias, você pode receber uma mensagem escrita por uma pessoa que se faz passar por outra, assinando com o seu nome. A página E-mail: fontes e cabeçalhos do envelope e da mensagem (em francês) do site “malekal.com” mostra isso (veja a imagem abaixo):


Se spammers ou hackers enviarem e-mails para seus contatos ou usuários desconhecidos da internet com o nome de seu remetente, o servidor de correio enviará mensagens de erro “Mail Delivery System” para o seu e-mail. Trata-se de um fenômeno chamado de Retrodifusão.

Infelizmente, neste caso em especial, se a sua conta tiver sido hackeada, você não poderá bloquear o envio de e-mails e, consequentemente, os erros “Mail Delivery System” continuarão chegando em sua caixa até que a campanha de spam seja encerrada. No entanto, você pode criar uma regra de e-mail para mover automaticamente as mensagens “Mail Delivery System” para uma pasta específica, evitando o acúmulo de e-mails em sua caixa de entrada. Esta operação difere de acordo com o tipo de serviço Webmail utilizado ou do cliente de e-mail.

O protocolo Policy Framework foi projetado em 2014 para permitir a verificação do remetente para limitar essas práticas dos spammers. É claro que a sua conta de e-mail, especialmente no caso de webmail (Hotmail, Gmail, etc.) pode ter sido hackeada e usada para enviar e-mails. Geralmente, esses e-mails aparecem na pasta dos elementos enviados.

No caso de um roubo de conta de e-mail, recomendamos que você altere a sua senha e faça uma análise com o Malwarebytes Anti-Malware do seu computador. Se você quiser verificar o seu computador para detectar uma possível infecção, você pode executar uma análise FRST e enviar os relatórios pelo pjjoint e criar uma discussão no Fórum de Segurança/Vírus.

Veja também

Artigo original publicado por . Tradução feita por ninha25. Última modificação: 29 de abril de 2016 às 13:35 por pintuda.
Este documento, intitulado 'A retrodifusão do "Mail Delivery System"', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.