Métodos de gestão de energia da CPU

Novembro 2016

ATENÇÃO!
Existem riscos e limites que não devem ser ultrapassados, você agirá com conhecimento de causa. Você é responsável por qualquer uso indevido do seu hardware. Os valores dados são um exemplo, cada processador é único e requer parâmetros específicos.



Detalhe dos modos

O overclocking consiste em executar um processador a uma velocidade superior àquela que o fabricante recomenda como adequada para um bom funcionamento. Esta prática leva a uma maior necessidade de energia e, portanto, mais tensão e mais calor. Para satisfazer esta necessidade, as placas-mãe compatíveis oferecem vários modos, frequentemente na categoria Overclocking ou Tweaker do BIOS ou software, que influenciarão uma gestão de tensão diferente de cada um. A quê eles correspondem e que valores entrar? Esta dica vai explicar como usá-los, já que muitas vezes temos medo de mexer por medo de danificar um componente, o que é normal. Mas isso pode ser útil!

Saiba que a denominação das linhas varia de uma placa-mãe para outra. Consulte o manual ou peça esclarecimentos em caso de dúvida!

Modo Automático

O modo automático é o modo padrão da placa-mãe. É ela mesma que atribui uma tensão em função das características do processador. Esta tensão varia de acordo com a frequência de utilização do mesmo, prolongará a vida útil do processador e economizará energia, porque ao trabalhar menos, ele gastará menos! Então, se você aumentar a velocidade da sua CPU, ela vai, automaticamente, corrigir a tensão. No entanto, a tensão é superestimada na maioria dos casos para impedir eventuais telas azuis.

Modo Manual

O manual é o modo mais estável. É também o primeiro a ser utilizado para testar a estabilidade do overclocking pois não haverá alterações no que diz respeito à frequência. Basta entrar a tensão constante desejada na caixa do CPU Vcore ou CPU core voltage ou CPU core voltage override.

Modo Offset

O modo offset desloca a curva de tensão em relação aos parâmetros introduzidos. Você deve indicar a tensão a ser adicionada (Offset mode sign +) ou retirada (Offset mode sign -) à tensão automática da CPU com as frequências dos fabricantes. Você terá que conhecer a tensão padrão do processador não overclocking, “overlockado” em turbo, assim como a tensão necessária para a estabilidade quando “overlockado” à frequência máxima. A diferença entre os dois deverá ser posta na caixa CPU core voltage Offset ou Offset da tensão da CPU. É importante notar que o offset ou deslocamento, influencia a tensão em repouso. Um valor muito baixo em repouso (idle) também causa instabilidade. Também podemos usa-lo para realizar algumas economias e diminuir a temperatura de cores se não quisermos mexer nas frequências.

Modo Adaptativo

O modo adaptativo combina um Modo Offset (de deslocamento) com uma tensão em turbo definida pelo usuário. Ou seja, ele é idêntico ao modo anterior, exceto que não é a tensão automática em turbo que conta, mas a que você definiu como necessária para a estabilidade na frequência máxima. Assim sendo, não é preciso conhecer a tensão automática. A tensão em descanso continua a ser automática já que a frequência mínima não muda.

Quanto às instruções do tipo AVX (Avançado Vector Extensions), o regulador de tensão integrada no processador pelo Haswell aumenta a tensão para evitar possíveis colisões. Assim, nós poderemos observar picos de tensão acima do objetivo máximo de tensão. A importância destes picos está diretamente relacionada com as proporções.

Exemplo

Para entender melhor, propomos uma tabela que destaca as diferenças entre esses modos de alimentação da CPU. Aqui, testamos com um i7-4790k e um Maximus VII Ranger. A primeira coluna mostra os resultados com os parâmetros construtores, ou seja, um turbo com 4,4GHz.


Modo Automático Automático (OC) Manual Offset Adaptativo
Barramento (MHz) 100 100 100 100 100
Multiplicar Automático 47 47 47 47
Frequência turbo (MHz) 4400 4700 4700 4700 4700
Offset sign + -
CPU Core Voltage (V) Auto Auto 1,300
CPU Core Voltage Offset (V) 0,080 0,010
Additional Turbo Mode CPU Core Voltage (V) 1,310
Tensão descanso (V) 0,760 0,760 1,300 0,840 0,750
Tensão em estresse (V) 1,220 1,390 1,300 1,300 1,300
Tensão em estresse AVX (V) 1,230 1,390 1,300 1,322 1,322
Temperatura descanso (°C) 28 29 37 31 29
Temperatura estresse (°C) 55 78 68 67 68
Temperatura estresse AVX (°C) 57 79 69 72 72

Foto: © Shutterstock.com

Veja também :
Este documento, intitulado « Métodos de gestão de energia da CPU »a partir de CCM (br.ccm.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.