Quais são as vantagens da Ergonomia Editorial

Novembro 2016

A ergonomia de navegação é um dos aspectos a serem considerados na criação ou atualização de um site. Mas, para propor uma melhor experiência de usuário e conseguir captar a atenção do leitor, é preciso levar em conta a ergonomia editorial. O que é a ergonomia editorial e que técnicas podem ser aplicadas em um site corporativo ou blog profissional?


Compreender a ergonomia editorial

A ergonomia editorial consiste em formatar os conteúdos propostos em um site ou em um suporte web, para que eles fiquem mais visíveis para os internautas. Este textdesign (em comparação com o 'webdesign') pode levar a mudanças significativas quanto ao aspecto de um texto e à organização dos conteúdos de uma mesma página. Sendo essencial para melhorar a qualidade de um site, a ergonomia editorial pode requerer o domínio de várias habilidades de webdesign, SEO e redação na web.

Quais os desafios e para quem

Organizar o conteúdo para que ele seja mais e melhor lido pelos usuários é o objetivo da ergonomia editorial. Trata-se de acompanhar um conjunto de técnicas implementadas para atrair os usuários em um determinado site (de estratégias de SEO, publicitárias ou nas redes sociais). Quando os visitantes chegam em um site, é preciso transformar essas visitas em experiências positivas e evitar a fuga de internautas desapontados.

Desafios importantes para os editores do site

Certificar-se de que o usuário vai encontrar o que veio procurar, buscar altas taxas de retorno de visitantes, o que também influencia no SEO do site, transformar melhor cada visita de acordo com os objetivos desejados (finalizar uma compra, baixar um folheto ou um livro branco, preencher um formulário, etc.).


Promover a ergonomia editorial também permite responder a novos hábitos de navegação dos usuários, que acessam conteúdos pelos smartphones e tablets. Tornado público no início de novembro 2016, os dados da StatCounter mostram que os internautas consultam sites mais pelo smartphone ou tablet do que por um computador fixo.

As questões relacionadas com uma melhor ergonomia editorial não dizem respeito aos sites com um grande público apenas. Qualquer blog ou site pode levar seus conceitos em conta, especialmente porque há uma ampla gama de técnicas aplicáveis a eles.

Boas práticas de ergonomia editorial

O que deve ser feito ao projetar um website

Levar em conta as especificidades de design responsivo, oferecendo uma experiência gratificante, independentemente do suporte utilizado (smartphone, tablet ou desktop). Propor uma navegação horizontal específica aos tablets.
Fazer melhor uso do formato 16/9, oferecendo conteúdos relevantes, antes que o usuário pense em rolar a página. Esta nova organização pode ser proposta na página inicial, mas também deve ser incluída em todas as páginas do site (artigos inclusive).
Oferecer aos usuários formatos curtos e longos, identificando os formatos longos. O leitor pode encontrar um ou outro destes conteúdos, de acordo com os seus interesses. O sucesso de plataformas como o Medium ou o Pulse mostra o gosto dos usuários por artigos mais longos, identificados como tal e que têm um melhor conforto de leitura.
Destacar os botões de compartilhamento social, antes e depois do conteúdo, de maneira contínua (botões de compartilhamento magnéticos). Isso é para facilitar o compartilhamento de tudo, quando o usuário decidir fechar um artigo.
Otimizar as cores empregadas, ou seja, evitar o uso de muitas cores, preferir caracteres escuros e fundo claro.
Preferir títulos e fontes maiores e textos mais arejados.
Valorizar o visual, escolhendo imagens de boa qualidade (formatos panorâmicos ou página inteira, por exemplo).
Pensar em uma opção tipo "leitura zen" com espaços em branco nas laterais do artigo, coluna central mais estreita e fonte maior.
Realçar conteúdos de multimídia e oferecer conteúdos vinculados no final do artigo.

O que deve ser feito ao postar um conteúdo em um site existente

Seja depois de uma pesquisa ou o acaso de um compartilhamento em redes sociais, é cada vez mais provável que um internauta caia diretamente em um artigo e não na página inicial de um site. Assim sendo, a apresentação do artigo deve ser tão caprichada quanto o resto do site.

Neste sentido, há uma série de etapas a cumprir, tais como propor título e introdução atraentes; hierarquizar a informação e organizá-la em parágrafos curtos; incentivar redirecionamentos internos, no meio ou no final do artigo, claramente identificados a fim de propor ao leitor se aprofundar sobre o assunto; pontuar seu artigo com subtítulos, que respondam à lógica do parar ou continuar; evitar cores diferentes ao longo do artigo para não cansar o leitor; enriquecer o conteúdo com interrupções visuais (listas inteligentes, blocos de citações, etc.); e adicionar imagens de qualidade para estimular o interesse do leitor.

Ao reformular um site existente

Estas diversas práticas podem ser aplicadas na reformulação de um site existente, especialmente no caso de uma atualização parcial que não envolva uma revisão completa do suporte. Se o site não estiver adaptado às novas técnicas e uma reformulação completa for necessária, será preciso integrar as melhores práticas de ergonomia editorial na concepção do novo suporte.

Saiba mais

Como criar seu website profissional
Problemas de ergonomia e de SEO ao escrever na web
Como deixar seu site Mobile-friendly
Foto: © Pixabay.

Veja também :
Este documento, intitulado « Quais são as vantagens da Ergonomia Editorial  »a partir de CCM (br.ccm.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.