Tutorial do software Super

Março 2017

O software Super é um codificador múltiplo de arquivos multimídia, que suporta muitos arquivos de áudio e vídeo. Apesar de ser em Inglês, seu uso intuitivo e sua gratuidade o tornam um software de escolha na área da multimídia.
Saiba que, além do controlar os formatos dos arquivos, ele também gerencia a codificação específica para determinados dispositivos multimídias, como os telefones, os leitores MP3/MP4 assim como os consoles de jogo.

Ele é atualizado a cada ano, em média.



Instalação do Super



  • Deixe o idioma em Português e faça OK.


  • Clique me « Avançar »>


  • Faça mais uma vez, « Avançar »>


  • Clique em Aceitar >


  • Escolha um diretório onde instalar o software, clicando em Percorrer ou, se quiser, deixe o diretório padrão.
  • Instale.


  • Quando o software estiver instalado corretamente, clique me Terminar.

Uso do software

Apresentação das opções do software


O software é apresentado da seguinte maneira:



Aparentemente parece complicado mas, na verdade, é bastante intuitivo.
A janela principal é dividida em seis grandes áreas, que utilizam um código de cores específico (em vermelho, o formato; em verde, o vídeo; em azul, o áudio) e estarão presentes aqui. Eu sublinhei as opções importantes para os iniciantes.
  • Primeira área : Escolha do arquivo de saída, no topo, você decide em que seu arquivo multimídia pode ser transformado.





*
    • 1. Select the Output Container. Escolha do conteúdo do arquivo multimídia. Por exemplo .AVI ou .MP3
    • 2. Select the Output Video Codecs. Permite que você escolha com que driver de vídeo codificar o arquivo (válido apenas para o caso de um arquivo de vídeo). Um dos codecs mais conhecidos é o divx, mas existem outros. Por padrão, o software coloca o mais utilizado, com a extensão selecionada. Por exemplo, para o AVI, ele põe o MPEG-4. Se você não sabe qual escolher, deixe o padrão. Para saber se um codec de vídeo é compatível com o seu player, consulte o manual do seu leitor, mas saiba que o driver DivX é reconhecido pela maioria dos leitores.
    • 3. Select the Output Audio Codecs. Permite que você escolha com que driver de áudio codificar o arquivo. Na maioria dos casos, utilizamos o MP3 que é um formato muito utilizado, logo, se você não souber qual escolher, deixe este último, pois ele é reconhecido pela maioria dos leitores.


Os quatro botões de seleção te ajudam a escolher que codificador externo usar... deixe o padrão, se você não souber o que botar. DirectShow Decode é uma opção específica para o Windows Media Player, que parece garantir a compatibilidade entre o vídeo e o Media Player.
  • Segunda área : V?DEO em verde.





*
    • Disable Video : Quando esta opção estiver assinalada, o software não processará o vídeo... o arquivo de saída só será composto do som.
    • Stream Copy : Esta opção, quando marcada, o software não fará nenhuma alteração no vídeo... ele só copiará o arquivo original de saída. Muito prático! Assim, você não precisará procurar as características do vídeo original. As seguintes opções, só serão utilizáveis se o Stream Copy estiver desativado.
      • Video Scale Size : Ajusta o tamanho (largura * altura) do vídeo, os valores disponíveis variam dependendo da configuração 4/3, 16/9... Se você selecionar NoChange, o software manterá o mesmo tamanho da imagem que o vídeo original. Se você selecionar "More" uma vez, você terá outro conjunto de opções de tamanho... . Se você selecionar "More" uma segunda vez, você poderá entrar, você mesmo, o tamanho da imagem no teclado.
      • Aspect : Ajusta o formato da imagem (4/3 ou 16/9, por exemplo). Trata-se da relação largura/altura. Um vídeo panorâmico padrão em formato 16/9.
      • Frame/Sec : Seleciona o número de imagens por segundo... Certifique-se de que seja superior a, pelo menos, 23... Abaixo, o vídeo pode ser irregular e cortado.
      • Bitrate kbps: Velocidade do vídeo em bits/segundo. Quanto maior a velocidade, maior a qualidade, mas, mais pesado o arquivo...
    • Options : Opções adicionais para fazer outros ajustes, bastante complexo para iniciantes. Para codificador confirmado!
  • Terceira área : ÁUDIO em azul





*
    • Disable Audio</gras : Extrai apenas o vídeo. No Arquivo de saída, haverá um vídeo sem som.
    • <gras>Stream Copy : Esta opção, quando marcada, o software não fará quaisquer mudanças na trilha sonora... Ele copiará a trilha sonora original do arquivo para o arquivo de saída, sem mudar nada. Como o Stream Copy da área de V?DEO, é muito prático!
    • Sampling Freq : Seleciona a freqüência de amostragem de áudio. Quanto maior a freqüência, maior a qualidade do som, mas mais pesado será o arquivo... Por padrão, ele tem 96, o que já ótimo em termos de qualidade. Caso queira, você pode colocar mais.
    • Channels>: Permite a seleção de um canal mono (1) ou estéreo (2). Favoreça um canal estéreo, a maioria dos vídeos, exceto os muito antigos, é estéreo.
    • Bitrate kbps: Velocidade da trilha sonora em bits /segundo. Quanto maior a velocidade, maior a qualidade, mas mais pesado o arquivo...
    • DVD Language Select AudioStream Track: Só serve para codificar o vídeo de DVD para outro formato (converter um DVD para Divx, por exemplo). Você pode selecionar a faixa de áudio desejada (em outras palavras, a linguagem).
  • Quarta área: OUTPUT em vermelho.



Aqui, nada para configurar, trata-se apenas de um breve resumo sobre as configurações escolhidas acima... Você verá que esta área respeita o código de cores.
  • <gras>Quinta área : Lista dos arquivos a serem codificados. Nesta área será enumerada a lista dos arquivos que o software deve codificar: </gras>





*
    • Active : Permite que o usuário indique se o software deve codificar o arquivo ou não, trata-se de uma caixa de seleção, ao lado do nome do arquivo... Veremos isso quando utilizaremos o software.
    • Filename | Streaming Link : O nome dos arquivos de multimídia ou o link internet do vídeo (SUPER também pode codificar os vídeo da web).
    • Output Status: Dá informações sobre a conversão em andamento, como o tamanho atual do arquivo de saída.
  • Sexta área: Painel de comando. Está área é usada para controlar o software e a conversão.





*
    • Encode (Active Files) : Inicia a conversão dos arquivos « ativos », ou seja, selecionados (marcados). Ele aparece acinzentado quando não há arquivos ativos.
    • Play (Active Files | Streams) : Lê os arquivos "ativos"... Super também é um leitor de multimídia. Quando existem vários arquivos ativos, passamos ao seguinte, pressionando a tecla Esc. Pressionando Esc durante a leitura do último arquivo ou quando há apenas um arquivo, deixamos a leitura para voltar para o software. Ele aparece acinzentado quando não há arquivos ativos.
    • Player Options: Ajusta as opções do leitor de multimídia.





*
      • Full Screen (Esc to Quit): Quando marcada, ativa o modo "Tela Cheia" durante a leitura de um arquivo. O vídeo é exibido na tela inteira. Esta opção é marcada por padrão.
      • Aspect 4 :3 : Lê o vídeo no formato 4/3 (não panorâmico)
      • Aspect 16 :9: Quando esta opção e a anterior estão desmarcadas, o software escolhe, ele mesmo, o formato adequado.
      • Tiles (3 x 4): Esta opção utiliza muitos recursos do computador e sua relevância é discutível ... evitar!.
      • Slower Play: Lê o vídeo em câmera lenta.
      • Deinterlace: Exibe o vídeo em modo entrelaçado... É um método de exibição de vídeo; talvez você encontre uma alteração da imagem, se tentar ler certos vídeos neste modo.
      • Flip Picture: O vídeo será lido invertido. « De cabeça pra baixo... »
      • Mirror Picture: O vídeo será lido como em um espelho.
      • Turn Right: O vídeo será lido inclinado a 90° para a direita.
      • Turn Left: O vídeo será lido inclinado a 90° para a esquerda.
      • Show Log Box: Exibe as características do vídeo durante a leitura.


---------------------------------------------------------------------------------------------------

An ERROR has occurred. Click to read more: Fica vermelho quando o software encontra um erro de conversão... ao clicar sobre a mensagem, ele dará os detalhes sobre este erro.

Preview The Last Rendered File: Pré-visualiza o último arquivo codificado.

Cancel All: Cancela todas as conversões.

---------------------------------------------------------------------------------------------------
  • MENU (Botão « M » no topo da janela)





*
    • Add Multimedia File(s) (CTRL+A) : Adiciona um arquivo de multimídia a ser codificado.
    • Add Playlist File(s) *.asx *.m3u *.pls *.wmx (CTRL+D) : Adiciona uma playlist a ser codificada (ou seja, uma lista de leitura de arquivos de multimídia gravada por um leitor como o Windows Media Player).
    • Add Media Streaming Link(s) mms:// rtsp:// http:// (CTRL+M): O software também pode codificar um vídeo exibido em um site (streaming). Esta opção permite adicionar um link internet para o vídeo.
    • Check All Items In Job List (Make All Active) (CTRL+C): Todos os arquivos na lista de arquivos (área 5 do software, veja acima) serão selecionados para uma conversão. Todos eles serão assinalados.
    • UnCheck All Items In Job List (Make All Active) (CTRL+U): Todos os arquivos na lista dos arquivos (área 5, veja acima) serão desmarcados e, conseqüentemente, ignorados pelo software.
    • Remove HighLighted Item(s) From Job List (CTRL+R) : Remove da lista dos arquivos (área 5) todos os arquivos em destaque. Para realçar um arquivo, basta clicar no seu nome; para selecionar vários, mantenha a tecla CTRL pressionada e clique em seu nome.
    • Clear ALL Files In The Job List (CTRL+F) : Remove todos os arquivos da lista dos arquivos (área 5).
    • Clear ONLY Successfully Completed Files (CTRL+S): Remove da lista dos arquivos (área 5) todos os arquivos, corretamente, codificados e deixa aqueles que ainda não o foram, assim como aqueles que o software não conseguiu codificar.
    • Clear ONLY Files With Errors (CTRL+E) : Remove da lista dos arquivos (área 5) todos os arquivos que o software não conseguiu codificar.
    • Output File Saving Management (CTRL+O) : Altera o diretório onde o software salvou os arquivos convertidos.





*
      • Save Each Output File In Its Respective Source File's Folder/Directory: Esta opção, quando marcada, salva o arquivo convertido no mesmo diretório que o arquivo original. Esta opção é muito prática e é marcada por padrão. Quando desmarcada, o usuário pode mudar o destino do diretório na área acima.
      • Replace The Spaces In Output Filename With Underscores: Esta opção, quando marcada, substitui os espaços no nome do arquivo convertido com traços baixos "_".
      • Make DateTime Of Output File Identical To Input File (Keep Same DateTime) : Dá aos arquivos convertidos a mesma data de criação que o arquivo original.
      • Turn Output Filename Extension To Lower Case (Linux Compatible): A extensão dos arquivos convertidos (*. avi, por exemplo) será em letras minúsculas, o que permite uma compatibilidade com o sistema operacional Linux.
      • SAVE Changes: Salva as alterações que o usuário efetuou.
      • DISCARD All Changes: Cancela as últimas alterações.


----------------------------------------------------------------------------------------------------
Import (Load) A SUPER « Settings Profile » (CTRL+I) : Importa um perfil de configurações. Com esta opção e a próxima, o usuário não precisa reconfigurar as opções do software depois de uma reinstalação. Esta carrega um perfil já existente.

Export (Save) A SUPER « Settings Profile » (CTRL+X) : Exporta um perfil de configuração. Ele salva a configuração para recarregar o software, em caso de reinstalação.

Change Skin (Theme) : Altera a aparência das janelas do software.

Priority Process Of Internal Encoders : Muda a prioridade de funcionamento dos codificadores internos, por padrão no normal...

Stay On Top Off All (CTRL+T) : Deixe esta opção desmarcada.

Enable File Analyzing Engine (CTRL+Z) : Esta opção, quando ativada, o software analisa o arquivo de multimídia antes de uma conversão.

Play A Sound When All Job-List Are Rendered (CTRL+P) : Esta opção, quando ativada, o software emite um efeito sonoro quando todos os arquivos foram convertidos.

Show Useful Hints (CTRL+H) : Esta opção, quando ativada, o software dá conselhos.

Show Credit Screen On Quit (CTRL+Q) : Esta opção, quando ativada, a tela dos créditos é exibida no fechamento do software.

Show Warning Messages At Startup (CTRL+N) : Esta opção, quando ativada, no arranque, o software mostra as mensagens de alerta (caso existam).

Check For Latest SUPER Update (CTRL+L) : Busca na Internet as atualizações disponíveis.

SUPER Official Website (CTRL+W) : Dá acesso ao site oficial do editor.

Thank You For Your Kind Donation To Support SUPER (CTRL+K) : Possibilita a doação ao editor do software.

Converter um arquivo


Abra o software com "Iniciar /Todos os Programas /SUPER Versão... /SUPER" ou através do atalho na Área de trabalho... Depois de um pequeno download, a janela principal do software aparece.

Dois modos para adicionar um vídeo:
- Ou você pressiona CTRL + A.
- Ou você passa pelo menu, clicando no "M", no topo da janela e selecionando:
Add Multimedia File(s)


Selecione o arquivo de multimídia, que você quer codificar e clique em Abrir.

Repetir a manipulação para todos os arquivos, que quiser codificar.

Faça as alterações que desejar no vídeo ou no som, de acordo com a descrição dada para cada opção, no parágrafo anterior.


Os arquivos a serem codificados serão enumerados na lista dos arquivos; uma caixa de seleção permite que você escolha, se deseja ou não, a codificação.
Basta clicar em "Encode" (Active Files) para que eles sejam codificados no formato que você escolheu, com as opções que você selecionou no seu diretório de destino.

Formatos de Multimídia


3GP/3G2: Formato de vídeo de certos celulares como o Nokia, o Motorola, etc...

ASF : Advanced Streaming Formato, antigo formato de vídeo utilizado pela Microsoft, para os vídeos em streaming, na Internet (Vídeo inserido em uma página web). Pouco utilizado, hoje em dia.

AVI : Audio Video Interleave, formato de vídeo mais utilizado, principalmente, para os divX. É um formato reconhecido pelos leitores de DVD de sala, os leitores divX...

DV : Digital Video, formato de vídeo utilizado para gravação de vídeo digital em suporte magnético (fita). Usado pelos gravadores digitais e filmadoras com fita (k7). Este formato é pesado, mas é de alta qualidade.

FLV : FLash Video, formato de vídeo para streaming, na web, muito utilizado em sites de compartilhamento de vídeo como o YouTube, Dailymotion ...

SWF : Antes, significava Small Web Formato, agora significa, ShockWave Flash, é um formato de vídeo utilizado para animação, na Internet (Jogos Flash, Comerciais...)

MKV : Matroska é um novo formato que está emergindo, pouco a pouco. Destinada, segundo algumas pessoas, a substituir o AVI, um dia. Permite muitas coisas, como a inserção de um grande número de trilhas sonoras e legendas em um único vídeo. Apesar do formato prático, é pouco compatível com os DivX Players, leitores de sala, etc... Atualmente, só é usado no computador. Este formato, ao contrário do AVI, é compatível com o padrão HD (High Definition).

MOV: Formato ligado ao QuickTime da Apple. Certas câmeras digitais salvam vídeos neste formato.

MP4: Um dos prováveis sucessores do AVI. Muito utilizado nos leitores do mesmo nome, certas filmadoras digitais gravam neste formato. Também é lido em certos consoles de jogos como o PSP ou PS3 da Sony. O MP4 é um sério concorrente do MKV, com a vantagem de ser mais compatível com os leitores de sala... No entanto, verificar o formato compatível seus leitores de sala.
MPG: Um antepassado do MP4, este formato é compatível com quase todos os leitores de CD.

OGG: Mais conhecido em áudio do que em vídeo. É um formato livre, pouco conhecido. Às vezes é usado para os Jogos de vídeo. Ele é pouco, ou nada, compatível com os leitores de sala.

TS/M2TS: Transport Stream, é um formato de vídeo utilizado por certos modens digitais (FreeBox, por exemplo) para gravar vídeos (filmes) de televisão. Formato geralmente protegido. O M2TS é equivalente ao TS para a HD.

WMV: Windows Media Video, é um formato de vídeo, propriedade da Microsoft. Este suporte substitui o antigo ASF. É usado, em geral, para vídeos curtos, disponíveis na Internet. Trata-se também do formato de vídeo usado pelo software Windows Movie Maker.

VCD: Video CD formato para gravação de vídeo em um CD (Compact Disk). Este formato tem a vantagem de ser compatível com todos os leitores de sala.

SVCD: Super Video CD Mesmo formato que o VCD, mas com melhor qualidade de vídeo.

DVD: Digital Versatile Disk Como o próprio nome indica, permite a gravação de vídeo em suporte de DVD. Este formato é compatível com os leitores de sala.

AAC : Advanced Audio Coding é um formato de áudio destinado apenas para competir com o MP3, ele oferece uma melhor relação qualidade/ velocidade que seu "irmão mais velho"; trata-se, então, de um melhor formato de MP3. Muito utilizado pela Apple ou pela Real. É compatível com os consoles de jogos (PSP, Wii, DS ...) e alguns leitores de MP3. Também é usado para a trilha sonora dos vídeos DivX e outros...

AC3: Mais conhecido como Dolby Digital, é um padrão de áudio para os filmes de DVD.

AMR: Audio Multi Rate é um formato de áudio de baixa qualidade, geralmente, utilizado para celulares.

APE: Monkey's Audio é um formato de áudio sem perda, logo, de melhor qualidade que o MP3 mas, que não dispõe de nenhum fluxo de informação e, não é compatível com os leitores MP3/MP4.

FLAC: Free Lossless Audio Codec é um formato de áudio sem perda, logo, de melhor qualidade que o MP3. Como o APE, não dispõe de nenhum fluxo de informação; porém, apesar de ser pouco compatível com a maioria dos leitores, é mais do que o APE.

MMF: Pouca informação sobre ele, utilizado para celulares.

MP2: Ancestral do MP3, raramente utilizado, hoje em dia.

MP3: Formato de áudio com perda, muito conhecido e utilizado, atualmente. Pode ser lido em todos os leitores de multimídia (leitor de sala, leitor MP3/MP4, consoles de jogos, computador, televisão, auto-rádio...)

MPC: Musepack Formato de áudio com perda. Não é compatível com os leitores MP3 ou leitores de sala.

WV: WavPack Formato de áudio com ou sem perda. Pouco compatíveis com os leitores de multimídia, além do computador.

WAV: Formato de áudio, geralmente, sem perda. Este formato restitui um som perfeito mas, em compensação , é muito pesado. Este formato é compatível com todos os leitores de multimídia.

WMA: Windows Media Audio Formato de áudio com perda, propriedade da Microsoft. É compatível com a maioria dos leitores de multimídia...

Exemplos de conversão


1. MOV para AVI (com codecs DivX) -> Funciona (uma simples impressão de tela do software basta, para explicar)
CTRL + A para adicionar o vídeo *.mov
Selecione as opções do software como descrito na imagem abaixo
Verifique o formato do seu vídeo (4/3 ou 16/9), se não o vídeo será deformado (4)



Uma janela adicional especialmente para DivX aparece :



Selecione a opção DivX e fazer OK
Espere até o fim da conversão.

2. AVI (Xvid) para AVI (Divx) -> mesmo procedimento que o n° 1. (Funciona)

3. FLV para AVI (Divx) -> Não funciona com todos os vídeos FLV, por que ? Mistério!

CTRL + A para adicionar o vídeo *.flv
Selecione as opções como na imagem abaixo:
Marque a opção FFmpeg (3)
Verifique o formato do seu vídeo (4/3 ou 16/9) se não a imagem será deformada (5)



Clique em « Encode » (Active Files), uma janela específica para DivX vai aparecer :



Selecione a opção DivX e clicar em OK

Observação : Pode ser que o Super trave e não responda, mas ele continuará a codificação (não esquecer de verificar se o vídeo convertido foi gravado corretamente)

4. Avi (DivX) para FLV -> Funciona

CTRL + A para adicionar o vídeo *.avi
Selecione as opções como descrito na imagem abaixo
Verifique o formato do seu vídeo (4/3 ou 16/9), se não a imagem será deformada



Clique em « Encode » (Active Files), uma janela específica no formato Flash aparece:



Concentre-se apenas nas opções destacadas em vermelho... deixe o resto como está.

Selecione FLV e faça OK

5. WMV para AVI (Divx) -> Mesmo procedimento que o n° 1. (Funciona)

6. AVI (divx) para 3GP -> Funciona de maneira instável

CTRL + A para adicionar o vídeo *.avi
Selecione as opções como descrito na imagem abaixo
Escolha 3GP (Nokia....) ou 3GP (Motorola...) de acordo com o seu telefone.
Escolha o tamanho do vídeo para que ele se adapte ao seu telefone.
Verificar o formato do vídeo (4/3 ou 16/9), se não a imagem será deformada.



Clique em « Encode » (Active File) e espere.

Nota: Pode ser que o software exiba um alerta de erro em uma janela mas, em princípio, ele vai conseguir a conversão.

Veja também

Artigo original publicado por . Tradução feita por pintuda.
Este documento, intitulado 'Tutorial do software Super', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.