Windows - Instalar um software

Julho 2017

A instalação de um software é uma ação comum e, aparentemente, simples. No entanto, ela contém pequenas armadilhas que os iniciantes não estão familiarizados e, que poderiam evitá-las. A instalação correta de um programa não só evitará atalhos desnecessários, como também, a demora da inicialização do Windows.
No início da instalação, clicando no ícone . exe ou no ícone de instalação, nós temos acesso, na maioria dos casos, a uma licença de utilização. Trata-se de um texto legal, imposto pelo editor, que não nos deixa outra opção, se não a de aceitar, ou a instalação será interrompida.



Posteriormente, a execução da instalação oferece, às vezes, uma escolha de idiomas, muitas vezes, Inglês, por padrão, mas às vezes a escolha pode ser feita depois que o programa estiver instalado, nas opções do programa. Cuidado, uma má escolha de idioma pode, em certos casos, comprometer a utilização do software.

Até agora, nenhum problema, posteriormente, a instalação propõe a escolha da pasta de destino, ou seja, a localização da instalação do software. É preciso, então, verificar se o caminho é C:\Programs Files\.... (se o seu disco rígido principal é o C), alguns programas podem escolher outro local, mas é melhor, por razões de simplicidade e organização, colocar as instalações na pasta Programs Files.



A seguir, a instalação propõe uma grande variedade de atalhos. Na maioria dos casos, com exceção dos softwares de segurança (antivírus, antispyware, firewall ....), os atalhos na barra de lançamento rápido ou no menu Iniciar, não são úteis. Eles só retardam a inicialização do Windows. A escolha pode aparecer sob diversas formas, como esta:



Ou esta:



Nestes casos, nós manteremos apenas o atalho na área de trabalho, para evitar a desaceleração na inicialização do Windows e a sobrecarga da barra de lançamento rápido.

Em certos casos, os softwares podem conter outras aplicações, na maioria das vezes, barras de ferramentas do Yahoo, Google, etc .... que, se não forem inúteis, ou já presentes no seu sistema, só irão desacelerar o seu PC, novamente.



Portanto, é melhor não instalar essas barras de ferramentas, para não ter, após diversas instalações, uma coleção de barras e uma má visibilidade das páginas internet.

Para terminar, alguns editores de softwares se propõem de nos informar sobre as atualizações dos softwares ou das diversas ofertas de seus parceiros.



Devemos permanecer cautelosos, as atualizações dos softwares podem ser relevantes mas, comunicando um e-mail e autorizando os anúncios dos parceiros, você corre o risco de receber um spam ou, risco de invasão de mensagens comerciais diversas e, às vezes, irritante (site pornográfico).

A aplicação dessas regras simples te ajudará a manter um arranque rápido, e evitar a sobrecarga de ferramentas desnecessárias e ao bom funcionamento do seu sistema.

Você pode, então, controlar os aplicativos iniciados com o Windows, seguindo esta dica.

Veja também

Artigo original publicado por . Tradução feita por pintuda. Última modificação: 4 de junho de 2010 às 13:17 por pintuda.
Este documento, intitulado 'Windows - Instalar um software', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.