Mitos - o formato GIF é sujeito à licença

Dezembro 2016


Mito


Não se pode utilizar o formato GIF pois ele está sujeito a uma licença.

Realidade


FALSO

Explicações


O formato GIF (inventado por Compuserve, um fornecedor de acesso americano) utiliza o método de compactação LZW (Lempel-Ziv-Welch).

Acontece que a sociedade Unisys detinha um brevê do método LZW, registrado em 1981.

Em 1999, Unisys decidiu reclamar royalties sobre a utilização do LZW, e assim igualmente sobre o formato GIF, nesta altura assimilado e usado pela comunidade internet.

Este acontecimento provocou o início a proibição da utilização do formato, e o lançamento da campanha "Burn all GIFs".

Foi igualmente este acontecimento que motivou a criação do formato PNG.

O brevê LZW expirou em junho de 2003.

O formato GIF não é mais sujeito à licença e pode-se utilizá-lo livremente.
.


Note-se que mesmo antes da liberação, este brevê não era válido somente nos Estados Unidos.

Então mesmo antes de 2003, o formato GIF (e o algorítmo LZW) eram livremente utilizados na Europa, sem pagar royalties.

Mais informações sobre o formato GIF


Veja também

Artigo original publicado por . Tradução feita por ninha25. Última modificação: 14 de junho de 2010 às 03:07 por ninha25.
Este documento, intitulado 'Mitos - o formato GIF é sujeito à licença', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.