Mitos - Linux é mais lento do que o Windows no arranque

Janeiro 2017




Mito


Linux é mais lento do que o Windows no arranque

Realidade


FALSO (enfim... não exatamente)

Explicações


Nota de Sebsauvage: Eu rodo com Ubuntu 7.04 (Linux). Entre o momento que eu pressiono o botão « Power » (máquina fria) e o momento em que o meu deskstop está pronta para ser usada, se passam 45 segundos.


Para ser mais preciso:
  • É verdade que tecnicamente, Windows XP e Vista arrancam mais rápido que a maioria das distribuições Linux.
  • No entanto, mesmo se o desktop do Windows aparece mais rápido, não está necessariamente disponível imediatamente utilizável (disk-trashing (forte atividade do disco), menus que não respondem, etc...). Deveríamos contar o tempo a partir do qual pode-se verdadeiramente começar a trabalhar
  • De mais a mais, Windows está igualmente submetido ao arranque de programas indispensáveis como os anti vírus e firewalls (ex: ZoneAlarm).
  • As últimas distribuições Linux possuem ferramentas que permitem melhorar muito o tempo de arranque.
  • Com as técnicas atuais, parar o computador não tem mais nenhum interesse que seja no Windows ou no Linux. O modo "Hibernação" ou "Pausa prolongada" apagam realmente o PC e permitem retomar o trabalho sem ter de passar toda a seqüência do sistema operacional.


NB: Técnicas recentes (implicam material especializado) que permitem ter Linux ou Vista que arrancam a frio em menos de 10 minutos, mas são somente arranjos artesanais, até agora.


Veja também

Artigo original publicado por . Tradução feita por ninha25. Última modificação: 23 de junho de 2010 às 16:32 por ninha25.
Este documento, intitulado 'Mitos - Linux é mais lento do que o Windows no arranque ', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.