Apagar um CD-R ou um DVD-R

Setembro 2017

Um CD-R ou DVD-R não pode ser apagado. As propriedades químicas e físicas do substrato dos CD-R e DVD+/-R provocam a irreversibilidade da gravação. Desde o momento em que os dados são gravados, não se pode mais apagá-los. Por outro lado, pode-se efetivamente gravar uma sessão complementar na qual exclui-se virtualmente os arquivos. Mas isso não libera espaço no CD, ou seja, o arquivo desaparece apenas da lista de arquivos, mas continua presente no disco. Aliás, podemos recuperar estes arquivos com a leitura das sessões precedentes com softwares como o IsoBuster.

Somente as mídias que possuem a sigla RW são realmente regraváveis, tais como CD-RW, DVD+RW e DVD-RW (aos quais devemos acrescentar o BD-RE - BluRay regravável). A maioria dos softwares de gravação possuem uma opção para formatar estes suportes. No entanto, é preciso saber que os CD-RW e DVD+/-RW não são eternos: eles suportam número limitado de gravações.

Observação: existem certos discos vendidos para 'apagar' os CDs. Não se engane, a única coisa que fazem é danificar o CD, deixando-o ilegível. Você não poderá nunca mais gravar nada nele.

Foto: © Telman Bagirov - Shutterstock.com

Veja também

Artigo original publicado por Carlos-vialfa. Tradução feita por ninha25. Última modificação: 12 de setembro de 2017 às 11:08 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Apagar um CD-R ou um DVD-R ', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.