Mitos - Melhorar a qualidade de um MP3 ou de um arquivo áudio

Março 2017


Mito


Pode-se melhorar a qualidade sonora de um MP3 64 kbps, ao convertê-lo em 128 kbps (ou superior)

Realidade


FALSO

Explicações


Nota : Cita-se MPEG 3 como exemplo, mas é válido por todos os formatos.

Compactando em 64 kbps, os detalhes sonoros foram voluntariamente eliminados. O computador não poderá reinventá-los.

Converter um MP3 64 kbps em 128 kbps (ou mais) não fará aumentar o tamanho do arquivo sem nada acrescentar à qualidade.

Enfim, isto vai mesmo degradar a qualidade pois a conversão implica uma nova compressão, e assim a perda de qualidade.

Você deveria então conservar seus MP3 como eles são, sem modificação.
O único meio de obter um MP3 de melhor qualidade é de retomar a fonte original (por exemplo) e de criar novamente um MP3 com um débito superior.

Você pode, no entanto, aumentar o bit de um arquivo de som para que ele seja compatível com certos softwares que não podem fazer o trabalho sozinhos. É muito raro, mas ainda acontece.

Veja também

Artigo original publicado por . Tradução feita por ninha25.
Este documento, intitulado 'Mitos - Melhorar a qualidade de um MP3 ou de um arquivo áudio ', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.