Mitos - PGP foi considerado como sendo uma arma.

Fevereiro 2017


Mito


Nos Estados Unidos, o software de decodificação PGP (Pretty Good Privacy) era considerado com uma arma e proíbe a exportação.

Realidade


VERDADE.

Explicações


O algoritimo utilizado por PGP, o RSA, permite de codificar as informações de maneira eficaz tanto que nenhum governo pode ler o conteúdo.

Como qualquer invenção « perigosa », incontrolável e suscetível de ser utilizada contra a pátria mãe, o governo americano proibiu a exportação e classificou PGP e a RSA na categoria « armas ».

Incidentes acontecem como aquele em que um homem de negócios que possuía PGP em uma disquete e que tomava um vôo para a Europa foi condenado a prisão.... por tráfico de armas!

A comunidade internet não tardou a reagir.

Os internautas reescreveram o algoritmo RSA em algumas linhas de perl, e imprimiram em T-shirts e utilizado com assinatura em seus e-mails :
T-Shirt 1
T-Shirt 2


Eis o código Perl:
#!/bin/perl -sp0777i<X+d*lMLa^*lN%0]dsXx++lMlN/dsM0<j]dsj $/=unpack('H*',$_);$_='echo 16dio\U$k"SK$/SM$n\EsN0p[lN*1 lK[d2%Sa2/d0$^Ixp"|dc';s/\W//g;$_=pack('H*',/((..)*)$/)


Mais tarde, uma versão em 2 linhas de perl foi escrita :
print pack"C*",split/\D+/,'echo "16iII*o\U@{$/=$z;[(pop,pop,unpack"H*",<> )]}\EsMsKsN0[lN*1lK[d2%Sa2/d0<X+d*lMLa^*lN%0]dsXx++lMlN/dsM0<J]dsJxp"|dc'



Outra reação extrema : certos americanos se fizeram tatuar estas linhas de perl nos braços...... e eles foram proibidos de sair do território dos Estados Unidos !
Tatouage 1
Tatouage 2
Tatouage 3




Esta restrição para exportar a criptografia teve diversas conseqüências:

Durante muito tempo, os navegadores como Internet Exlorer limitaram seu uso a 40 bits para todos os 'estrangeiros ». Somente os americanos poderiam baixar a versão 128 bits. (Esta restrição foi suspensa depois).


A interdição impedia igualmente a exportação de PGO para fora dos Estados Unidos.
Então, em princípio, impossível de ter PGP na Europa.

Os internautas brincaram com a lei americana:
Esta lei proíbe a exportação das armas, mas não pode impedir a exportação dos livros.
As fontes completas de PGO, foram impressas, encadernadas sob forma de um livro, este livro foi exportado, depois inteiramente escaneado em Europa.
O governo americano, portanto sabendo disto, não pode fazer nada.

Junta-se à isto que o algoritmo RSA estava protegido por um registro valido até setembro de 2000 ; não foi preciso muito para que os internautas criassem GPG (Gnu Provacy Guard) , um software compatível com PGP e que utiliza Diffie-Hellman no lugar do RSA, e fora do controle do governo americano pois foi criado na Europa.




Veja também

Publicado por ninha25. Última modificação: 13 de julho de 2010 às 02:40 por ninha25.
Este documento, intitulado 'Mitos - PGP foi considerado como sendo uma arma. ', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.